Cresol Sarandi
Grossi Combustiveis
Empório Colonial
Cesurg Sarandi
  • Grossi Combustiveis
  • Cresol Sarandi
  • Cesurg Sarandi
  • Empório Colonial
  • Nina Comunicação Visual
  • Signomar Comércio de Bebidas
  • Cotrisal
  • Milani Corretora de Seguros
  • Clínica Estética Vitallitá
  • Bortoluzzi Odontologia
  • Rembecker Estruturas Metálicas
  • Salute
  • Rômulo De Cezaro
  • VS Gráfica Expressa
  • Xok's Sarandi
  • Gostinho Della
  • Laboratório Sarandi
  • Drággon Artigos Esportivos
  • Farmácia Nossa Senhora de Fátima
  • Sicredi
  • Restaurante 4 Ases
  • ZF Colchões Bio Magistral
  • Barbearia 84
  • X & Cia
  • Teloken Engenharia LTDA
  • COGMED
  • Casarotto Imóveis
  • Hiper Mercado Wagner
  • Taura Auto Peças
  • Home
  • Cidades
  • Rondinha
  • Rondinha - Dia de Campo da Sustentabilidade

Rondinha - Dia de Campo da Sustentabilidade

Valorização da relação familiar, geração de renda, diversificação de atividades e sucessão rural, visando à qualidade de vida das famílias do meio rural, foram os objetivos do Dia de Campo da Sustentabilidade, realizado na quarta-feira (19/08), em Rondinha. Mais de 115 agricultores, beneficiários da Chamada Pública de Sustentabilidade, participaram do encontro, promovido pela Emater/RS-Ascar, na comunidade da Linha Cachoeira Branca.

Uso, manejo e conservação do solo foi tema da primeira palestra do Dia de Campo, abordado pelo engenheiro agrônomo da Emater/RS-Ascar, Douglas Campigotto. “A agricultura move-se pela geração e adoção de tecnologias. É preciso adotar tecnologias, mas saber manejar com conhecimento”, destacou. O agrônomo explicou sobre as propriedades presentes em um solo fértil, propriedades físicas, químicas e biológicas, salientando a importância da análise, manejo correto e conservação. “O solo não é nosso, apenas está conosco. Somos os responsáveis”, reiterou.
Na sequência da programação, a assistente técnica regional da área social da Emater/RS-Ascar, Marlete Peroza Piaia, abordou sobre saneamento básico e ambiental. “O saneamento básico e ambiental é o conjunto de ações que buscam proporcionar um ambiente saudável, por meio do abastecimento de água potável, coleta e disposição sanitária de resíduos, promoção da disciplina sanitária do uso e ocupação do solo, drenagem e controle de vetores, protegendo e melhorando as condições de vida das famílias”, afirmou Marlete. Segundo ela, estima-se que 30% dos danos à saúde estão relacionados ao saneamento básico inadequado.
A Emater/RS-Ascar vem desenvolvendo ações com as famílias, levando conhecimento e possibilitando a instalação de fossas sépticas nas propriedades rurais que ainda não dispõem desse procedimento de saneamento básico. Na parte da tarde, a propriedade da família Banaletti serviu de exemplo aos agricultores. No local foi instalada uma fossa séptica e os demais equipamentos para o saneamento.
Sucessão familiar também foi tema debatido durante o Dia de Campo. Os jovens Giovani Caus, Nicolas Braga Pedrini, Vinícius Stivanin e Ana Paula Comerlato apresentaram suas considerações sobre o assunto. Segundo eles, alguns dos fatores que motivam os jovens a sair do meio rural são preconceito, não valorização dos pais no serviço realizado pelo filho, dependência financeira, falta de liberdade para assumir responsabilidades e envelhecimento do campo, entre outros. O diálogo foi destacado como uma das soluções para o êxodo jovem. Para eles, a conversa em família e o esclarecimento sobre as perspectivas de futuro são a chave para a sucessão familiar acontecer.
Os jovens apresentaram ainda alguns projetos que são desenvolvidos em Rondinha de incentivo à sucessão familiar, através do envolvimento do jovem do campo. A temática da juventude rural e sucessão familiar também foi abordada pelo supervisor da Emater/RS-Ascar, Leonir Bonavigo. Ele apresentou dados do cenário atual envolvendo os jovens rurais, referindo-se à preocupante diminuição de juventude no campo, pensando no futuro da agricultura.
À tarde, as temáticas saneamento básico e ambiental e sucessão familiar foram aprofundadas em duas estações do Dia de Campo. Uma terceira estação abordou ainda sobre planejamento de pastagens para a atividade leiteira. O engenheiro agrônomo da Emater/RS-Ascar, Luciano Schievenin, e o técnico em agropecuária, Sérgio Morgensten, trabalharam sobre as variedades de pastagens e culturas para alimentação dos animais, manejo das pastagens, produtividade, entre outros assuntos ligados à produção de leite.
O Dia de Campo da Sustentabilidade contou com a presença do prefeito de Rondinha, Ezequiel Pasquetti, e lideranças locais.
rondinha copiar
Por Marcela Buzatto
 
 
CLIQUE AQUI, curta a Fan Page do site e fique informado sobre as notícias da região.

O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

  • Eficaz
  • Lancheria Grenal do Tainha
  • Confecções Helenice
  • Estação Fitness
  • Drago Restaurante e Pizzaria
  • Revista Spelho
  • Vimesq
  • SCT Construtora e Incorporadora LTDA