Cresol Sarandi
Cesurg Sarandi
Empório Colonial
Grossi Combustiveis
  • Grossi Combustiveis
  • Empório Colonial
  • Cesurg Sarandi
  • Cresol Sarandi

A força – três vidas e dois destinos

Às vezes, parece que a vida perde o sentido. E a força? De onde ela vem? Quanto vale a força bruta? Qual o valor da força sem a razão? Sem a inteligência? A força é capaz de se defender das armadilhas da vida?       

O Soldado do EXÉRCITO, forte, jovem e disciplinado, é admirado pelo Povo. Mas tem limitações. Todos somos limitados. Nas operações realizadas nas fronteiras do BRASIL, alguns voltam resfriados, outros feridos. No Vale do ITAJAI, SANTA CATARINA, os Soldados têm encontro marcado, todos os anos, com a força das águas. Ganham elogios ... e doenças. No Estado do PIAUÍ, os integrantes da Expedição das Cartas ( mapas ) ajudaram o Prefeito de SÃO RAIMUNDO NONATO a combater o mosquito da Dengue. Acabaram pegando a doença. Um deles, pela segunda vez. O Aspirante GODOFREDO RAIMUNDO, jovem de boa índole, está doente, longe de casa, na Região do BAIXÃO DA PEDRA FURADA, situado no Parque Nacional da Serra da Capivara. Ele já conheceu a força das abelhas. Hoje, conhece a força do mosquito ( AEDES EGIPT ).                                                                         

Em BRASÍLIA, no Setor Militar Urbano ( SMU ), o Major S S KORAL, Subcomandante do Batalhão da Guarda, visita a Companhia Comando e dirige a palavra para mais de cem militares em forma, imóveis e impecavelmente fardados: “Em meu nome e de minha família, saúdo o Capitão BONDOSO, leal amigo, e a todos subordinados. A Companhia tem me dado muitas alegrias. A “Águia do Planalto” é a melhor tropa do Batalhão. Agora, por favor, prestem  atenção. Procederei a leitura de uma notícia da FOLHA DA ASA OESTE – ONDA DE ASSALTOS DEIXA FERIDOS -  A dupla de marginais ROBALDO e ROBILDO assaltou, ontem, várias pessoas. Inclusive três Soldados. Os civis, com medo, não deram informações. Voltaram para casa sem objetos pessoais. Alguns baixaram ao Hospital. Os bandidos assaltaram um Soldado frágil, o FRANZINO BARBOSA, da Companhia de Fuzileiros. Este não reagiu. Não falou nada. Procurou observar para informar ao Sargento. Mesmo assim, foi agredido.  Teve que entregar pertences. Foi conduzido ao Hospital para Exame de Corpo Delito. O segundo militar, vítima da quadrilha, foi o Soldado JOÃO BACON TOICINHO. Não reagiu. Entregou o material. Recusou-se a entregar o lanche. Decidiu entrar em ação: bateu em retirada. Na fuga, apesar de obeso, conseguiu se afastar dos bandidos. Derrubou um carro de pipocas. Tentou subir no muro da Churrascaria Picanha Azul. Ficou entalado nos canos. Caiu sobre o carro do Cônsul da ALEMANHA. Amassou o capô. Criou um problema de nível internacional. Os marginais o alcançaram. Pegaram o saboroso lanche. Deram um pontapé na área de retaguarda do gorducho. Subiram felizes para a Rua W 3. O Soldado TOICINHO, perguntando-se onde esteve durante tanto tempo, por que não treinou... era conduzido, às pressas,  por uma carroça de papeleiros ... direto a um Hospital que tivesse médico dentro...No HRAN, havia dois! Que sorte! Mais do que isso só em SÃO PAULO. Os irmãos desordeiros não conseguiam transporte para fugir. As viaturas ( “abelhinhas” ) passavam  lotadas. Algumas com humanos pendurados. Está sendo feita licitação! Os irmãos perderam a noção do perigo. Decidiram assaltar o Soldado CÍCERO RAIMUNDO NONATO. Foi um erro estratégico. Esse cidadão conquistou a medalha de ouro na Taça Alvorada. ( Evento tradicional que insere os Soldados na carreira esportiva ).  Nascido no CARUARU, é forte, sereno e humilde. Sente orgulho de nunca perder o controle da situação. O CÍCERO propôs, aos excluidos, um acordo de cavalheiros. ROBALDO, armado, sacou um canivete de 7 lâminas. Disse que não fazia acordo com  cavaleiros. E, para assustar o fortão, puxou com energia uma lâmina. Porém, só abriu o sacarrolha! Que vergonha! O Soldado da Companhia Comando começou a rir deles. Envergonhados, largaram os objetos furtados. Seguiram, cabisbaixos, tentando voltar para ÁGUAS FEIAS. O Soldado CÍCERO não perdeu tempo: telefonou para a Polícia Militar ( 190 ) e para o seu Comandante, o Capitão BONDOSO. O primeiro a chegar foi o doutor THENE BROZO, Delegado da ASA OESTE. Indagado sobre a violência, esta autoridade considerou várias hipóteses: impunidade, falta de valores e desemprego.  E finalizou: o BRASIL precisa criar mais empregos bons para a juventude!”                                                                                                                        

 Após a leitura da notícia, o Major SILVA KORAL faz um pequeno comentário: “Meus comandados! Eu vim até aqui, hoje, em nome do senhor  Coronel Comandante do Batalhão, para elogiar o Soldado CÍCERO, por sua atuação exemplar na tarde de ontem. Ele já havia se destacado no Exercício em Campanha e na Olimpíada. O segredo dele é simples: ele treina muito! Ele se prepara. O CÍCERO não perde o controle das emoções. Tenho a honra de passar às mãos dele um prêmio do Comando do Quartel. É o livro da BIBLIOTECA DO EXÉRCITO ( BIBLIEX ) que conta a história do Patrono do Exército, o DUQUE DE CAXIAS. Cidadão que recebeu, da Família e da Escola, uma educação primorosa. Obrigado pela atenção. Tenham todos um bom dia!” ( Os militares aplaudem o Major Subcomandante e o Soldado CÍCERO. Estes retiram-se, conversando ... )

ANÁLISE DOS FATOS

O Soldado do Exército não é violento. O Soldado Verde-Oliva deve ser, antes de tudo, um forte. Juridicamente, força é diferente de violência. A força é a aplicação da violência dentro da Lei. Quem aplica a sua força fora da Lei é violento. O Bom Soldado aplica a sua força com inteligência e humildade. O Soldado CÍCERO não feriu ninguém. Ele não é bandido. É um combatente, em cujo peito bate um Coração de Soldado. Há um caso histórico plangente: na Guerra do Paraguai, o General CAXIAS teve ASSUNÇÃO aos seus pés. Não ficaria pedra sobre pedra. O DUQUE respondeu: “Eu sou um Soldado. Não sou um assassino!” Os grandes homens controlam a força... E, muitas vezes, resolvem os episódios sem dar nenhum tiro. Pela simples presença.

CONCLUSÃO

Quanto mais forte for o Militar, maior é a chance de dissuadir o inimigo. Dentro dos muros do Quartel, só há lugar para os que querem ser fortes. O mundo aplaude de pé as proezas dos fortes. “O segredo da força está na vontade.” ( MAZZINI ). “A força provém da vontade férrea.” ( MOHANDAS GANDHI ). “A força bruta, quando não é governada pela razão, desmorona sob o seu próprio peso.” ( HORÁCIO ). “Uma força menor aplicada persistentemente é igual a uma força maior.” ( WILHELM LEIBNIZ ). “A força é hostil a si própria, quando a inteligência não a dirige.” ( MARQUÊS DE MARICÁ ).                                                                                                           

CLAUDIO FREDERICO VOGT – Coronel do Exército                                                                     Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.                                                                                                                                                     

111

                           CLAUDIO FREDERICO VOGT – Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

DiárioRS

CLIQUE AQUI, curta a Fan Page do site e fique informado sobre às notícias da região

CLIQUE AQUI, curta a Fan Page do site e fique informado sobre as notícias da região.

O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.