Cesurg Sarandi
Cresol Sarandi
Grossi Combustiveis
Empório Colonial
  • Cesurg Sarandi
  • Empório Colonial
  • Cresol Sarandi
  • Grossi Combustiveis
  • Home
  • Entretenimento
  • Curiosidades

Quais são as infecções mais frequentes no verão?

 

Férias e verão formam uma combinação muito esperada pela maioria das pessoas que deseja aproveitar esta época do ano para se divertir e usufruir do merecido descanso. Apesar do bom clima da estação, não se pode descuidar da saúde. Algumas infecções são oportunistas e aparecem com maior intensidade nesse período. Saiba quem são e como evitá-las:

Infecção urinária

No verão há aumento dos casos dessa infecção. Entre os fatores de risco estão a desidratação e no caso específico de mulheres, a modificação da flora vaginal, que pode ser afetada por ficar em contato com biquíni molhado. O ideal é que haja uma boa higienização íntima durante o banho e que as peças molhadas sejam substituídas sempre que possíveis.

Dengue, Chicungunya e Zika Vírus

Com o aumento do volume de chuvas, cresce a proliferação do mosquito vetor comum as 3 doenças, oAedes Aegypti. Todas elas apresentam características sintomáticas semelhantes: febre alta, dor no fundo dos olhos, vermelhidão na pele, dor no corpo e distúrbios gástricos.

Para prevenir-se faça uso de repelentes, use roupas claras e compridas. Porém a maneira mais eficiente é combater o mosquito transmissor, evitando seus criadouros. Simples atitudes como: cuidados adequados com o lixo, não deixar água acumulada, recolher recipientes que possam ser reservatórios de água parada, encher com areia os pratinhos dos vasos de planta e tratar água de piscinas.

Otite

Dor e coceira no ouvido após banhos de piscina são sintomas de otite externa. A umidade é um paraíso para os microrganismos que causam essa infecção. O uso de protetores de ouvidos para os adeptos ao mergulho é uma opção para evitar esse problema.

Micoses de pele

Coceira e manchas na pele podem ser sinais de micose cutânea. Tenha cuidado na areia, pois podem ter dejetos de animais. Use chinelos para caminhar na beira da praia, seque bem a região entre os dedos e tome duchas sempre após sair da piscina.

Gastroenterites

Diarreia, vômito, dores abominais são muito frequentes. Na maioria das vezes causada por vírus, a famosa “virose de verão”, porém casos graves podem ser causados por bactérias, como a Salmonella. As cidades litorâneas, com a visita de milhares de turistas, são os locais mais propícios a apresentarem condições insatisfatórias de saneamento básico, principal motivo para o aparecimento de problemas alimentares.

Evite consumir produtos que não estejam bem conservados, que estejam expostos ao meio ambiente e as altas temperaturas. Procure saber a procedência dos alimentos. Consuma muita água, de preferência filtrada ou fervida.

Hepatite A

É outra doença comum do verão, exatamente porque uma das formas de transmissão é pela água ou alimentos contaminados com o vírus. Os sintomas podem demorar a aparecer, mas entre eles estão amarelamento da pele, febre, dores de cabeça e musculares e o aumento do tamanho do fígado.

Para poder aproveitar as férias com saúde, tenha boa alimentação e hidratação adequada, pois ajudam o sistema imunológico e o organismo a se prevenir destas infecções. Outro item fundamental é manter a higienização das mãos, evitando o toque na boca e no olho, já que se tratam das vias importantes de introdução do vírus no organismo.

curiosa

(Correio do Povo)

Paula Rubin Facco Librelotto
Médica Infectologista
Cruz Alta/RS
CRM-RS: 33683

CLIQUE AQUI, curta a Fan Page do site e fique informado sobre as notícias da região.

O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.