Cresol Sarandi
Empório Colonial
Cesurg Sarandi
Grossi Combustiveis
  • Cesurg Sarandi
  • Grossi Combustiveis
  • Cresol Sarandi
  • Empório Colonial

Entrevista com o Youtuber Pedro Bianchini Pavanello (Canal do Pava)

“Gosto de abordar temas sobre a vida e o universo. O Funcionamento do universo e como isto gera nossa realidade. O quão grandioso e infinito é toda a criação. Que os limites são apenas nossos.”. Pedro Bianchini Pavanello

Entrevista com o Youtuber Pedro Bianchini Pavanello Canal do Pava090117Pedro Bianchini Pavanello de 26 anos de idade, natural de Santiago RS, atualmente reside em Santa Maria. Profissionalmente foi terapeuta holístico, atualmente é Youtuber no Canal: Pedro Biacnhini Pavanello (Canal do Pava), qual possui mais de 16 mil inscritos, em que trata de temas sobre o autoconhecimento, espiritualidade, com humor e sensibilidade.

O canal surgiu há cinco anos, porém Pedro não havia encontrado um formato para ele. Até que, agosto de 2016, com o vídeo “Além da Matrix”, em que resolveu falar seus conhecimentos sobre a vida, universo a sociedade e o autoconhecimento, percebeu então o que realmente viria a ser o seu foco no Youtube. O canal que leva seu nome (Pedro Bianchini Pavanello) conta com a participação de Hélio Gabriel Rezende Zuliani de Oliveira e de Lauren Segeer, que ficou renomada com o vídeo “Saida Consciente da Matéria (Projeção)”

Acompanhe a entrevista que o DiárioRS realizou com Pedro Bianchini Pavanello:

DiárioRS: Você tem rotina? Como seria?

Pedro Bianchini Pavanello: Minha rotina é de muitos afazes. Preciso sempre pensar em uma boa ideia de conteúdo, para postar todos os dias por volta das 6 da tarde. Depois de ter a idéia e saber falar sobre. Preciso fazer algumas pesquisas e depois sim fazer a gravação. Encontrar um local ajustar a iluminação, camera e microfones. Depois disto, cada vídeo, hoje em dia, leva em média de 2 a 4 horas de edição. De manha faço um mate e assisto meus canais no Youtube, sempre em busca de inspiração para o Canal, em quanto isto, já vou pensando no conteúdo para gravar de tarde e tendo idéias. Escrevo alguma coisa em um bloco de anotações e respondo alguns comentários. Depois do Almoço, inicio a por em prática o que estava nas ideias. Preparo os tópicos a falar para que não me esqueça. Então gravo. Logo depois passo os arquivos para o computado e os edito sempre com muito carinho para que fiquem o melhor possível. Com trilha sono envolvente e de acordo com a reflexão do dia. Gosto muito da parte da edição. Depois então crio as imagens das postagens, envio ao Youtube, posto nas páginas do canal e respondo alguns comentários. Depois disto procuro caminhar ou correr o que é fundamental para manter a disposição, autoestima, bem estar e não ficar sedentário. Depois eu descanso, por mais que fique confabulando no assunto do outro dia. Medito e tento esquecer de tudo para poder relaxar. Deixo tudo de lado um tempo.

DiárioRS: Como você faz seus vídeos? Você que faz tudo? Quantas horas levam? Como você define a duração que o vídeo terá?

Pedro Bianchini Pavanello: Sim faço absolutamente tudo. O padrão do canal é trazer coisas que aumentem a vibração, âniumo e auto-estima de quem vê. Trazer uma reflexão, mudar paradígmas. De forma sóbria e com amor. Tento trazer o máximo de graça possível. Gostaria que fossem mais engraçados e descontraidos. O que acredito que vão se tornando com o tempo. O incrível é que não defino o tempo de duração e eles acabam sempre tendo uma média de 10 min. Tento não alongar muito o vídeo para não ser cansativo. Tento desperdiçar o mínimo de tempo possível de quem assiste fazendo cortes nas partes entre as frases quando não é necessária. E acompanhar com uma bela música para ficar mais suave e a pessoa se sentir melhor ao assistir. Busco novas tomadas de câmera e zoom para não ficar cansativo e ficar mais envolvente.

DiárioRS: Qual é o diferencial do seu canal quanto aos outros?

Pedro Bianchini Pavanello: Acredito que seja na forma direta e sem enrrolar. Tento apresentar um “resumo completo”. Assim não desperdiço o tempo do espectador, e passo todas as informações necesárias e a cada dia tento descortinar novos horizontes do saber.

DiárioRS: Quais temas você mais gosta de abordar?

Pedro Bianchini Pavanello: Gosto de abordar temas sobre a vida e o universo. O Funcionamento do universo e como isto gera nossa realidade. O quão grandioso e infinito é toda a criação. Que os limites são apenas nossos. Que tudo que a mente tenta ver ela fragmenta. Que devemos sentir. E que o infinito está dentro de todos nós. Outro tema que gostaria de abordar é o formato da Terra. Porém ainda vou esperar mais. Mas sempre gosto de abordar aqueles temas que provoção aquela senação de grande descoberta sobre a vida.

DiárioRS: Qual vídeo mais gostou de fazer? E qual você se arrependeu assim que colocou no ar?

Pedro Bianchini Pavanello: O Vídeo que mais gostei de fazer foi “O Caminho para a Montanha do Silêncio”. O vídeo que mais me “arrependi” de postar foi um falando sobre os Crop Circles. Pois no vídeo coloquei uma imagem de um destes agroglifos, então, uma revista de Ufologia bem conhecida, quis processar o canal por dizer que aquela imagem era dela e denunciou o canal ao Youtube. O Canal ganhou uma penalidade e algumas restrições além de ter aquele vídeo ser deletado. As penalidades duram três meses o que só terminou em primeiro de janeiro de 2017. O que não entendi nisto tudo foi como que o dono da revista provou que as imagens eram de direitos dele, pois postei três dias depois do dia em que foi feita a imagem. Haviam mais de cinco canais com a mesma imagem. Mas tudo é aprendizado. Passei a cuidar mais as imagens que coloco nos vídeos e gerar mais conteúdo próprio sendo mais independente de imagens externas.

DiárioRS: O que foi mudando no seu canal desde a estreia?

Pedro Bianchini Pavanello: O canal só mudou duas vezes. Antes eu passava vídeos que legendava do físico Nassim Haramein e edições com junções de outros vídeos que eu achava interessante. Três anos depois, comecei a aparecer e foi um marco. Porém a maior mudança ocorreu com o vídeo “Além da Matrix”, que defini o que seria o canal.

DiárioRS: O que mudou na sua vida depois de lançar o canal?

Pedro Bianchini Pavanello: Minha vida mudou com o canal este ano. Quando suas visualizações aumentaram. Então isto me animou a continuar e a melhorar cada vez mais. Também pude me sustentar fazendo o que gosto. O que é maravilhoso.

DiárioRS: As pessoas te abordam na rua? Como é a abordagem?

Pedro Bianchini Pavanello: Como a audiência do canal é distribuida ao longo de todo o país, são poucas as pessoas que me reconhecem aqui na minha cidade. Geralmente são as pessoas mais ligadas à espiritualidade e ao autoconhecimento. Que buscam estes assuntos no Youtube.

DiárioRS: Quanto você ganha de publicidade pelo canal? Você conseguiria viver só do YouTube?

Pedro Bianchini Pavanello: Hoje está se tornando possível o sustendo monetário através do canal. Tendo em vista também que ele cresce muito de um mês para o outro. Porém levou muitos anos de trabalho. Acredito que ele ainda tem muito a crescer.

DiárioRS: Quais são seus planos futuros? Continuar com o canal no YouTube está entre eles?

Pedro Bianchini Pavanello: Pretendo sempre continuar com o canal. Desenvolver novos cursos online além do Curso de Terapia e Cura com Cristais que é fantástico. Os planos para o futuro são montar uma unidade de atendimento e práticas do conhecimento. Onde se produz os conteúdos para o canal meu e do Hélio que ele pretende fazer. Atenter pessoas, Aulas de Tai Chi, Reiki, projeciologia e diversas áreas do conehcimento. Um lugar de muita paz para ensinar e aprender.

DiárioRS: Deixa uma mensagem livre aos leitores do DiárioRS:

Pedro Bianchini Pavanello: O mundo e o universo podem ser muito diferente do que nos é tradicionalmente ensinado. Procurem questionar de forma sã e baseado no amor. Porém o mundo o universo e a realidade é muito melhor do que podemos imaginar.

Por Samantha Schepanski/DiárioRS


CLIQUE AQUI, curta a Fan Page do site e fique informado sobre as notícias da região.

O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.