• Cotrisal
  • Sicredi
  • X & Cia
  • Fruteira Tropical
  • Restaurante 4 Ases
  • Baccin e Ghisselli
  • Xisto Eletricista
  • Estação Fitness
  • Porto Bello Construtora
  • Momentos Cine Fotos
  • Mara Rúbia
  • Menin Materias de Construção
  • Sarandiense Assistência Familiar
  • Vimesq
  • Imóveis Norte RS
  • Restaurante Meio Kilo
  • CPP101.com
  • Essência Cosméticos
  • Wizard
  • Milani Corretora de Seguros
  • Laboratório Sarandi
  • Teloken Engenharia LTDA
  • Churrascaria Rei do Cordeiro
  • SCT Construtora e Incorporadora LTDA
  • Eficaz Publicidade e Ações Promocionais
  • Confecções Helenice
  • Lancheria Grenal do Tainha
  • Drago Restaurante e Pizzaria
  • Estúdio Destak
  • Clínica Duccicor
  • Hiper Mercado Wagner
  • Alan Auto Som
  • Signomar Comércio de Bebidas
  • Estilos Diferentes
  • Revista Spelho
  • Drággon Artigos Esportivos
  • Brupi

Inter ganha o Grenal 400

Publicado por Joel de Brito. Publicado em Domingo, 30 Março 2014 19:13

 

Se quiser voltar a conquistar o título de Campeão Gaúcho, o Grêmio terá que reverter uma vantagem obtida pelo seu adversário na tarde deste domingo, na Arena. Para um público de 40 mil torcedores, o Tricolor saiu na frente com Barcos no Gre-Nal 400, mas não soube segurar o resultado na etapa final. Com dois gols de Rafael Moura, o Inter conseguiu fazer 2 a 1 e sair na frente nos primeiros 90 minutos de uma decisão de 180 que termina apenas no próximo dia 13 de fevereiro, no Beira Rio. Ainda tem muito jogo pela frente.

0aa00a30mar14 grenal 028 l


PRIMEIRO TEMPO:


O clássico começou tenso, como costumam ser as grandes decisões. Buscando aproveitar o fator local, o Tricolor apresentou uma postura mais ofensiva em busca da abertura do placar, mas o Inter tratou de aproveitar os espaços nos contragolpes.

A primeira oportunidade surgiu logo aos 3 minutos de bola rolando: Dudu fez boa jogada individual pela esquerda. Conseguiu passar por Aránguiz, tomou a frente na jogada, mas concluiu por sobre o travessão de Dida! Boa oportunidade!

O Inter respondeu forte dois minutos depois: Willians recuperou a bola no campo de ataque do Inter, pela direita, conseguiu passar por dois adversário e chutou forte, da entrada da área. A bola tinha o endereço certo, mas Marcelo Grohe se esticou e conseguiu mandar para escanteio, no canto direito. Escapou o Grêmio.

Aos 8 minutos, outra vez o Inter levou perigo. D´Alessandro puxou contra-ataque no campo de defesa e abriu para Rafael Moura, na direita. O He-Man levantou a cabeça e fez o cruzamento do outro lado, encontrando Alex completamente livre, na pequena área. Ele meteu a cabeça e só não abriu o marcador porque Marcelo Grohe fez um milagre no canto direito! Incrível a defesa!

Dois minutos depois, Barcos foi lançado em profundidade, na entrada da área, pela esquerda. O Pirata dominou no peito, levou a melhor sobre o zagueiro, mas chutou fraco. Dida caiu no canto direito e fez firme defesa.

Barcos estava afim de jogo!

Aos 14 minutos, a jogada que originou o primeiro gol gremista: Dudu puxou contra-ataque pela esquerda e deu no meio para Riveros, que, de imediato, virou do outro lado achando Pará. Com categoria, ainda na intermediária, Pará levantou na cabeça de Barcos, que se antecipou à zaga. O Pirata torneou de cabeça e mandou no ângulo direito de Dida! Um golaço!
Grêmio 1 a 0!

A Arena veio abaixo com a abertura do placar e o segundo gol não nasceu por detalhe logo em seguida: dois minutos depois da abertura do placar, após cruzamento da esquerda, a bola passou por Dudu, no primeiro pau, mas não passou por Riveros, que deu de bicicleta! Dida defendeu no susto, no canto direito, mandando para escanteio! Incrível!

Atrás no placar, o Inter mudou um pouco sua postura adiantando a equipe em busca do empate.

Aos 26 minutos, o Tricolor chegou forte em bola parada: Dudu sofreu falta ao lado da área, pela esquerda. Ele mesmo fez a cobrança, mas preferiu mandar direto pro gol, quando todos esperavam um cruzamento. Dida estava atento e espalmou para fora da área.

Dois minutos depois, D´Alessandro fez o passe para Rafael Moura, dentro da área, de costas para o gol. Bem marcado, ele conseguiu virar, abrir espaço e chutar. Marcelo Grohe defendeu firme.

O Inter passou a ter o controle da posse de bola tendo a iniciativa das ações. Porém, o Tricolor, com a defesa bem postada, evitava qualquer chegada mais forte do adversário.

Aos 39 minutos, Luan avançou pela direita com a bola dominada e deu um leve toque, por cima da zaga, encontrando Riveros entrando por trás. O paraguaio deixou a bola cair e se esticou para fazer a conclusão. A bola passou por sobre o travessão, muito perto! Boa chegada gremista!

Este foi o último lance de um primeiro tempo de grande intensidade.


SEGUNDO TEMPO:


O Tricolor voltou para etapa final sem modificações. Porém, o Internacional trocou em duas posições com as entradas de Alan Patrick e Hernando nas vagas de Jorge Henrique e Juan. A decisão mudaria por completo a cara da partida.

A postura ofensiva do adversário trouxe mais perigo à defesa gremista. Aos poucos, a presença do Inter no campo de ataque passou a ter mais intensidade e o empate não demorou a sair.

Aos 7 minutos, Alex começou a jogada na frente da área e abriu para Aránguiz, na direita, já dentro da área. O chileno cruzou no segundo pau, na cabeça de Rafael Moura, que testou forte para vencer Grohe.
Empate em 1 a 1.

Aos 13, Pará recebeu na direita e abriu atrás da zaga, para Barcos. O Pirata chutou cruzado, mas a bola passou na frente do gol saindo do outro lado.

O Inter respondeu no lance seguinte e só não virou o jogo porque voltou a brilhar a estrela de Marcelo Grohe: Rafael Moura recebeu diante da meia lua, de costas para o gol. Ele dominou e conseguiu fazer o passe para Aránguiz, que entrou livre, em velocidade. Na marca do pênalti, ele esperou a saída de Grohe e mandou no canto direito. O goleiro gremista acertou o lado e fez um milagre salvando o Grêmio!

Aos 21 minutos, o Inter achou uma falta na entrada da área, pela esquerda. D´Alessandro fez a cobrança buscando o ângulo esquerdo de Grohe. Desta vez, o goleiro gremista não chegou, mas a bola passou rente ao poste.

Dois minutos depois, outra chegada do Inter pela esquerda. O cruzamento veio rasteiro e Alex apareceu para concluir. Para a sorte do Grêmio, Wendell chegou para atrapalhar. O chute saiu mascado e Marcelo fez a defesa.

Aos 26 minutos, o Grêmio mudou pela primeira vez: Enderson Moreira colocou Alán Ruiz no lugar de Dudu.

Porém, no minuto seguinte, o Inter conseguiu o gol da virada. Alan Patrick puxou contra-ataque pelo meio e abriu em Fabrício, na esquerda. O lateral foi ao fundo de campo e cruzou na cabeça de Rafael Moura, na pequena área. O centroavante empurrou sem chances para Grohe.
Inter 2 a 1.

Aos 33 minutos, Maxi Rodriguez entrou no lugar de Riveros.

Seis minutos depois, na última tentativa de reverter o resultado, Enderson Moreira colocou Jean Deretti no lugar de Luan.

O Tricolor até tentou uma pressão o final, mas não conseguiu chegar ao empate.

Agora é focar na Copa Libertadores e na decisão que o Grêmio terá na próxima quarta, contra o Nacional, em Medellín.


Público Pagante: 37.444
Público Não Pagante: 2.430
Público Total: 39.874
Renda: R$ 1.903.957,00

Fotos: Lucas Uebel

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar