• Cotrisal
  • Sicredi
  • X & Cia
  • Jack's Steak Club
  • Casarotto Imóveis
  • Bruna Soares Fotografia
  • Peregrino
  • Lunna Pub Bar
  • Wizard
  • Milani Corretora de Seguros
  • Benno's Bar
  • Sucatão 386
  • Rômulo De Cesaro
  • Gostinho Della
  • Alvorada Calçados
  • Drº Ramon Gasparetto
  • Cresol
  • Profª Miréia
  • Restaurante 4 Ases
  • Laboratório Sarandi
  • Teloken Engenharia LTDA
  • Hiper Mercado Wagner
  • Signomar Comércio de Bebidas
  • Drággon Artigos Esportivos

A partir de hoje prisões de eleitores só ocorrem em três casos, dentre eles o flagrante

Escrito por Samantha Schepanski.

 

Seguindo o que estipula a lei eleitoral, os eleitores só poderão ser presos de hoje (27) até o dia 4 de outubro, em três casos específicos: flagrante, sentença condenatória por crime inafiançável ou desrespeito a salvo-conduto.

Para candidatos, membros das mesas receptoras e fiscais de partido, durante as suas funções, a medida é diferente: desde 15 dias antes das eleições, eles só poderão ser presos em flagrante. Na lei ainda está previsto que em qualquer caso de prisão o eleitor deve ser levado até um juiz que irá avaliar o caso e, se necessário, relaxar a prisão.

No dia da eleição, 2 de outubro, os eleitores podem ser presos por duas situações: por crimes de menor potencial ofensivo, como, por exemplo, distribuir propaganda eleitoral e para os crimes que têm pena maior de dois anos.

Neste segundo caso a pessoa será presa da forma comum e deverá ser lavrado um auto de prisão em flagrante.

not 20160926281520348 gg copy

Por Jornalismo Rádio Uirapuru 

DiárioRS

CLIQUE AQUI, curta a Fan Page do site e  fique informado sobre as notícias da região.

rodape diario novo 05 12 15

  • Eficaz
  • Estação Fitness
  • VS Gráfica Expressa
  • Vimesq
  • SCT Construtora e Incorporadora LTDA
  • Confecções Helenice
  • Lancheria Grenal do Tainha
  • Drago Restaurante e Pizzaria
  • Revista Spelho