Cesurg Sarandi
Grossi Combustiveis
Empório Colonial
Cresol Sarandi
  • Empório Colonial
  • Cresol Sarandi
  • Grossi Combustiveis
  • Cesurg Sarandi
  • Taura Auto Peças
  • Bortoluzzi Odontologia
  • Drággon Artigos Esportivos
  • Signomar Comércio de Bebidas
  • Xok's Sarandi
  • Barbearia 84
  • COGMED
  • X & Cia
  • Milani Corretora de Seguros
  • Laboratório Sarandi
  • Salute
  • Restaurante 4 Ases
  • Nina Comunicação Visual
  • VS Gráfica Expressa
  • Rômulo De Cezaro
  • Gostinho Della
  • ZF Colchões Bio Magistral
  • Rembecker Estruturas Metálicas
  • Hiper Mercado Wagner
  • Teloken Engenharia LTDA
  • Sicredi
  • Cotrisal
  • Clínica Estética Vitallitá
  • Farmácia Nossa Senhora de Fátima
  • Casarotto Imóveis

Municípios poderão aderir ao Susaf com maior agilidade

 

famurs1O presidente da Famurs, Antonio Cettolin, participou na manhã desta quinta-feira (13/9) da assinatura da Instrução Normativa Seapi nº 10/2018, na sede da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação. O documento tem como objetivo operacionalizar a adesão dos municípios gaúchos ao Sistema Unificado Estadual de Atenção à Sanidade Agroindustrial Familiar, Artesanal e de Pequeno Porte (Susaf-RS), instituído pela Lei nº 13.825, de 4 de novembro de 2011, e regulamentado pelo Decreto nº 54.189, de 14 de agosto de 2018.

Durante o ato, Cettolin elogiou a iniciativa e classificou esse novo sistema como um marco histórico para o desenvolvimento da agroindústria familiar no Estado e anunciou que a Famurs irá oferecer treinamento aos municípios que demonstrarem interesse em ingressar no novo sistema de adesão ao Susaf. A meta é atender cerca de 300 municípios. O decreto assinado pelo governo do Estado em agosto buscou facilitar as adesões dos municípios ao Susaf, sistema que permite a comercialização de produtos de origem animal a nível intermunicipal, dando condições para as pequenas agroindústrias negociarem seus produtos em todo o território estadual.

A normativa assinada hoje define que a adesão dos municípios será realizada mediante análise documental e principalmente pelos termos de responsabilidade anexos na normativa e, também por análise laboratorial dos produtos. Anteriormente, o acesso se dava por meio de fiscalização in loco, o que levava até seis meses. A estimativa agora é de que o processo demore cerca de 30 dias.

De acordo com o secretário da Agricultura, Pecuária e Irrigação, Odacir Klein, “a instrução normativa, somada ao decreto publicado em agosto, representa um avanço no objetivo do Estado de que mais municípios possam aderir ao sistema, ampliando as áreas de comércio, trazendo mais renda para os produtores e para as famílias que dependem disso para seu sustento, porém sempre garantindo qualidade e inocuidade dos produtos em benefício da saúde pública.”

Também participaram do ato o secretário do Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo, Tarcísio Minetto; o diretor técnico da Emater, Lino Moura; o presidente da Fetag, Carlos Joel; e demais representantes das entidades.

famurs3famurs3

 

Débora Szczensny

Famurs Assessoria de Comunicação

CLIQUE AQUI, curta a Fan Page do site e fique informado sobre as notícias da região.

O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

  • SCT Construtora e Incorporadora LTDA
  • Estação Fitness
  • Eficaz
  • Revista Spelho
  • Vimesq
  • Lancheria Grenal do Tainha
  • Confecções Helenice
  • Drago Restaurante e Pizzaria