Palazzo Ambientes
Assembleia
Grossi Combustiveis
Conffiare
  • Palazzo Ambientes
  • Assembleia
  • Grossi Combustiveis
  • Conffiare
  • Barbearia 84
  • Rembecker Estruturas Metálicas
  • Cresol
  • Gostinho Della
  • Drággon Artigos Esportivos
  • Farmácia Nossa Senhora de Fátima
  • Laboratório Sarandi
  • Casarotto Imóveis
  • Sicredi
  • Benno's Bar
  • Jack's Steak Club
  • Irmãos Ferronato
  • Restaurante 4 Ases
  • Bortoluzzi Odontologia
  • Lunna Pub Bar
  • Taura Auto Peças
  • X & Cia
  • Milani Corretora de Seguros
  • Hiper Mercado Wagner
  • Boohler Serigrafia
  • Rômulo De Cezaro
  • Clínica Estética Vitallitá
  • Teloken Engenharia LTDA
  • VS Gráfica Expressa
  • Bruna Soares Fotografia
  • Signomar Comércio de Bebidas
  • Cesurg Sarandi
  • Nina Comunicação Visual
  • Cotrisal
  • Home
  • Notícias
  • Saúde
  • Saúde - Hospital Veterinário da UPF realiza implante de marca-passo em cachorro

Saúde - Hospital Veterinário da UPF realiza implante de marca-passo em cachorro

 

Implante feito no último mês foi o primeiro realizado com sucesso na UPF e o terceiro no estado

Uma equipe do Hospital Veterinário da Universidade de Passo Fundo (UPF) realizou no último mês uma cirurgia pouco convencional. Liderado pelo médico-veterinário Ricardo Oliveira, o grupo implantou um marca-passo em uma cachorra da raça Yorkshire. A cirurgia, que aconteceu no dia 10 de julho, foi a terceira no Rio Grande do Sul e a primeira realizada na UPF com sucesso – outro implante já havia sido feito, mas o paciente não sobreviveu.

A paciente chamada Moee, de 11 anos, chegou ao Hospital Veterinário no dia 7 de julho após apresentar quadros de desmaio. Após a avaliação, Oliveira identificou que ela sofria de um bloqueio atrioventricular, ou seja, uma falta de sincronismo entre átrios e ventrículos que faz com o átrio bata de forma independente do ventrículo e, consequentemente, com que o coração não consiga mandar sangue para o restante do corpo. “Esse animal chegou aqui com uma frequência cardíaca de 40, enquanto deveria ter uma frequência de 150, 160. A gente identificou esse bloqueio e, devido a severidade da condição, identificamos que a melhor opção seria o implante do marca-passo, na maior brevidade possível”, explicou o médico-veterinário. 

Ao todo, sete profissionais participaram do procedimento, incluindo um cirurgião vascular, que também auxiliou na aquisição do marca-passo, que é idêntico ao utilizado em seres humanos. De acordo com Oliveira, a resposta de Moee foi muito positiva e, já no dia seguinte, a cachorrinha conseguiu se alimentar e passear com a dona, o que, para ele, como médico-veterinário, foi muito gratificante. “Essas cirurgias são muito realizadas em pessoas, porém, na área veterinária, isso não acontece com tanta frequência. E, para nós, que trabalhamos em uma universidade, que divulga bastante o ensino e a pesquisa, foi extremamente importante, ainda mais com a plena recuperação da paciente”, destacou. Para o médico-veterinário, a cirurgia foi uma conquista muito grande. “Mostra que a medicina veterinária e a medicina humana somam esforços para salvar qualquer tipo de vida”, completou. 

A tutora de Moee, Marcia Mozzato Bergamo, se disse emocionada com o tratamento e com a recuperação de sua cachorrinha. “Ela estava muito ruim e agora só quer correr. A respiração dela voltou ao normal. É muito bom saber que o bichinho que a gente ama tanto vai ficar bem e terá chance de conviver conosco por mais tempo”, comentou.

 

FAMV cirurgia cachorro 4

 

UPF - AI

 


CLIQUE AQUI, curta a Fan Page do site e fique informado sobre as notícias da região.

O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

  • Eficaz
  • Estação Fitness
  • Confecções Helenice
  • Vimesq
  • Revista Spelho
  • Lancheria Grenal do Tainha
  • SCT Construtora e Incorporadora LTDA
  • Drago Restaurante e Pizzaria