Cresol Sarandi
Tubos Sarandi
Grossi Combustiveis
Casarotto Imóveis
  • Casarotto Imóveis
  • Grossi Combustiveis
  • Cresol Sarandi
  • Tubos Sarandi
  • Hiper Mercado Wagner
  • Xok's Sarandi
  • X & Cia
  • Teloken Engenharia LTDA
  • Drággon Artigos Esportivos
  • Rômulo De Cezaro
  • Nina Comunicação Visual
  • Sicredi
  • Taura Auto Peças
  • Farmácia Nossa Senhora de Fátima
  • Bruna Soares Fotografia
  • Bortoluzzi Odontologia
  • Cotrisal
  • Barbearia 84
  • Laboratório Sarandi
  • Clínica Estética Vitallitá
  • Cesurg Sarandi
  • Restaurante 4 Ases
  • Salute
  • Rembecker Estruturas Metálicas
  • Gostinho Della
  • Signomar Comércio de Bebidas
  • Milani Corretora de Seguros
  • VS Gráfica Expressa
  • Home
  • Notícias
  • Trânsito
  • Famurs mobilizará a Bancada Gaúcha para a federalizar o corredor rodoviário entre Sarandi e Chapecó

Famurs mobilizará a Bancada Gaúcha para a federalizar o corredor rodoviário entre Sarandi e Chapecó

 

O presidente da Famurs, Salmo Dias de Oliveira, irá mobilizar a Bancada Gaúcha para apresentar um projeto de lei com o objetivo de federalizar o Sistema Rodoviário do Rio Grande do Sul desde a divisa do estado de Santa Catarina até o entroncamento da BR-386, no município gaúcho de Sarandi, perfazendo um total de 101,86 quilômetros. A decisão foi tomada após reunião na sede do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) no Estado, nesta terça-feira (15/5), onde Salmo expos a reivindicação dos prefeitos da região. O superintendente regional substituto do Dnit no Estado, Delmar Pellegrini Filho, no entanto, afirmou que o departamento não tem autonomia para acatar o pedido da Famurs.

Salmo irá reiterar aos parlamentares o pedido dos comerciantes, prefeitos e comunidade sobre a importância da medida, no sentido de alavancar o crescimento dos municípios localizados no corredor rodoviário entre Sarandi (RS) e Chapecó (SC). “Estudos comprovam que este trecho apresenta movimento significativo de veículos tanto de passeio quanto de carga, o que aponta para a necessidade das providências”, argumentou.

Segundo o presidente da Famurs, Salmo Dias de Oliveira, uma rodovia federal é fundamental para a logística e o desenvolvimento da região Norte do Estado. “Ela é o diferencial na malha rodoviária, considerando a importância do trecho que liga dois estados, Rio Grande do Sul e Santa Catarina”, disse. A manutenção da estrada é feita com dificuldade pelo Estado e não oferece a qualidade necessária, sendo um entrave para a logística envolvendo a região de Nonoai e municípios vizinhos. “Incluir uma região no mapa rodoviário federal é gerar emprego e oportunidade”, afirmou. Hoje, as ligações interestaduais entre Santa Catarina e Rio Grande do Sul, no Norte do Estado, são feitas mediante sete passagens com ligação à rede federal e outras ligações complementares.

 

logo famurs

 

FAMURS

 

CLIQUE AQUI, curta a Fan Page do site e fique informado sobre as notícias da região.

O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

  • SCT Construtora e Incorporadora LTDA
  • Vimesq
  • Revista Spelho
  • Eficaz
  • Estação Fitness
  • Drago Restaurante e Pizzaria
  • Lancheria Grenal do Tainha
  • Confecções Helenice