menu
Colunas

Sarandi - Sarandi em Fatos 25/11


Data de publicação: 25 de novembro de 2016
Coluna: José Leal
Colunista: José Leal



 


Árvores I


Muito foi comentado o plantio das arvores nas praças da prefeitura e da igreja matriz, mas isso não chega a preocupar tanto como preocupou algumas pessoas, o que realmente preocupa é a falta de arvores. Já falei disso aqui por pelo menos umas dez vezes. Com a chegada de mais um verão isso volta a chamar a atenção, ou seja, dezenas de quadras no centro de cidade não possuem sequer uma arvore.


Árvores II


E as que ainda existem continuam sendo arrancadas. Pergunto, por que em certos locais, onde estão grandes empresas não há nenhuma arvore em mais de uma quadra, por que a cada troca de letreiro ou vitrine em alguns locais as arvores são arrancadas e não substituídas, quem fiscaliza isso? Uma sugestão. Replantar essas arvore em todos os locais onde elas existiam.



Diplomação


A diplomação dos eleitos, vereadores e prefeito, será no dia 16 de dezembro.


Posse


A posse dos onze vereadores, do prefeito e vice prefeito de Sarandi será dia 30 de dezembro as quatro horas da tarde. A posse será na Câmara de Vereadores


Orçamento


Câmara de Vereadores de Sarandi aprovou a Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2017. Falta agora aprovar o orçamento para o próximo ano que será de pouco mais de 62 milhões de reais.



Crise I


Apesar da perspectiva de recuperação da economia em 2017, os prefeitos que irão assumir o comando dos 497 municípios gaúchos, a partir de 1° de janeiro, terão mais uma vez um ano de cobertor curto pela frente. A Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs) projeta queda de R$ 353 milhões nos repasses da União, por meio do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), que é a principal fonte de receita especialmente para médias e pequenas cidades. Para o economista François de Bremaeker, gestor do Observatório de Informações Municipais, 2017 será mais um ano de penúria para os municípios. Ele lembra que o FPM é a principal fonte de recursos para 80% das prefeituras. – Há uma perspectiva de melhora da economia, mas é possível que só dê para colocar o nariz para fora da água no final de 2017. Os prefeitos terão de fazer o máximo de economia, cortando gastos supérfluos para preservar saúde e educação. Mesmo assim, certamente os investimentos irão sofrer – avalia Bremaeker.


Crise II


O prefeito eleito Cardozo demonstra muita preocupação com essa situação. Em conversa com o prefeito eleito esta semana, Cardozo se mostrou preocupadíssimo com a possibilidade de corte e diminuição de recursos federais. Mas, não deixou de lembrar da importância das chamadas “ obras estruturantes” tão faladas na campanha eleitoral.


Prefeito I


Em entrevista ao colunista, o prefeito eleito Cardozo falou sobre a futura administração. Disse que serão no máximo sete secretarias, mas não necessariamente sete secretários. Poderá haver acúmulo de secretarias por um secretário. Ao menos no inicio do mandato.


Prefeito II


Cardozo adianta que Marcia Beckmann poderá acumular duas pastas no inicio da nova administração. Ema delas a educação onde atuará inicialmente como coordenadora.


Cesurg


O Cesurg está aos poucos se consolidando e firmando na região. Bom para Sarandi.  O inicio dos vestibulares e cursos deram vida e agitação á faculdade em Beira Campo. Rafael Rossetto, diretor, se mostra também um especialista em marketing.


Cultura I


Nas ultimas semanas Sarandi viveu dias intensos de muita cultura. A Festa Literária, lide5ada por Juliano Oliveira,  foi realizada entre 15 e 20 de novembro e movimentou principalmente os jovens em diversas atividades culturais e levou a cultura para a rua e praça.


Cultura II


Outro evento cultural, o Piquinique das Letras, com organização da Secretaria de Educação Municipal, também levou cultura para a praça.


Leitor


Antônio Marcos de Souza


Escolinhas


Neste sábado tem semifinal do Campeonato Estadual de Futebol, categorias de base, no Estádio Fonte Sarandi. Dia 11 de dezembro jogo beneficente em pról das escolinhas com vários ex-craques do futebol gaúcho.


Por José Leal



SARANDI251116JOSE SARANDI251116JOSE