menu
Colunas

Sarandi em fatos 17/06 - José Leal


Data de publicação: 17 de junho de 2017
Coluna: José Leal
Colunista: José Leal



 


 Presidio I


Na reunião do dia 12 de junho, liderada pelo presidente da Câmara de Vereadores vereador Delegado Cezimbra, nas discussões sobre o presídio de Sarandi, um dos temas mais discutidos foi a transferência do presídio para outro local. O prefeito Cardozo lembrou que no  inicio do seu primeiro mandato lançou essa ideia mas não foi bem recebido. Na época o Governo do Estado construiria o presidio além de oferecer incentivos ficais ao município.  Na reunião  duas áreas fora da cidade foram citadas.



Presidio II


O interventor no  presídio, Camilo Pinto, chegou a afirmar que o prédio “ esta se esfarelando” e que outra preocupação é com a mudança no perfil dos presos, muitos, segundo ele, são presos perigosos e com poder aquisitivo para financiar as fugas . A Susepe, segundo ele, está estudando a transferência de alguns lideres. Camilo diz que já há facções atuando no presidio.



Presidio III


No dia 12, entre outras ações, uma solução rápida será aumentar a  proteção para evitar que sejam jogados para dentro do pátio do presidio drogas, celulares e armas como vem ocorrendo. Uma solução a curto prazo será erguer muro ou tela acima das cercas já existentes.



Asfalto


O prefeito Cardozo anunciou esta semana o convênio com o Badesul no valor de dois milhões de reais para obras de asfaltamento em algumas ruas e recapeamento em outras. O prefeito adiantou que serão realizadas reuniões  com moradores ou proprietários .  pelo programa  Pró Comunidade, quarenta por cento do custo do asfalto é por conta do município e os restantes sessenta por cento por conta dos proprietários, trinta por cento para o proprietário de cada lado na  rua. O município entrará com uma contrapartida de 340 mil reais para receber os recursos do Badesul.



Asfalto II


Sobre o asfaltamento, volto a reforçar que os acessos ao Hospital Comunitário estão em estado ruim pela Rua Julio Mailhos e pela Rua Cosme Fravretto.



Escola


Na programação dos 78 anos de Sarandi, que inicia dia 19 ,  na área educacional  alguns fatos se destacam, entre eles, no dia  21 será lançada a pedra fundamental de uma  nova escola no Bairro  Vicentinos, ao lado da creche nova, com capacidade para  250 alunos.



Enchente


A solidariedade de boa parte da população de Sarandi foi mais uma vez comprovada na semana passada com a enchente que alagou dezenas de casas. Mas, por outro lado, faltou a participação de segmento importante da comunidade nessa hora. Justamente quem deveria , por principio, ter ajudado. A sociedade percebeu e está cobrando.



Lixo


Depois de debates, discussões, reuniões e explicações, o problema do lixo em Sarandi está longe de ser resolvido. Esta semana novamente foram jogados nas ruas restos de podas , moveis e eletrodomésticos velhos. Somente leis não vão resolver, ainda falta muita conscientização da população.




Ajuda


Três ações sócias foram realizadas nas ultimas semanas pelo Centro de Cultura Sarandiense, CCS, antigo “ Tragologia” em beneficio em duas áreas, educacional e assistencial. A APAE foi beneficiada recentemente com material de uso diário e que estavam em falta naquela escola, o CCS doou 2.500 folhas de oficio e 150 pares de luvas cirúrgicas . material que a APAE necessitava na época ..Outras ações foram desenvolvidas no dia seguinte á grande enchente do dia 08 de junho. No dia 09 á tarde foram entregues alimentos em parceria entre o CCS e a empresa Dekal X para atingidos pela enchente na Vila Esperança e Loteamento  Sassi e á noite, numa ação entre os associados e outros colaboradores, foram entregues roupas, alimentos, colchões e calçados .  As chuvas do dia 08 de junho também causaram grandes prejuízos na sede do CCS na Linha Jacutinga.


 


José Leal



jose leal fatos jose leal fatos