menu
Colunas

Fronteira do eu te amo - Kerley Carvalhedo


Data de publicação: 31 de julho de 2017
Coluna: Kerley Carvalhedo
Colunista: Kerley Carvalhedo



 


A primeira vez que alguém me disse "eu te amo" cai na na gargalhada. Repeti a frase pela primeira aos prantos. 
Qualquer demonstração de amor era extremamente difícil, verbalizar "eu te amo", quase impossível. A tudo o que é novo criamos resistência,  é normal da espécie. 



Minha mãe tinha linguagem própria para dizer que amava alguém, sempre soube falar isso muito bem sem precisar usar uma única palavra.  Sua responsabilidade e o cuidado com a família diziam mais do que se tomasse mão de mil palavras. 
Cresci achando arriscado demais dizer "Eu te amo" sem que isso fosse verdade. Perdi uma namorada por um eu te amo apenas demonstrado, mas não dito em palavras. Ela me disse: "Eu te amo!"


Respondi: Gosto muito de ti! 


Depois dessa cena, nem preciso falar o que aconteceu. Porém era o máximo de palavras que eu tinha acesso naquele momento. Não havia mais do que aquela frase no meu resumido vocabulário sentimental. 


As experiências nos moldaram. Minha mãe que antes era áspera e grossa, agora diz eu te amo até para alguém que acabou de conhecer.  O menor sinal de afeto que demonstram por ela, já é correspondido. Para mamãe, virou habito dizer eu te amo. E, pasmem, acabei aprendendo com seu exemplo.


Fronteiras antes intransponíveis, hoje são rompidas facilmente sem restrições. Sem tabu solto um eu te amo com a mais pura naturalidade. 
Aceitar o amor em suas várias linguagens é sinal de sabedoria e inteligência. A garantia da boa convivência. As nuances do amor podem vir em um abraço. E o que dizer de um "Você está bem?", ou, "Se cuida!" 


O eu te amo vai além de pronunciar essas três palavrinhas, além de presentes trocados.  O eu te amo pode estar escondido entre um olhar e outro, um gesto singelo acompanhado pela leveza e a sintonia de momentos oferecido pela vida. Às vezes até uma escolha improvável é um modo de se dizer que ama alguém.


O uso da expressão "eu te amo" não diz tudo, contudo o amor - com certeza - tudo diz.


 



 


Kerley Carvalhedo 


 



coluna kerley coluna kerley