menu
Colunas

Sarandi - Confira "Sarandi em Fatos " 13 de setembro


Data de publicação: 13 de setembro de 2012
Coluna: José Leal
Colunista: José Leal





Morte


Final de semana com mais uma morte em Sarandi e de forma violenta. O segundo semestre já tem mais homicídios que todo o ano passado.


Violência


Alguns casos de violência infelizmente tem sido motivo para distorções. Independente das motivações de alguns casos de violência ocorridos em Sarandi e respeitando os envolvidos , infelizmente isso tem sido usado politicamente. Uma ação irresponsável pois além de talvez acusar sem provas esse tipo de atitude é uma incitação á violência num período onde os ânimos estão exaltados.


Violência 02


É preocupante a incitação á violência que vem ocorrendo nas ultimas semanas. È mais preocupante quando ouvimos tantos comentários sobre distribuição de armas na cidade para cabos eleitorais. Isso vem gerando um efeito cascata, mais pessoas estão se armando para ter uma sensação de segurança e para evitar casos como o ocorrido na Vila Jardim a algumas semanas quando pelo menos três pessoas foram agredidas a golpes de facão quando retornavam para casa empunhando bandeiras após uma concentração politica no centro da cidade. Incitar a violência através de comentários ou acusações é uma total irresponsabilidade. Coisa de moleque.


Violência 03


Nessa situação atual de incitação á uma violência que não existe na proporção que é divulgada e nem mesmo nas ameaças propagadas para justificar colete á prova de bala e com alguns políticos, familiares dos mesmos e cabos eleitorais circulando em carros seguidos por outros com seguranças armados , fica uma indagação, será que essas situações não estão sendo criadas para criar o clima do “ politico vitima”. Aquele que está constantemente sendo ameaçado mas nunca encontrado. Algo a ser pensado.


Violência 04


Há uma situação especial nessa incitação violencia conforme comentários que circulam. Os responsáveis por talvês causarem algum ato de violência gerados por suas palavras podem ser responsabilizados.


Proibido


Já foi tema de tópico nessa coluna a proibição de funcionários de órgão públicos , entre elas a prefeitura municipal, de estacionar seus veículos no pátio de órgãos públicos com propaganda politica estampada. Assim como já foi tema dessa coluna, o assunto volta a ser tratado. Já foi comentado nesse espaço que em Sarandi, em entidade mantida com recursos públicos veículos de funcionários permanecem no estacionamento durante quase as 24 horas do dia e com propagadas politicas se somados os horários de trabalho e os horários em que o pátio serve como estacionamento. A quem compete essa investigação não compete ao colunista determinar.


Religião


Reportagem dessa edição mostra um tema que a muitos anos é tratado mas não com uma posição mais firme como parece que será tomada pela igreja católica nos municípios da região. A preocupação da igreja através da arquidiocese de Passo Fundo é com a terceirização das datas das comunidades católicas que” vendem” as suas respectivas data de festejos para promotores de festas. Festas que iniciavam pela manhã agora iniciam no inicio da noite dos domingo. A igreja promete rever essas datas.


Promoção


Depois de 17 anos como policial civil o delegado Edson Cezimbra foi nomeado no dia 4 de setembro como novo Delegado Regional de Policia Civil. Cezimbra terá sob sua responsabilidade as delegacias de 20 municipios da região. A Delegacia Regional tem sede em Carazinho mas Cezimbra continuará residindo em Sarandi.


Promoção 02


Cezimbra foi um dos delegados mais preocupados com a situação da Delegacia de Sarandi e responsável por várias melhoras na sede da


Trânsito


Nessa edição reportagem sobre o trânsito em Sarandi. O município possui um veiculo para cada dois habitantes e um trânsito confuso em determinados horários em alguns locais da região central da cidade. Entrevista com o presidente do Conselho Municipal de Trânsito esclarece muitas dúvidas. Leia.


Frase


Não sou dinheiro e por isso não preciso que todos gostem de mim


Novidade


Entre outras novidades dessa eleição municipal está o aluguel de veículos. Dezenas de carros são pagos para manter as propagandas políticas segundo muitos comentários que circulam nas rodas políticas.



Por José Leal



jornal21 jornal21
jornal21
zeca21