menu
Colunas

Sarandi - Sarandi em Fatos 29/04


Data de publicação: 29 de abril de 2016
Coluna: José Leal
Colunista: José Leal



 


"DEM –


 Existe grande possibilidade do DEMOCRATA participar das próximas eleições municipais com candidatos a prefeito e vice prefeito do mesmo partido.


Nomes já tem está empolgando positivamente de forma surpreendente."Jones Zanchet.Pres. DEM 


HCS


Um risco que deixa de existir é o resultado de uma obra de grande importância para os pedestres que se dirigem ao Hospital Comunitário sem veículos pela Avenida Duque de Caxias. Está em fase final a construção do calçamento no passeio naquela avenida na área pertencente ao hospital.Quem transitava na avenida em direção ao HCS dividia o espaço na pista da avenida com os veículos pois não havia calçamento. Agora, todo aquele trecho pode ser percorrido sem perigo pelos pedestres que se dirigem ao HCS e á Vila Jardim. (Foto )


O Uso do Nome de Deus


No processo de Impeachment da presidente Dilma Rousseff, após a votação de domingo passado, acrescentou-se mais um tema nos debates da atual crise. Na hora da votação, cada deputado federal, quando foi votar, também justificou as razões do seu sim ou não. As justificativas geraram as mais diferentes reações nos brasileiros: perplexidade, decepção, desânimo, inquietações, insatisfação, etc. Faço a minha reflexão sobre o uso do nome de Deus, que foi invocado 59 vezes pelos deputados.Na tradição judaico-cristã o uso do nome de Deus está incluído nos mandamentos: “Não pronunciarás o nome do Senhor teu Deus em vão” (Ex 20, 7). Isso significa respeitar o nome de Deus pelo fato do nome pertencer a ordem da confiança e da intimidade.  O nome do Senhor é santo, por isso merece reverência, e o seu uso se fará somente para louvá-lo, bendizê-lo e glorificá-lo. O nome de todo ser humano é sagrado. O nome é a imagem da pessoa. Exige respeito, em sinal da dignidade de quem o leva. Ninguém admite ou tolera que o seu nome seja usado de forma indevida, principalmente quando é usado como argumento para justificar algo que não concordamos ou a ausência de autorização. De forma análoga, o nome de Deus não pode ser usado em vão, ou seja, para votar basta simplesmente dizer: sim ou não. Que o sim ou o não sejam fruto maduro da verdade, da justiça e do discernimento. Dom Rodolfo Luis Weber.Arcebispo de Passo Fundo.22 de abril de 2016


Concurso


O concursos para três vagas na Câmara  de Vereadores criou polêmica.  Foi necessário esclarecimento do contador do legislativo Municipal na sessão do dia 25 de abril para esclarecer dúvidas. Entre elas estavam questionamentos quanto a divulgação do concurso. O contador  disse que o concurso estava sendo  divulgado em 14 sites especializados nessa atividade, em jornal local e no site da Câmara de Vereadores.


Concurso II


Até o dia 25 de abril já eram cerca de 300 inscritos. Com a mudança no edital para o cargo de Procurador Jurídico e a respectiva prorrogação das inscrições e data das provas  as inscrições devem chegar perto de 500.


PTB


O PTB de Sarandi poderá definir na próxima terça-feira seu rumo para a eleição desse ano. Poderá concorrer com candidato próprio ou concorrer com um candidato a vereador. Na segunda hipótese  o nome de Saul Mattei é cotado, na primeira, concorrerá com Helmuth Pryn.


Leitor


Mario Bertochi


Lixo


Uma visão nada agradável para quem se dirige ao hospital é o lixo acumulado em frente ao mosaico, no muro próximo ao HCS na Vila Jardim. Nesta semana até animais morros foram deixados ali além de restos de moveis e eletrodomésticos. Dias após a fotos que registra o fato, foi deixado ali um container. A solução seria a colocação permanente do container acima do muro onde foi confeccionado o mosaico.


Jurássicos


O presidente do PMDB, Luiz Zambiasi Neto, em conversa com o colunista, demonstrou ter assimilado  com bom humor a expressão “ jurássicos” do PMDB usada na semana passada onde me referi a ala que hoje comanda o PMDB.


Grêmio


O Grêmio tá parecendo um zumbi nos últimos anos, tá morto  em termos de conquistas mas insiste em querer parecer estar vivo. Por isso é imortal.


Futebol


Uma expressão tem sido usada nas ultimas semanas quando o assunto é o campeonato de futebol de Sarandi, é a seguinte, “ o time do prefeito” quando a referencia  é feita á equipe  do Butiá Mecânico. Isso por que o prefeito compareceu ao estádio numa oportunidade vestindo a camisa dessa equipe. As colocações  são injustas , pois o prefeito além do cargo que ocupa,  é um cidadão, ex-jogador de futebol e  uma pessoa normal e como tal tem suas preferências  esportivas.  Se é ou não torcedor da referida equipe, isso não mudaria em nada o rumo do campeonato, como não mudou. O presidente da Federação Gaúcha de Futebol é torcedor do Inter e isso não significa em nenhum favorecimento ao colorado.


Por José Leal


DiárioRS


CLIQUE AQUI, curta a Fan Page do site e  fique informado sobre as notícias da região.




sarandi 29 04 sarandi 29 04
sarandi 29 04
rodape diario novo 05 12 15