menu
Notícias / Agronegócio

Agricultores manifestam preocupação diante de mudanças na aposentadoria rural

Agricultores manifestam preocupação diante de mudanças na aposentadoria rural

Data de publicação: 9 de dezembro de 2016
Hora: 09:00h



 


Seguindo na lista dos setores que terão impacto direto pela nova proposta de aposentadoria, revelada na semana passada pelo governo federal, os agricultores já manifestam preocupação com as mudanças.


Se a PEC foi aprovada os trabalhadores rurais também devem se aposentar somente a partir dos 65 anos de idade e 25 anos de contribuição. Atualmente, a idade mínima para se aposentar nessa categoria é de 5560 anos (mulheres/homens) e 15 anos de contribuição.


O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Passo Fundo, Alberi Ceolin, afirma que a reforma na previdência é importante, mas não para quem recebe um salário mínimo, como a maioria dos trabalhadores. Para ele, o foco deveria ser em deputados e servidores com altos salários, onde somente uma aposentadoria pode ser o equivalente a de 20 trabalhadores.


Falando sobre a agricultura familiar, retirar a aposentadoria será ferir gravemente o trabalhador rural, que está em uma realidade de trabalho diferente da cidade. Ceolin explicou que o agricultor tem contribuição na sua produção, ainda que indireta, sendo assim um contribuinte com o sistema.


Ceolin não descartou manifestos da categoria para em breve diante da possibilidade da mudança na aposentadoria.


Por Jornalismo Rádio Uirapuru 




agricultores091216preocupadosaposentadoriarural agricultores091216preocupadosaposentadoriarural



O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.