menu
Notícias / Agronegócio

Legislação Ambiental, um dos desafios dos agricultores e empreendedores rurais

Legislação Ambiental, um dos desafios dos agricultores e empreendedores rurais

Data de publicação: 11 de outubro de 2018
Hora: 11:48h



 


Na terça-feira (02), segunda noite do I Ciclo de Desenvolvimento Regional do CESURG em Sarandi, a comunidade acadêmica pode participar de uma análise sobre a Legislação Ambiental aplicada às propriedades rurais. O debate foi conduzido pela engenheira ambiental Maikielli Zulpo, profissional especialista em Engenharia de Segurança do Trabalho e mestranda em Ciências Ambientais.


O licenciamento ambiental é o procedimento pelo qual órgãos ambientais autorizam e acompanham a implantação e a operação de atividades que utilizam recursos naturais, atividades consideradas efetiva ou potencialmente poluidoras. Através do Licenciamento Ambiental são monitoradas e controladas as atividades humanas que interferem nas condições ambientais.


Em suas intervenções, a palestrante demonstrou as principais vantagens do licenciamento ambiental para os produtores rurais. Ao mencionar a Legislação Ambiental necessária para a obtenção do licenciamento por parte dos agricultores ou empreendedores rurais, Maikelli exemplificou as principais etapas para que um empreendimento possa estar apto ao funcionamento, como a obtenção do licenciamento prévio, licença de instalação e a licença de operação, por meio da qual é autorizado o funcionamento do empreendimento dentro da propriedade rural.


Na avaliação do diretor de Ensino do CESURG, Eduardo Toledo Martins, esclarecimentos a respeito da Legislação Ambiental são imprescindíveis dada a complexidade desta legislação no Brasil. “É fundamental termos o auxílio de um profissional capacitado para a tomada de decisão nas propriedades rurais”, acrescenta Martins.



Imprensa Cesurg




Legislacao Ambiental um dos desafios dos agricultores e empreendedores rurais Legislacao Ambiental um dos desafios dos agricultores e empreendedores rurais



O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.