menu
Notícias / Esportes

MMA no RS: Entenda o sucesso

MMA no RS: Entenda o sucesso

Data de publicação: 21 de maio de 2019
Hora: 10:59h



 


O estado do RS tem um grande número de seguidores de artes marciais mistas, com centenas de academias espalhadas por todo o seu território e milhares de atletas seguindo os passos dos gigantes do esporte, mas de onde vem esse enorme sucesso?



Foto: Unsplash.com


Um dos maiores expoentes das artes marciais mistas no RS é o lutador Fabrício Werdum, que aos 41 anos já é veterano do esporte. O nativo de Porto Alegre, Vai Cavalo , é faixa-preta de Muay Thai, Judô e Jiu-Jitsu Brasileiro, além de ter sido campeão e contendor em diversas competições internacionais como PRIDE, Strikeforce, Jungle Fight e UFC. Apesar de que, como o site Terra relata, Werdum foi nocauteado pelo russo Alexander Volkov em março de 2018, e não retorna aos octógonos desde então, o lutador do RS ainda está ativo nos treinamentos e continua a ser uma fonte de inspiração para os atletas da região.


Outro dos atletas de destaque do RS, é o Palmeirense Cícero Leopoldo da Silva, que além de ser professor, treinador e competidor, já representou o Brasil num mundial de artes marciais. Além de conquistas pessoais, o estado de RS se destaca também no coletivo, a partir da organização bem-sucedida de eventos esportivos no mundo do MMA. Uma das mais bem-sucedidas é a Copa Sarandi de Jiu Jitsu, que é organizada periodicamente e recebe a participação de um número constantemente crescente de atletas de cerca de vinte cidades da região. Além da organização desse tipo de torneio, o RS também recebeu a visita de shows internacionais de luta. Um exemplo disso foi o evento chamado Collision Fight 9, que aconteceu em Ronda Alta e contou com a participação de atletas profissionais de Boxe, Muay Thai, Jiu Jitsu e MMA.


As oportunidades para os brasileiros em 2019


Como mostra o site Veja, muitos brasileiros sonham com cinturões de campeonatos em organizações como o UFC em 2019, e aponta aos atletas que têm as melhores chances de consagrar este ano. Entre eles, destaca-se a campeã Amanda Nunes, que enfrentará Holly Holm no dia 6 de julho no evento UFC 239, e é a atleta brasileira à qual, o site de apostas esportivas Betway tem como favorita, com 78,1% de possibilidades a seu favor, em 10 de maio. Deve-se notar que a Leoa tornou-se o centro das atenções do mundo feminino de artes marciais mistas, a partir de que ela nocauteasse sua compatriota Cris Cyborg em apenas 51 segundos de combate em dezembro passado, indo contra todas as previsões que eles estavam contra ela. A partir desta grande vitória, a atual campeã peso-galo e peso-pena do UFC está liderando as indicações ao Oscar do MMA, como mostra o site de esportes Combate.


O caminho positivo das artes marciais mistas


As artes marciais mistas ven sendo um caminho para o sucesso de centenas de atletas brasileiros há décadas, além do que também ajuda a melhorar a condição física, a saúde mental e coloca os atletas para trás dos passos das lendas do esporte. No contexto empresarial, o MMA também funciona como um grande mercado de desenvolvimento para marcas brasileiras como Venum, que também é indicada ao Oscar do MMA como uma das melhores neste campo. Mencionar artes marciais mistas em qualquer lugar do mundo envolve necessariamente mencionar os atletas brasileiros que ajudaram a criar este esporte, assim como os lutadores da família Gracie, criadores do Jiu Jitsu Brasileiro.


Além deles, lendas do esporte como Anderson Silva a quem destaca o site da UFC, os irmãos Nogueira, Vitor Belfort, José Aldo e Fabrício Werdum, ajudaram a criar as bases do que se tornou um fenômeno no Brasil e RS na atualidade. Devido ao acima exposto, cada vez mais atletas estão optando por seguir o caminho dessas lendas para melhorar suas vidas em múltiplos aspectos de forma definitiva.


O sucesso fenomenal que as artes marciais mistas tiveram no RS, corresponde diretamente aos resultados positivos que essa disciplina esportiva traz à vida de atletas profissionais e amadores, com resultados comprovados em todo o país e um apaixonado acompanhamento internacional. Por causa disso, as artes marciais mistas deixaram de ser um simples esporte, para ser um modo de vida para milhões de pessoas em todo o mundo.





mma 1345403 960 720 copy mma 1345403 960 720 copy



O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.