menu
Notícias / Geral

Almirante Tamandaré do Sul - Almirante Tamandaré do Sul - Novos Conselheiros Tutelares são empossados

Almirante Tamandaré do Sul - Novos Conselheiros Tutelares são empossados

Data de publicação: 15 de janeiro de 2020
Hora: 11:20h



 


No dia 10 de janeiro, na Câmara Municipal de Vereadores, foi realizada a cerimônia de Posse do Conselho Tutelar de Almirante Tamandaré do Sul. A solenidade de posse contou com a presença de autoridades como o Prefeito Municipal Valdeci Gomes da Silva, Presidente do Poder Legislativo, Rosangela Strack, Secretária de Assistência Social e Habitação, Greice Luft,  Presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (COMDICA), Cristiane Maria de Oliveira Pereira.  Prestigiaram também o ato a Secretária de Educação, Cultura, Lazer e Turismo, Beatriz Soares, Secretaria de Saúde, Franciele Dessoy, Secretária da Fazenda, Jacqueline Tres, Vereadores Claudionor Reisdorfer e Ironi Sebben, Assessores Jurídicos dos Poderes Executivo e Legislativo, além dos membros do COMDICA, familiares e munícipes tamandareenses.


 


Tomaram posse cinco Conselheiras eleitas no dia 06 de outubro de 2019,  que vão exercer o mandato de 2020 a 2024, são elas: Debora Grasiele dos Santos; Elizandra Meira, Nair dos Santos Reisdoerfer, Sandra Terezinha Sebben e Sinara Peroza Sarmento.


 



O Conselho Tutelar é um órgão permanente e autônomo, não jurisdicional, encarregado pela sociedade de zelar pelo cumprimento dos direitos da criança e do adolescente. Atua no âmbito do município e tem a função específica  a cada caso de maus tratos, violência sexual, negligência, exploração do trabalho infantil, abandono ou qualquer outra forma de violação dos direitos de crianças e adolescentes.  Suas atribuições estão previstas no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).



 


Renata - AIP




DSCN9653 DSCN9653



O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.