menu
Notícias

Rondinha – Câmara de Vereadores investe em acessibilidade



Data de publicação: 21 de maio de 2021
Hora: 09:50h
Créditos: Joel De Brito
Fonte: DiárioRS



Elevador de acesso ao plenário foi colocado em funcionamento

Ainda no ano de 2011, o Poder Legislativo de Rondinha adquiriu um elevador de acesso ao plenário da referida Casa Legislativa, a fim de atender as leis de acessibilidade e as necessidades dos portadores de deficiência. No entanto, a plataforma elevatória não cumpria com maestria a sua função, visto que, o funcionamento do dispositivo não era adequado ou não funcionava de acordo.

Diante desse imbróglio de vários anos, o atual Presidente da Câmara de Vereadores, Eduardo Zorzi, buscou informações com uma empresa de Passo Fundo para poder de maneira efetiva, colocar em funcionamento esse importante dispositivo de acessibilidade.

Em determinada ocasião eu estava acompanhando uma capacitação no plenário da câmara, instante em que chegou até o local o nosso amigo Marcos Banaletti, que é cadeirante e em virtude disso e do mal funcionamento do elevador, não conseguir acessar o local. Isso mexeu muito comigo, tanto que decidi buscar informações com uma empresa de Passo Fundo para definitivamente colocar em uso esse elevador. Felizmente, num curto espaço de tempo colocamos o elevador em uso, melhorando a acessibilidade do plenário para pessoas com necessidades especiais”, relata o Presidente Eduardo.

Após esse concerto, e com muita alegria, Marcos Banaletti visitou as dependências da câmara de vereadores e utilizou o elevador para acessar o plenário, ocasião em que foi recebido pelo Presidente Eduardo Zorzi.

Estamos felizes com esta ação, que embora simples, é muito importante para nossa população, principalmente para as pessoas que necessitam de dispositivos de acessibilidade, pois além de ser um direito determinado por lei, proporciona a inclusão social, o acesso rápido, seguro e correto a todo cidadão.”, finaliza Eduardo.






O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.