menu
Notícias

Palmeira das Missões - Apicultura e Meliponicultura é foco de seminário



Data de publicação: 8 de julho de 2021
Hora: 08:15h
Créditos: Jornalista Marcela Buzatto
Fonte: Assessoria de Imprensa Emater/RS-Ascar



A partir de uma iniciativa da Emater/RS-Ascar, vinculada à Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), em parceria com a Prefeitura de Palmeira das Missões, Escola Agrícola Celeste Gobbato e a Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), campus de Palmeira das Missões, foi realizada nesta quarta-feira (07/07) a terceira edição do Seminário Regional de Apicultura e Meliponicultura. O evento virtual teve como intuito fomentar e qualificar a atividade na região, trazendo informações e orientações aos produtores rurais, técnicos e lideranças que estão à frente do setor.

 

O Seminário Regional de Apicultura e Meliponicultura foi transmitido simultaneamente pelo Facebook e pelo canal do YouTube da Emater/RS-Ascar (Rio Grande Rural), reunindo mais de 300 participantes.

 

A programação do evento, conduzida pelo extensionista rural da Emater/RS-Asca e coordenador regional de sistemas de produção animal, Valdir Sangaletti, iniciou com a fala do médico veterinário e fiscal estadual agropecuário (FEA) da Seapdr, Gustavo Nogueira Diehl, que destacou as obrigações do apicultor e meliponicultor, fazendo referência às práticas de sanidade e manejo que devem ser observadas pelos produtores.

 

Falando sobre o sistema de inspeção do mel, o convidado foi o extensionista rural da Emater/RS-Ascar de Lajeado, Alano Tiago Tonin, que trouxe ao debate informações sobre o processo de implantação de agroindústrias e entrepostos de mel. No bloco seguinte, com foco na meliponicultura, o corpo docente da UFSM explanou sobre o trabalho desenvolvido na universidade que se chama “Meliponicultura: uma alternativa de geração de renda para produtores rurais”. Seguindo na mesma linha, a Emater/RS-Ascar e Creluz apresentaram um material sobre o projeto do Meliponário desenvolvido no Horto Florestal da Creluz, em Pinhal.

 

Para fechar o tema da meliponicultura, um diagnóstico com informações e dados da região e também do Estado foi apresentado pela médica veterinária e pesquisadora do Departamento de Diagnóstico e Pesquisa Agropecuária da Seapdr (DDPA), Larissa Bueno Ambrosini. O diagnóstico foi uma prática realizada em parceria pelo DDPA e Emater/RS-Ascar. A prévia dos dados coletados mostrou o cenário da meliponicultura no RS e os perfis dos produtores envolvidos com a atividade.

 

Para finalizar o debate, explanando sobre a comercialização de mel e derivados, o seminário contou com a participação do consultor Luis Ramos, da empresa Dacolor, diretamente do Canadá. A gravação do evento está disponível no canal do YouTube da Emater/RS-Ascar (Rio Grande Rural) e pode ser acessado através do link: cutt.ly/Apicultura.

 

Representando a Emater/RS-Ascar, participaram do evento o presidente da Instituição, Geraldo Sandri, e o gerente regional de Frederico Westphalen, Luciano Schwerz. O seminário contou ainda com a participação do prefeito de Palmeira das Missões, Evandro Luis Massing, do professor da UFSM, Luiz Eduardo Avelar Pucci, e do diretor da Escola Agrícola Celeste Gobbato, Luiz Carlos Cosmam.







O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.