menu
Notícias / Geral

Almirante Tamandaré do Sul - Almirante Tamandaré do Sul - Literatura e Tecnologia: Os mais fascinantes dos vícios - ATS

Almirante Tamandaré do Sul - Literatura e Tecnologia: Os mais fascinantes dos vícios - ATS

Data de publicação: 17 de julho de 2014
Hora: 09:48h



Após um longo período de trabalho, em 2007, com envio de documentação para a Fundação Nacional de Bibliotecas Públicas, iniciando o processo e obtendo resultado no mesmo ano, que em 2008 a Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Lazer (SMEC) recebeu o certificado e os equipamentos que compõem a Biblioteca.  “O objetivo inicial foi de implantar um moderno espaço de aceso a leitura e ao conhecimento, já que nossa Biblioteca possui um acervo rico de publicações de renomados autores”, diz a secretária de Educação, Vera Fetter.


A partir do Programa Federal do Ministério das Comunicações “Inclusão Digital”, que o município recebe, em 2008, mais um instrumento de comunicação e, sobretudo, um alavanca para o crescimento na educação municipal, com a chegada do Telecentro. O município recebe do programa, equipamentos (computadores e mobiliários), ocasião em que o município comprometeu-se em manter o espaço físico com recursos próprios. O objetivo do Telecentro Municipal, segundo o próprio Ministério das Comunicações é o desenvolvimento social e econômico das comunidades, reduzindo a exclusão social e criando oportunidades de inclusão digital dos cidadãos.


Em 2013, assumindo a nova administração, foi constada a precariedade tanto dos computadores como do prédio do Telecentro Municipal, a partir daí e com ordem do Ministério das Telecomunicações foi recolhido todo o material e guardado junto a Secretaria. Após o conserto de alguns dos computadores foi decidido que o Telecentro seria junto à Biblioteca Pública, por questões econômicas. Segundo Vera Fetter é importante ressaltar que todas as escolas municipais possuem sala de informática e que o Telecentro é apenas uma opção alternativa para uso de alunos e comunidade em geral.


Além das dificuldades enfrentadas com o Telecentro Municipal em fevereiro deste ano, devido a uma tempestade, a Biblioteca Municipal teve parte de sua estrutura destruída, tendo vidros quebrados e as cortinas e partes dos livros danificados. “Armazenamos o material que restou em uma sala ao lado, e logo iniciamos o processo de reconstrução da mesma. Colocamos cortinas, prateleiras, livros, placas, computadores e juntamos a Biblioteca com o Telecentro”, conta Vera.


Hoje trabalham na biblioteca uma funcionária, Gislaine Marmitt, que está sendo auxiliada pela professora Solange Toso da rede municipal de ensino, para ordenar os livros por assunto, segundo Vera um processo lento e criterioso. “Temos como objetivo a aquisição de novos exemplares infantis e literaturapara o uso nas escolas assim como pela população em geral, isto no segundo semestre”, diz.


A Biblioteca juntamente com o Telecentro proporciona serviços e atividade pensando na construção de um espaço cultural, educativo, agradável e atrativo, oportunizando a busca do conhecimento e do lazer para alunos e cidadãos. Além do empréstimo de livros e o acesso a internet para a comunidade em geral, ainda disponibiliza de projetos como A Leitura na Construção do Saber e Sacola Literária, realização da Hora do Conto com cenário e personagens e sessão de filmes educativos.


A secretária da Educação ainda salienta do objetivo cultural da Biblioteca e do Telecentro. “Precisamos de um espaço cultural que abrigará todos os itens que comportam as necessidades dos tamandareenses. Embora os recursos tecnológicos sejam inúmeros e rápidos ao acesso de todos, nada substitui o velho e bom livro”, conclui a Secretária Municipal de Educação, Vera Fetter.



Por Daiandy Reisdorfer/Assessoria de Imprensa


DiárioRS


CLIQUE AQUIcurta a Fan Page do site e fique por dentro das notícias da região.




131 131



O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.