Cresol Sarandi
Cesurg Sarandi
Follow - Liv - G8 Pub
Grossi Combustiveis
  • Follow - Liv - G8 Pub
  • Cresol Sarandi
  • Cesurg Sarandi
  • Grossi Combustiveis
  • Casarotto Imóveis
  • Gostinho Della
  • Drággon Artigos Esportivos
  • X & Cia
  • ZF Colchões Bio Magistral
  • Clínica Estética Vitallitá
  • Teloken Engenharia LTDA
  • Restaurante 4 Ases
  • Nina Comunicação Visual
  • Cotrisal
  • Sicredi
  • Farmácia Nossa Senhora de Fátima
  • Laboratório Sarandi
  • Rômulo De Cezaro
  • Signomar Comércio de Bebidas
  • Taura Auto Peças
  • Milani Corretora de Seguros
  • Rembecker Estruturas Metálicas
  • Barbearia 84
  • Bortoluzzi Odontologia
  • VS Gráfica Expressa
  • Home
  • Cidades
  • Carazinho

Siga nossa página

Carazinho - Município começa a debater implantação de Escola Cívico-Militar

 

O município de Carazinho poderá implantar uma Escola Cívico-Militar. A sugestão é do vereador Ivomar de Andrade (Tomate) que indicou ao Executivo Municipal a realização de um estudo para que município integre o programa que está sendo proposto pelo Ministério da Educação (MEC).

O vereador defende que o modelo de instituição trabalha com o resgate da cidadania e o culto dos valores sociais, sem interferir no processo pedagógico e de ensino adotado pelas escolas, o que contribuiria, significantemente, com o sistema de ensino municipal. Segundo ele, a instituição poderia atender mais de 400 crianças em turno inverso o que é extremamente benéfico para a sociedade carazinhense, já que estas poderiam participar de diversas atividades educativas, esportivas e de formação de cidadão.

O vereador já se reuniu com o deputado Estadual Tenente Coronel Luciano Zucco, que está propondo a implantação do modelo no RS. Ele convidou Zucco para visitar Carazinho e se reunir com as lideranças locais para defender a proposta. O modelo já divide opiniões, sendo que alguns vereadores carazinhenses, já demonstraram seu posicionamento contrário. Como é uma indicação do vereador cabe ao Executivo analisar a proposta e discutir a viabilidade da implementação.

 

Escolas Cívico-Militares

No início do ano, governo federal assinou o decreto nº 9.465 aprovando uma nova estrutura organizacional do MEC e criando a Subsecretaria de Fomento às Escolas Cívico-Militares (Secim). O objetivo desta é o de implementar e fortalecer, junto às redes de ensino públicas, novos modelos de gestão de alto nível. Diferente dos Colégios Militares, o modelo cívico-militar busca fazer uma gestão compartilhada entre a Secretaria de Educação e a de Segurança Pública. Segundo o MEC, a ideia é implantar 108 unidades em todos os Estados até 2023, sendo que há alguns requisitos para aderir, como por exemplo, baixo desempenho no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) e localização em áreas de alta vulnerabilidade social. O Rio Grande do Sul já manifestou interesse em receber o projeto, tanto que recebeu a informação do subsecretário de Políticas para Escolas Cívico-Militares do MEC, coronel Aroldo Cursino, a intensão de instalar pelo menos duas escolas piloto já em 2020 no Estado.

colegios militares

Daniela de OIiveira

Jornalista – MTB 13.148

Ascom Câmara Municipal

CLIQUE AQUI, curta a Fan Page do site e fique informado sobre as notícias da região.

O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

  • Eficaz
  • Confecções Helenice
  • Drago Restaurante e Pizzaria
  • Lancheria Grenal do Tainha
  • Estação Fitness
  • Revista Spelho
  • Vimesq
  • SCT Construtora e Incorporadora LTDA