Grossi Combustiveis
Cesurg Sarandi
Chini Centro Auditivo
Cresol Sarandi
  • Cesurg Sarandi
  • Cresol Sarandi
  • Chini Centro Auditivo
  • Grossi Combustiveis
  • Consórcio Sarandi
  • Cotrisal
  • Milani Corretora de Seguros
  • Laboratório Sarandi
  • Casarotto Imóveis
  • Taura Auto Peças
  • Gostinho Della
  • Teloken Engenharia LTDA
  • Master Informática
  • Drággon Artigos Esportivos
  • VS Gráfica Expressa
  • PróVida
  • Rembecker Estruturas Metálicas
  • Dec´s
  • Barbearia 84
  • X & Cia
  • Fornari Advogados Associados
  • Signomar Comércio de Bebidas
  • Clínica Estética Vitallitá
  • Farmácia Nossa Senhora de Fátima

Palmeira das Missões - Feira do Peixe comercializa mais de 6 toneladas

unnamed 5 copiar

Após o feriado da Páscoa os piscicultores de Palmeira das Missões comemoram a excelente comercialização de peixes durante a Feira do Peixe 2015, viabilizada pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Agricultura e apoio da Emater/Ascar-RS. Neste ano foram vendidos 6,3 toneladas de peixes como carpas capim, cabeçuda, húngara e espelhada, traíra, jundiá e filé de tilápia.

De acordo com o secretário de Agricultura, Lúcio Borges, o comércio de peixe vem crescendo a cada ano durante a Feira do Peixe. “Em 2013 foram vendidas 4,2 toneladas e neste ano já observamos um considerado aumento. O número de produtores participantes também aumentou. Neste ano melhoramos a estrutura da Feira, que ocorre sempre no Parque de Exposições, com a participação de cinco feirantes”, salientou ele. 

Um dos precursores da piscicultura em Palmeira das Missões e também da Feira do Peixe, o produtor Leonides Batista Cavalheiro, observou que o mercado do peixe no Rio Grande do Sul está sendo explorado cada vez mais. “O gaúcho seguia a tradição de consumir peixe apenas na sexta-feira Santa, mas há cinco anos estamos percebendo uma mudança nos hábitos e significativo aumento nas vendas”, afirmou o produtor.

A piscicultura vem sendo estimulada pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Agricultura, com diversas ações, como a venda de alevinos a baixo custo, abertura e reformas em açudes, além da própria Feira. Leonides salientou a importância desta diversificação de culturas para complementar a renda da propriedade familiar. “Há 23 anos iniciei com a piscicultura e hoje abandonei a lavoura para me dedicar somente a isto”.

Contudo, a produção de peixes exige cuidados especiais. Leonides explicou que são três anos de produção, da alevinagem até atingir o peso ideal. “É um processo lento, de alto custo e mão de obra intensa”, comentou ele, acrescentando que para a comercialização os peixes são retirados dos açudes 20 dias antes, colocados em tanques fechados para a depuração, para então serem trazidos para a Feira, devidamente inspecionados.

A abertura oficial da Feira do Peixe foi realizada na quarta-feira (1°), com a presença de autoridades, parceiros, produtores rurais e consumidores. Na ocasião, a Secretaria realizou a entrega de mais uma carga de alevinos aos piscicultores. Lúcio Borges lembrou que ficou definido que em aproximadamente 90 dias será realizada mais uma Feira do Peixe, seguida de mais uma edição até o final do ano, incentivando o consumo e a produção. 

Fotos: Priscila Devens/AI

DiárioRS

CLIQUE AQUI, curta a Fan Page do site e  fique informado sobre as notícias da região.whats rodape


CLIQUE AQUI, curta a Fan Page do site e fique informado sobre as notícias da região.

O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

  • Drago Restaurante e Pizzaria
  • SCT Construtora e Incorporadora LTDA
  • Eficaz
  • Estação Fitness
  • Confecções Helenice
  • Revista Spelho