Follow - Liv - G8 Pub
Cresol Sarandi
Cesurg Sarandi
Grossi Combustiveis
  • Cresol Sarandi
  • Follow - Liv - G8 Pub
  • Cesurg Sarandi
  • Grossi Combustiveis
  • Rembecker Estruturas Metálicas
  • Restaurante 4 Ases
  • Cotrisal
  • X & Cia
  • Barbearia 84
  • Clínica Estética Vitallitá
  • VS Gráfica Expressa
  • Milani Corretora de Seguros
  • Teloken Engenharia LTDA
  • Nina Comunicação Visual
  • Laboratório Sarandi
  • Rômulo De Cezaro
  • Taura Auto Peças
  • ZF Colchões Bio Magistral
  • Signomar Comércio de Bebidas
  • Drággon Artigos Esportivos
  • Sicredi
  • Bortoluzzi Odontologia
  • Gostinho Della
  • Farmácia Nossa Senhora de Fátima
  • Casarotto Imóveis
  • Home
  • Cidades
  • Rondinha
  • Rondinha – Município está entre os 14 % dos municipios brasileiros com melhor gestão fiscal do país

Rondinha – Município está entre os 14 % dos municipios brasileiros com melhor gestão fiscal do país

A avaliação da economia dos estados e municípios é uma preocupação constante dos segmentos empresariais, por meio de suas entidades representativas, para dispor de dados e saber os melhores momentos e locais para investimentos, bem como, contribuir para melhoria das gestões na aplicação dos recursos públicos.

Um dos instrumentos avaliadores é o Índice Firjan (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro) de Gestão Fiscal (IFGF), e que tem como objetivos estimular a cultura da responsabilidade administrativa por meio de indicadores que possibilitem o aperfeiçoamento das decisões quanto aos investimentos públicos, bem como, maior controle social da gestão fiscal dos municípios.

O IFGF é um instrumento com credibilidade, pois trabalha com números oficiais disponibilizados pela Secretaria do Tesouro Nacional. Hoje o Brasil tem 5.570 municípios e são esses números que mostram que Rondinha está entre os 14% dos municípios brasileiros melhores colocados do país na Gestão Fiscal (Ranking nacional ocupa posição nº 725 e Estadual 138º posição com IFGF de 0.6109.(Base ano 2013).

O IFGF varia entre 0 e 1, quanto maior, melhor é a gestão fiscal do município. Cada município é classificado com conceitos A (Gestão de Excelência, acima de 0,8001 pontos), B (Boa Gestão, entre 0,6001 e 0,8), C (Gestão em Dificuldade, entre 0,4001 e 0,6) ou D (Gestão Crítica, inferiores a 0,4 pontos). E o índice trabalha com cinco quesitos, a saber: IFGF Receita Própria, referente à capacidade de arrecadação de cada município: IFGF Gasto com Pessoal, que representa quanto os municípios gastam com pagamento de pessoal, medindo o grau de rigidez do orçamento; IFGF Liquidez, responsável por verificar a relação entre o total de restos a pagar acumulados no ano e os ativos financeiros disponíveis para cobri-los no exercício seguinte; IFGF investimentos, que acompanha o total de investimentos em relação à receita líquida, e, por último, o IFGF Custo da Dívida, que avalia o comprometimento do orçamento com o pagamento de juros e amortizações de empréstimos contraídos em exercícios anteriores.

No quesito Liquidez Rondinha alcançou a pontuação máxima de 1 ponto; No IFGF custo da dívida, alcançou a pontuação próxima a máxima de um ponto,(0.9646), no IFGF Investimentos alcançou a pontuação de 0.6123 pontos, no IFGF Gasto com Pessoal, com 0,4965 pontos, e IFGF Receita Própria, com 0.1777.

O Prefeito de Rondinha, Ezequiel Pasquetti, declarou que esses números demonstram que a administração municipal está no caminho certo, da boa gestão e seriedade com o dinheiro público, gastando de forma consciente, sem ultrapassar os limites constitucionais.

Pasquetti destacou que Rondinha alcança esse conceito, de gestão eficaz e está entre os 14% das melhores gestões dos municípios brasileiros. Segundo ele, cada real apurado tem que ser gasto com eficiência para que haja retorno. Esse retorno, reconhece, muitas vezes não aparece de forma imediata; o resultado do esforço que se faz hoje só vai aparecer amanhã; assim, o resultado de um ano de trabalho, de uma gestão ou de uma década só vai aparecer posteriormente.

Ezequiel lembrou que embora o orçamento municipal seja ‘’apertado’’, faz questão de repartir esse resultado positivo com todos os integrantes da administração pública e principalmente com todos os rondinhenses; lembrou que o município avança à passos firmes, citando que está em construção a nova escola municipal, novos trechos asfálticos, investimento e apoio aos produtores na expansão da produção suinícola e leiteira, a equipe da secretaria de obras através a patrulha agrícola apoiando produtores rurais e urbanos com maquinários novos e modernos que possibilitam a recuperação de estradas gerais e vicinais, aquisição recente de novas máquinas, além de automóveis, entre outros.

O prefeito, porém, ressaltou que não é fácil conduzir um município, como mostram os dados da IFGF, declarou que o município tem o índice de dívida praticamente zerada, a folha de pagamento em dia e superávit fiscal enquanto a tentação da política populista é tentadora. ‘’Agradar eleitoralmente é fácil, porém, estamos administrando esse município com organização, planejamento, responsabilidade e muito trabalho coletivo, estamos fazendo nossa parte em parceria com entidades e a própria comunidade para o bem de todos, pois, continuaremos morando aqui depois de deixar a prefeitura, afirmou Pasquetti.

unnamed 6

Pasquetti compartilhou a boa notícia com vice Valter e a comunidade. 

CLIQUE AQUI, curta a Fan Page do site e  fique informado sobre as notícias da região.rodape diario
CLIQUE AQUI, curta a Fan Page do site e fique informado sobre as notícias da região.

O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

  • Estação Fitness
  • Revista Spelho
  • Vimesq
  • Eficaz
  • Confecções Helenice
  • Drago Restaurante e Pizzaria
  • Lancheria Grenal do Tainha
  • SCT Construtora e Incorporadora LTDA