Follow - Liv - G8 Pub
Cesurg Sarandi
Grossi Combustiveis
Cresol Sarandi
  • Follow - Liv - G8 Pub
  • Grossi Combustiveis
  • Cresol Sarandi
  • Cesurg Sarandi
  • ZF Colchões Bio Magistral
  • X & Cia
  • Barbearia 84
  • Rômulo De Cezaro
  • Laboratório Sarandi
  • Drággon Artigos Esportivos
  • Cotrisal
  • Spyder
  • Stamp Personalizados
  • Teloken Engenharia LTDA
  • Gostinho Della
  • Clínica Estética Vitallitá
  • Milani Corretora de Seguros
  • Sicredi
  • Farmácia Nossa Senhora de Fátima
  • Signomar Comércio de Bebidas
  • Restaurante 4 Ases
  • Casarotto Imóveis
  • Taura Auto Peças
  • VS Gráfica Expressa
  • Rembecker Estruturas Metálicas
  • Nina Comunicação Visual
  • Bortoluzzi Odontologia
  • Home
  • Cidades
  • Sarandi
  • Núcleo de Apoio Contábil e Fiscal da UPF Campus Sarandi informa:

Siga nossa página

Núcleo de Apoio Contábil e Fiscal da UPF Campus Sarandi informa:

Micro e pequenas empresas terão cinco anos para pagar dívidas de ICMS

As micro e pequenas empresas gaúchas, enquadradas no Simples Nacional e que deixaram de recolher o diferencial de alíquota (Difa) nas compras interestaduais nos últimos anos, terão prazo de até cinco anos para regularizar a situação junto à Receita Estadual. A medida, anunciada na sexta-feira, 10/07, pelo secretário da Fazenda, beneficiará boa parte das 265 mil MPEs que não recolheram o ICMS correspondente ao chamado Imposto de Fronteira.

Apenas em 2014, a inadimplência do setor chegou a R$ 42 milhões. Esta é a diferença entre o total de R$ 280 milhões de operações declaradas pelas micro e pequenas empresas ao longo do ano passado e a efetiva arrecadação da Difa, de R$ 238 milhões.

A medida contempla o imposto que deixou de ser recolhido entre janeiro de 2012 até o final do ano passado.

A nova modalidade de parcelamento será disponibilizada através de instrução normativa da Receita Estadual, que será publicada na próxima semana. A partir da publicação, a adesão ao novo prazo, de até 60 parcelas e valor mínimo de R$ 100,00 por mês, estará disponível na internet.

Isenção para 70% das MPEs enquadradas no Simples Gaúcho

A Receita Estadual apresentou um estudo comparativo do tratamento que as micro e pequenas empresas recebem através do Simples Gaúcho em relação a Santa Catarina e Paraná. "Aproximadamente 70% das micro e pequenas empresas gaúchas estão concentradas na faixa de isenção do ICMS aqui no Estado", destacou Wunderlich. Através deste levantamento foi possível verificar que Santa Catarina, que se vale da legislação federal sobre as MPEs, arrecada o dobro em termos per capita na comparação com o RS. Santa Catarina não utiliza nenhuma faixa de isenção para o setor.

No RS, as MPEs responderam por cerca de 4% da arrecadação de ICMS no ano passado, com um total de R$ 898,4 milhões. Deste total, a diferença entre as alíquotas praticadas nas operações interestaduais e dentro do Estado, que eleva em 5% o ICMS para produtos de fora do RS, correspondeu a R$ 237,9 milhões de recolhimento no mesmo período.

Em vigor desde 2009, a Difa foi instituída com a finalidade de preservar a produção similar das indústrias gaúchas. 

Fonte: https://www.sefaz.rs.gov.br 

NAF

Por Elizete Rigo

 

CLIQUE AQUI, curta a Fan Page do site e  fique informado sobre as notícias da região.rodape diario
CLIQUE AQUI, curta a Fan Page do site e fique informado sobre as notícias da região.

O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

  • Vimesq
  • Confecções Helenice
  • SCT Construtora e Incorporadora LTDA
  • Drago Restaurante e Pizzaria
  • Eficaz
  • Revista Spelho
  • Estação Fitness