Cesurg Sarandi
Grossi Combustiveis
Cresol Sarandi
Follow - Liv - G8 Pub
  • Grossi Combustiveis
  • Cesurg Sarandi
  • Cresol Sarandi
  • Follow - Liv - G8 Pub
  • Stamp Personalizados
  • VS Gráfica Expressa
  • Laboratório Sarandi
  • Bortoluzzi Odontologia
  • Restaurante 4 Ases
  • Cotrisal
  • Signomar Comércio de Bebidas
  • Drággon Artigos Esportivos
  • Rômulo De Cezaro
  • ZF Colchões Bio Magistral
  • Sicredi
  • Teloken Engenharia LTDA
  • Taura Auto Peças
  • X & Cia
  • Clínica Estética Vitallitá
  • Spyder
  • Barbearia 84
  • Casarotto Imóveis
  • Nina Comunicação Visual
  • Rembecker Estruturas Metálicas
  • Milani Corretora de Seguros
  • Gostinho Della
  • Farmácia Nossa Senhora de Fátima
  • Home
  • Cidades
  • Sarandi
  • Sarandi - Ocorrências atendidas pela Brigada Militar no período de 5 a 11 de janeiro

Siga nossa página

Sarandi - Ocorrências atendidas pela Brigada Militar no período de 5 a 11 de janeiro

 

A patrulha da Brigada Militar foi solicitada a comparecer na Rua Júlio Mailhos, Centro, a fim de atender um acidente de veículo com danos materiais, envolvendo o veículo GM/ Celta de placas EMJ 1208, bem como o veículo GM/Corsa de placas IKO 1087.

A patrulha da Brigada Militar foi informada por uma vítima, que havia sido ameaçada por seu ex-companheiro; o registro foi efetuado na polícia civil.

A patrulha da Brigada Militar durante patrulhamento de rotina, abordou o veículo VW/ Gol de placas IME 3224, sendo que seus ocupantes foram revistados e identificados, sendo quatro oriundos de Porto Alegre e um da cidade de Nonoai; como nada de anormal ou ilegal foi encontrado com os indivíduos e com o veículo, foram liberados em seguida.

Compareceu no quartel da Brigada Militar uma mulher, queixando-se de ter sido vítima de ameaças por parte de um primo de seu esposo; a mesma efetuou o registro na polícia civil.

A patrulha da Brigada Militar foi solicitada a comparecer na Avenida Expedicionário, Centro, a fim de atender um acidente de veículo com lesões corporais, envolvendo o veículo VW/ Santana CL de placas IBG 0343, bem como a motocicleta Kasinski/6F 125  de placa IMP 4876; foi constatado que o condutor do Santana estava com sua cnh vencida há mais de 30 dias, sendo confeccionados os autos de infrações correspondentes.

A patrulha da Brigada Militar compareceu em uma residência na Rua Santa Lúcia, Santa Catarina; onde o proprietário informou que moradores haviam flagrado dois homens na área da casa os quais fugiram em seguida, abandonando diversos objetos; foram apreendidos 01 fritadeira elétrica sem marca, 01 garrafa térmica de cor verde, 01 mochila escolar de cor preta. 01 celular marca Blu de cor preta e 02 sacolas com diversas peças de roupas masculinas e femininas; o registro da ocorrência e o material foram encaminhados à polícia civil.

A patrulha da Brigada Militar deslocou até uma residência na Rua Padre Pedro Rigo, Vicentinos, onde havia dois homens em desavenças devido o pagamento do aluguel de uma casa; as partes foram devidamente orientadas a procurarem seus direitos na área cível.

A patrulha da Brigada Militar esteve em uma residência na Rua Santa Lúcia, Santa Catarina, onde o proprietário foi ameaçado, injuriado e caluniado por uma prima; o registro foi encaminhado à polícia civil para os procedimentos legais necessários.

A patrulha da Brigada Militar foi solicitada a comparecer em uma residência na Rua Laurindo Gracioli, Vila Maria, onde foi furtado 01 maquita marca Bosch, 02 extensões de 10m com tomada tripla, 01 disco para madeira; 01 disco para cerâmica, 01 alicate de regulagem marca Seodho, 01 marreta de quilo com cabo preto e acabamento em fibra, 01 jato de média pressão, 02 alicates normais, 01 torques, 01 chave combinada modelo eimeça, 01 chave de boca; o registro foi encaminhado à polícia civil para os procedimentos investigatórios necessários.

A patrulha da Brigada Militar compareceu em uma residência no bairro Vicentinos, onde ocorreu um desentendimento entre irmãos; a vítima ficou de decidir posteriormente se efetuaria o registro na polícia civil.

Veículos autuados no período:

-          VW/ Santana CL de placas IBG 0343: pelo condutor estar com sua carteira de habilitação vencida há mais de 30 dias; bem como ao proprietário do veículo, por permitir que pessoa que esteja com sua cnh vencida, conduza veículo em via pública.

-          Audi/ A3 de placas DCX 0091: por utilizar-se do veículo, para exibir manobra perigosa em via pública; bem como por desobedecer às ordens emanadas das autoridades.

-          Honda/ CG 125 Titan de placa ILK7475: pela motocicleta encontrar-se sem o silenciador do cano de descarga; bem como por não possuir os espelhos retrovisores.

A BRIGADA MILITAR ORIENTA:         

Já diz o velho ditado popular: “quando a esmola é demais, o santo desconfia”; devemos sempre em certas ofertas “milagrosas”, termos em mente esta sabedoria popular; ninguém é maluco o suficiente para sair por ai oferecendo dinheiro de graça ou quase de graça.

A arma utilizada pelas pessoas má intencionadas, interessadas em tirar proveito financeiro em detrimento de um prejuízo alheio, é principalmente o poder de convencimento, a efetiva persuasão da vítima.

O estelionatário, como é chamado à pessoa que comete o crime do artigo 171 do Código Penal, em sua ânsia de tirar proveito enganando suas vítimas, usa de sua imaginação para aplicar “golpes” já conhecidos e muito divulgados quanto a sua prevenção.

Mas porque então que as pessoas mesmo tendo conhecimento, acabam por sendo mais uma vítima do criminoso? Um dos fatores que muito influencia em tornar a pessoa mais uma vítima é o sentimento pessoal de ganhar algum dinheiro ou bem patrimonial de forma fácil; outro fator são as técnicas utilizadas pelos estelionatários, as quais são sempre aperfeiçoadas.

Para auxiliar as pessoas a agirem de forma preventiva e não serem vítimas de golpistas, citamos algumas dicas, em alguns golpes conhecidos:

BILHETE PREMIADO: Caso apareça alguém com um bilhete de loteria premiado, desconfie. É um golpe; o golpista diz que está precisando de dinheiro de maneira rápida, e, com a ajuda de outras pessoas (também estelionatários), enganam a vítima, que por sua vez dá uma quantia em dinheiro e fica com o suposto bilhete, que de premiado não tem nada.

  TORPEDO PREMIADO: A vítima recebe mensagens de celular informando que ganhou um prêmio. Ela entra em contato com o número e acaba colocando crédito para algum número de celular ou mesmo depositando dinheiro em determinada conta. Os estelionatários também utilizam nomes de programas de televisão para enganar as vítimas.

   FALSO SEQUESTRO: A vítima recebe uma ligação; do outro lado da linha alguém diz que está em poder de seu filho e exige dinheiro para libertá-lo. A pessoa não pode se apavorar, devendo fazer contato com a suposta vítima do sequestro. Outra dica: peça para o “sequestrador” perguntar ao “sequestrado” algo que só ele saiba, como o nome do seu cachorro, o número do seu celular, time de futebol preferido.
                 

CARRO QUEBRADO: O estelionatário se passa por parente ou conhecido da vítima, dizendo que está com o carro quebrado e que precisa de dinheiro para o guincho ou para pagar o mecânico; acreditando que o parente ou conhecido está com dificuldades, a vítima realiza o depósito bancário ou ainda coloca crédito de celular para supostamente realizar contato com a seguradora. 

ENVELOPE VAZIO: Típico golpe realizado em transações comerciais, como na compra e venda de produtos (por exemplo, carros e celulares); o estelionatário faz a compra de determinado produto, realizando o pagamento via depósito em um envelope sem o dinheiro. Ele apresenta o suposto comprovante de pagamento, a vítima entrega o produto, descobrindo mais tarde que sofreu um golpe, pois o envelope estava vazio. Dica para não cair neste golpe: confirme junto à instituição financeira se o valor depositado foi devidamente descontado ou se está bloqueado. Se estiver bloqueado, trata-se de golpe.

CONFIRMAÇÃO DE DADOS: O estelionatário liga para a vítima passando-se por funcionário de determinada empresa, dizendo que precisa que a vítima confirme alguns dados para fins de atualização do sistema; a vítima passa os dados e o estelionatário os utiliza para transações comerciais em nome da vítima. Dica para não cair neste golpe: nunca passe seus dados por telefone.
               

FALSA CASA DA PRAIA: Típico golpe realizado no final de ano; o estelionatário coloca anúncio em algum site, ofertando uma casa para alugar na praia, com fotos e preço atrativo. A vítima entra em contato com o estelionatário, dá uma entrada (sinal) e depois o estelionatário some. Para não cair no golpe, não alugue um imóvel de quem não é profissional na área (corretor de imóveis).

               E lembre-se, em suspeitar de estar sendo sondado por um golpista, entre imediatamente em contato com a Brigada Militar ou com a Policia Civil; tenha em mente que os golpistas não escolhem vítimas por tamanho ou importância da cidade, mas sim pelas características da vítima.

BM13 1 16

-Por Sargento Sandro Jacobi Ferreira

DiárioRS

CLIQUE AQUI, curta a Fan Page do site e  fique informado sobre as notícias da região.

rodape diario novo 05 12 15

CLIQUE AQUI, curta a Fan Page do site e fique informado sobre as notícias da região.

O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

  • Confecções Helenice
  • Vimesq
  • SCT Construtora e Incorporadora LTDA
  • Eficaz
  • Drago Restaurante e Pizzaria
  • Revista Spelho
  • Estação Fitness