Follow - Liv - G8 Pub
Grossi Combustiveis
Cresol Sarandi
Cesurg Sarandi
  • Grossi Combustiveis
  • Cresol Sarandi
  • Cesurg Sarandi
  • Follow - Liv - G8 Pub
  • Nina Comunicação Visual
  • Rômulo De Cezaro
  • Casarotto Imóveis
  • Sicredi
  • Cotrisal
  • VS Gráfica Expressa
  • Bortoluzzi Odontologia
  • ZF Colchões Bio Magistral
  • Signomar Comércio de Bebidas
  • X & Cia
  • Farmácia Nossa Senhora de Fátima
  • Clínica Estética Vitallitá
  • Spyder
  • Stamp Personalizados
  • Barbearia 84
  • Taura Auto Peças
  • Laboratório Sarandi
  • Drággon Artigos Esportivos
  • Teloken Engenharia LTDA
  • Gostinho Della
  • Rembecker Estruturas Metálicas
  • Restaurante 4 Ases
  • Milani Corretora de Seguros
  • Home
  • Cidades
  • Sarandi
  • Sarandi - Piloto de aviação que participou do vôo inaugural no aeroporto do município foi destaque no programa da JCI

Siga nossa página

Sarandi - Piloto de aviação que participou do vôo inaugural no aeroporto do município foi destaque no programa da JCI

 

A JCI Sarandi que há 42 anos apresenta o programa de Rádio na Rádio Sarandi, aos sábados das 8 ás 9 horas,  no dia 14 de janeiro de 2018, esteve conversando com o cidadão Sarandiense João Carlos De Marco que reside a 46 anos na cidade de Porto Velho. Inicialmente o Sr. João conhecido também por Caio, fez um relato de sua vida, informando ser filho de João De Maro e de Arce Macari De Marco (in memorian), com nove anos foi estudar no Seminário em Tapera e com 17 anos passou para o seminário em Erechim, relatou que em Erechim ia na companhia do Padre Carlos Kliper(in memorian) ver os vôos no aeroporto de Erechim, onde foi convidado para fazer aula de pilotagem.

Como não tinha condições financeiras começou a dar aula para seus colegas dentro do projeto Minerva, e conseguia uns trocados para pagar o curso que iniciou no ano de 1967, terminando em  1970 com o tradicional batismo de óleo. Um. Fato curioso, a produção do programa  pediu se ele conhecia na época algum cidadão Sarandiense que já tinha se formado, ou era piloto de avião, ele disse que não sabia e que nascido  com familiares residindo aqui  não tinha conhecimento além dele, ou seja, pode ter sido o primeiro Sarandiense a ser piloto de avião.. No ano de 1972 foi para Porto Velho participar junto com o Exército Brasileiro da abertura da Transamazônica onde atuou por dois anos. Após, como lá iniciou o ciclo dos garimpos de Caceterita, começou a voar nos garimpos levando os garimpeiros para os mesmos e retornando  para Porto Velho  Com a Caceterita.

Um fato muito curioso foi quando perguntado se conhecia o Aeroporto de Sarandi, o Sr. João Carlos disse que era um momento emocionante na sua vida pois lembra muito bem que quem fez o aeroporto, trabalhando como  operador de máquina foi o seu tio Leonildo De Marco((in memorian) que também é seu padrinho e quando da inauguração  por volta de  1958, ele esteve lá  e o Tio Nildo foi convidado a fazer o vôo inaugural ,pois havia trabalhado na construção do aeroporto e o tio o convidou  para ir junto e ele participou do primeiro vôo no colo  do seu padrinho. Lembra que o avião tinha vindo de Carazinho e era do tipo  Paulistinha, seu tio dizia: nossa! como as pessoas e  as casas são pequenas lá em baixo. Também relatou  o grande número de Sarandienses que estiveram  participando da inauguração quando a pista,  claro ainda era de terra  e levantava muita poeira quando a aeronave se locomovia.

Sobre a aviação Caio relatou que após o fim dos garimpos passou a voar para o governo do estado e quando o governo  vendeu as aeronaves resolveu  abrir sua própria Empresa de Táxi Aéreo. Atualmente ainda possui carteira em dia para voar, inclusive jatos, mas está se dedicando  a criação de gado. Sobre como foi se acostumar lá no meio da selva, ele relata que o povo  é muito hospitaleiro e respeita muito o  povo do Sul, eles tem costumes e modos diferentes de ver a vida. Sobre a alimentação disse que se acostumou e hoje  está adaptado aos costumes da região. Perguntado  da emoção em não mais presenciar a obra física do Cine Guarany ao lado da sua casa, ele disse que isso é muito triste. Pois. um povo que não conhece e valoriza suas origens é povo sem cultura.

Os responsáveis pelo patrimônio cultural do município deveriam saber que o Cine Guarany foi a primeira obra cultural da cidade e não foi preservada. A produção pediu sobre ver do outro lado da avenida o Clube Harmonia sendo preservado, disse do sentimento totalmente oposto, de gratidão e respeito ao Sr. Ari Freddo e todos  da diretoria  que ao longo do tempo se esforçaram para  pelo menos manter viva esta Entidade que lhe traz grandes recordações, sendo que jogou como ponteiro direito do Harmonia. Sobre a segurança na aviação, o Sr. João Carlos disse que hoje existem sistemas que tornam a aviação o meio de transporte mais seguro do mundo. No final o Sr. João  Carlos, agradeceu pela oportunidade e disse da emoção em visitar sua terra natal e seus familiares, parabenizando a todos  pelo progresso de Sarandi. O Programa  foi apresentado pelos companheiros Cleomar Zafari  Almeida, ex-presidente da  JCI e por Luiz Fernando Giovanini Senador da JCI agraciado com a Medalha Vitor Bouças.

 

programa da jci do dia 13 de janeiro

 

Fernando Luiz Concatto

 

CLIQUE AQUI, curta a Fan Page do site e fique informado sobre as notícias da região.

O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

  • Estação Fitness
  • SCT Construtora e Incorporadora LTDA
  • Revista Spelho
  • Eficaz
  • Vimesq
  • Confecções Helenice
  • Drago Restaurante e Pizzaria

IMG 20191117 WA0058 500x500