Cesurg Sarandi
Follow - Liv - G8 Pub
Grossi Combustiveis
Cresol Sarandi
  • Follow - Liv - G8 Pub
  • Grossi Combustiveis
  • Cresol Sarandi
  • Cesurg Sarandi
  • Farmácia Nossa Senhora de Fátima
  • Rembecker Estruturas Metálicas
  • Drággon Artigos Esportivos
  • Instituto Vida NOva
  • Restaurante 4 Ases
  • Parada Obrigatória Consultoria e Assessoria de Multas de Trânsito
  • Gostinho Della
  • Taura Auto Peças
  • Milani Corretora de Seguros
  • Laboratório Sarandi
  • VS Gráfica Expressa
  • Clínica Estética Vitallitá
  • X & Cia
  • Signomar Comércio de Bebidas
  • Bortoluzzi Odontologia
  • Rômulo De Cezaro
  • Casarotto Imóveis
  • Barbearia Da Luz
  • Sicredi
  • Fornari Advogados Associados
  • Barbearia 84
  • Cotrisal
  • Teloken Engenharia LTDA
  • Home
  • Cidades
  • Sarandi
  • Símbolo do MST e primeira criança nascida na Fazenda Anonni fala sobre sua vivência em Cuba e formação em medicina.

Siga nossa página

Símbolo do MST e primeira criança nascida na Fazenda Anonni fala sobre sua vivência em Cuba e formação em medicina.

Marcos Tiaraju perdeu a mãe em Sarandi em 87 e formou-se em medicina em Cuba   

Ele é a criança que no colo da mãe tornou-se um símbolo do MST. Marcos Tiaraju Correia da Silva é filho de Roseli e José Correia da Silva, militantes da luta pela terra no Brasil, ela morta em 31 de março de 1987 em Sarando  . Ele viveu em Sarandi e Rondinha por alguns anos até viajara para Cuba. Agora morando no Brasil, no assentamento em Nova Santa Rita, Tiaraju encontrou-se com o repórter Jose Leal em Porto Alegre após conceder a primeira entrevista a Rádio Sarandi na semana anterior depois de ter retornado ao Brasil e seu primeiro contato com a imprensa brasileira. Em entrevista exclusiva á imprensa de Sarandi ele falou sobre o MST e sobre sua via no país de Fidel Castro e projetos para sua nova vida no Brasil agora como médico. O encontro do repórter Jose Leal e Tiaraju aconteceu no gabinete do deputado estadual Edegar Preto em Porto Alegre e após houve uma conversa informal na Praça da Matriz, local onde houveram confrontos marcantes entre o MST e a Brigada Militar na década de 80. Marcos Tiaraju está acompanhado na sua volta ao Brasil por outro filho de sem terra e oriundo da Ronda Alta , Moises Hockmann , hoje assentado em Nova Santa Rita

 GEDC3293

Folha - Em seis anos de convivência em Cuba,  qual a visão que os cubanos
tem do Brasil
?

“Os cubanos tem uma grande paixão pelo Brasil, eles dizem que somos povos irmãos. São tão alegres quanto nós. Eles ficam muito maravilhados com as grandes festas do Brasil, como futebol, com os carnavais, mas ao mesmo tempo criticam que um país tão grande tão rico tenha tanta desigualdade social, com tantas crianças  sem acesso  a escola, tantas pessoas desempregadas, tato problema por tráfico de drogas enquanto uns poucos vivem nadando em milhões. Mas eles acreditam na força e inteligência do nosso povo pra poder mudar toda essa situação e fazer nosso país ser admirado em todos os sentidos , e não mais somente através de carnaval e futebol ou novelas.”

 Folha -    Como médico formado naquele país, qual a diferença entre a medicina
da Cuba com a que é praticada no Brasil?

“Mais que comparar nosso sistema de saúde prefiro somente relatar de modo geral como é em Cuba, assim cada pessoa que estiver lendo pode tirar suas próprias conclusões oque seria mais produtivo Desde o triunfo da Revolução de 1959, o desenvolvimento da medicina tem sido a grande prioridade do governo cubano, o que transformou a ilha do Caribe em uma referência mundial neste campo. Atualmente, Cuba é o país que concentra o maior número de médicos por habitante. Com uma relação de um médico para 148 habitantes (67,2 médicos para 10 mil habitantes ou 78.622, no total), segundo a Organização Mundial da Saúde, Cuba é a nação mais bem dotada neste setor. O país dispõe de 161 hospitais e 452 clínicas. 
Esse investimento no campo da saúde (10% do orçamento nacional) permitiu que Cuba alcançasse resultados excepcionais. Graças à sua medicina preventiva, a ilha do Caribe tem a taxa de mortalidade infantil mais baixa da América e do Terceiro Mundo – 4,9 por mil (contra 60 por mil em 1959) – inferior a do Canadá e dos Estados Unidos. Da mesma forma, a expectativa de vida dos cubanos – 78,8 anos (contra 60 anos em 1959) – é comparável a das nações mais desenvolvidas .
Em cuba a saúde é totalmente gratuita, em todos os níveis de atenção, tendo seus gastos custeados pelo estado. A medicina lá no nível de atenção primário é uma prioridade, com isso praticamente 80 % das doenças são curadas na própria comunidade, sem as pessoas  precisarem ir ao hospital. Isso é possível graças a que cada comunidade dispõe de um consultório médico. Logo ,se a maioria dos problemas são resolvidos no nível primário, não existem intermináveis filas nos hospitais de médio e grande parte, pois o doente só vai pro hospital caso siga com o problema, mas quem o referencia pro hospital é seu médico de família ,com isso existe uma boa organização de fluxo dos pacientes, oque permite ao sistema não viver tão afogado com enorme quantidade de pacientes. Mas a função desses consultórios não é simplesmente esperar a que cheguem doentes na sua porta. Existe um forte trabalho de promoção de saúde e prevenção de doenças.

 Folha.   A imagem de Cuba no restante do mundo é de um pais sucateado e
opressor. Essa imagem corresponde á realidade?

O que acontece, a transmissão de informação sobre cuba pelos grandes meios de comunicação é sempre muito distorcido e sem explicar o contexto, então vai se criando na mente da nossa população a idéia de atraso e de opressão.

 Na verdade Cuba é sim  um país materialmente pobre, mas as crianças cubanas não morrem de fome  ou ficam fora da escola, os jovens tem acesso gratuito a universidade, pra estudarem o que bem quiserem os camponeses tem acesso a terra ou seja se analisarmos somente do ponto de vista material cuba tem muitas dificuldades sim, mas não penso que o desenvolvimento de um  país deva ser determinado pelo numero de carros novos que tem andando na s ruas ,parâmetro utilizado pra difamar cuba atualmente. O verdadeiro desenvolvimento, de uma sociedade deve ser medido pela capacidade que essa sociedade tem de se reproduzir em condições adequadas. Enquanto dizem por ai que cuba é atrasada, os cubanos seguem sendo potencia no esporte ,onde sempre tem resultados que se assemelham aos países de primeiro mundo. Tambêm na medicina Cuba é  uma potencia mundial, com índices de mortalidade infantil e materna baixíssimos, desenvolvido  de inúmeras vacinas e medicamentos  com alta efetividade e é assim que tem uma população muito rica em conhecimentos, com uma cultura muito vasta


Folha  O socialismo, ou comunismo, foi aos poucos  sendo trocado por outros
regimes no leste europeu. Como  o socialismo resiste em Cuba?

Cuba resiste porque simplesmente descobriu que a força das armas pode menos que  a força das idéias! Ao longo desses anos o governo cubano desenvolveu um sistema que conseguisse responder a todas as necessidades dos cubanos, e  ainda que de forma limitada vem conseguindo fazer isso, digo llimitada, porque Cuba é um país pobre que sofre com as agressões de um embargo econômico imposto pelos Estados Unidos a muitos anos e que faz o país ter muitas dificuldades materiais, acesso a tecnologia, medicamentos materiais de construção, transporte e etc. Mas mesmo assim Cuba nunca fechou um hospital uma escola, nunca deixou ninguém morando debaixo de uma ponte ou morrer de fome. Cuba também compreendeu que não bastava simplesmente lutar por melhorias em para os cubanos, era necessário ajudar os demais pobres do mundo. Repartindo o que tem   e não somente o que sobra Cuba nos demonstra a verdadeira solidariedade e é assim de forma humana que cuba vem resistindo por tantos e tantos anos sendo exemplo de dignidade pra todos nós.  


Folha-Comenta-se que com a morte de Fidel Castro o regime atual
desapareceria. Qual sua opinião?

Cuba vem sofrendo transformações, desde o mesmo dia do triunfo da revolução em 59.Pois o próprio Fidel disse num de seus discursos, que revolução é mudar tudo aquilo que deve ser mudado! E essas transformações sempre ocorrem no sentido de aperfeiçoar o sistema ,traduzindo melhores condições de vida pra população. Nesse momento Cuba já vem realizando importantes mudanças na sua politica e econômica, pois o conjunto da sociedade  somada ao estado vem compreendendo que é necessário, produzir mais alimentos, exportar mais e importar menos, ao mesmo tempo que é preciso estimular o comercio interno, favorecendo um salto na economia do país, permitindo dessa forma ao país ter mais condições para seguir se desenvolvendo e melhorando a vida do povo ,ou seja ,é preciso produzir mais pra repartir mais. Essas grandes mudanças não são ditadas por Fidel Castro, são fruto de discussões entre todos os segmentos daquela sociedade. Erro é pensar que o sistema socialista cubano só resiste porque Fidel castro assim dita. Se o povo cubano realmente não quisesse aquele sistema, já teriam deposto o governo e teriam construído um sistema novo. Assim foi aqui no Brasil, quando nosso povo não quis viver sob uma ditadura. A sociedade cubana não é o Fidel Castro, o próprio Fidel é parte de um país com quase 12 milhões de habitantes, e é toda essa população que decide o que muda e oque não muda .Portanto quando Fidel Castro morrer o sistema cubano não vai simplesmente se extinguir. Ele seguirá sofrendo adaptações de acordo com os anseios sócias. Cuba hoje tem uma geração enorme de jovens que querem viver sua época, que querem melhorias no país ,mas isso não significa que querem derrubar o sistema, simplesmente querem manter as conquistas que já existem e mudar o que está mal. A maior conquista da revolução  cubana, foi dar estudo ao seu povo, pra que assim eles pudessem ter senso crítico.Com isso Cuba sofrerá transformações, mas não será na direção do capitalismo selvagem imperante no mundo, pois os cubanos são muito inteligentes pra se deixarem enganar pelo capitalismo.


Fola-Como explicar as seguidas fugas de refugiados de Cuba para outros
países, como, atletas e fugas em barcos pelo mar?

Cuba é um país pobre  de terceiro mundo que infelizmente não tem condições de oferecer as condições materiais que muitos desejam, existem muitos avanços e conquistas sociais como educação saúde, segurança e etc. mas tem gente que quer mais, e é natural que seja assim, o ser humano sempre quer melhorar de vida, quem tem um emprego quer ter outro melhor ,quem tem um salário quer ter outro melhor. em Cuba não é diferente .muitas pessoas que saem fora do país o fazem em busca de melhorias econômicas ,mas não porque estão fugindo do regime castrista.

Aqui mesmo no Brasil todos os dias os jovens saem do interior e vão pros grandes centros como São Paulo ,Rio de Janeiro, Brasília em busca de melhores condições de vida. Outros chegam inclusive a sair do Brasil e vão para outros países em busca dessas melhorias. Isso é natural do ser humano, querer evoluir ,melhorar o que já existe, é assim que a humanidade vai se desenvolvendo. O problema é que quando se trata de um cubano que migra, os grandes meios de comunicação “demonizam” o sistema socialista cubano e dizem que as pessoas estão fugindo da ditadura do castro em busca da liberdade. São argumentos pobres de espírito e sem fundamento, ditos por meios de comunicação que estão comprometidos com o poder do capital.


Folha- Como  você explica o fato de tantas interferências  dos EUA em
outros países e não em Cuba  que é tida pelos EUA como um inimigo e
alvo constante de campanhas  negativas do país?

Na verdade não é bem assim, existem interferências e interferências. a política internacional do governo dos estados unidos é belicista quando se trata de lidar com países do oriente médio como foi o caso do Iraque, Afeganistão , Libia e mais atualmente síria e Irâ .Eles estão em busca do petróleo desses países e pra terem o que querem não pensam duas vezes  nas consequências de uma guerra, simplesmente os interesses econômicos falam mais alto. Pra justificar o ataque a esses países  se criam diversos argumentos que depois se difundem por todo mundo, na idéia de arrecadar apoio político. Assim foi com a situação das Torres Gêmeas, com o qual se justificou uma guerra contra um suposto terrorismo, liderado por Osama Bin Laden ..Atualmente vemos como se tenta por todos o meios convencer o mundo de que o desenvolvimento de energia nuclear pelo

Iran é uma ameaça  e que eles, os estaduninenses, estão dispostos, como sempre dizem, a lutar pelo bem do mundo, pelo dia mundial da paz. Com esses argumentos simplesmente buscam apoio pra agredir mais um país rico em petróleo.Com Cuba também existem intervenções diariamente, pois inventaram um bloqueio econômico e financeiro que gera  uma perda de milhões de dólares todos os anos pra aquele pequeno país, com a idéia de vencer o povo pela pobreza, de fazer o povo cubano sentir fome e culpar o socialismo e assim derrubá-lo. A mania de guerra do governo estadunidense, não funcionaria contra Cuba, já que cuba tem um apoio internacional gigantesco, muitos governos condenariam  os estados unidos se houvesse uma a agressão  militar aos cubanos. Os Estados Unidos até hoje não conseguiu convencer o mundo de que Cuba é uma ameaça mundial, e nem vai conseguir, pois Cuba ao invés de enviar soldados a guerrear a outros países, envia médicos, professores, medicamentos e ectc, Como por exemplo no Haití, depois do terremoto, os Estados Unidos enviou soldados, para ocupar o país,Cuba enviou centenas de médicos que era o que fazia falta.


Folha- Passadas tantas décadas da revolução cubana, qual é o  entendimento
dos jovens do que aconteceu e se há contestações do regime implantado?

“Como te disse anteriormente Cuba vem compreendendo que é preciso melhorar em muitos sentidos, precisa responder aos anseios da atualidade. O que já foi conquista é visto como algo que já faz parte da sociedade, mas a juventude é revolucionária por natureza em qualquer lugar do mundo, está sempre querendo inovar, mudar evoluir. em Cuba não é diferente, porém não podemos confundir as coisas e pensar que porque a juventude cubana quer melhorias na tecnologia, por citar um exemplo, quer derrubar o sistema. quem pense assim está muito equivocado, pois a grande parte da juventude cubana é comprometida com sua época, com seu povo e sabe que o que foi conquistado pelos seus pais e avós não pode ser simplesmente ser  jogado fora em nome de uma suposta mudança. eles compreendem que o que deve mudar deve ser mudado por eles os cubanos  como um todo, num processo evolutivo social e não num ato contra revolucionário.
Folha-  Vê alguma semelhança entre as políticas governamentais do Brasil com
os governos do PT e o sistema cubano de governo socialista?

Precisamos ter em mente que o Brasil vive num regime capitalista  e Cuba socialista, partindo dai com certeza as mudanças são inúmeras. O centro de uma sociedade socialista por obrigação são os seres humanos e não o dinheiro. Numa sociedade capitalista tudo gira em torno ao dinheiro,as pessoas valem que tem.

As políticas sociais e econômicas de Cuba vão sempre na direção de melhorar a vida da maioria. Infelizmente aqui no Brasil seguimos  sem alterar a ordem das coisas, quem é pobre segue sendo pobre, simplesmente melhorou um pouco mais de vida, mas quem era rico, se tornou muito mais rico. Temos que reconhecer que a vida de muitos deu uma melhorada, mas essas melhorias serão apenas momentâneas, conjunturais. O que precisamos realmente são mudanças estruturais que garantam melhorias de vida a longo prazo.
Folha-    Se as leis permitissem, você ficaria em  Cuba trabalhando como médico?

Meu compromisso quando decidi ir pra Cuba era de estudar, buscar o conhecimento e depois usá-lo em prol  dos necessitados aqui no Brasil, principalmente no campo, nos assentamentos. Hoje acredito que se não puder fazer isso não terá valido apena tantos anos de estudo, de sacrifício. Não fui para Cuba simplesmente para depois buscar um bom emprego, fui por um compromisso com aquilo que acredito e  é por isso que nunca pensei na possibilidade de aplicar oque aprendi fora daqui,nem em cuba nem em qualquer outro país, pois se eu quisesse sair hoje do Brasil tem muitos países nos quais apenas chegando teria trabalho como médico, mas não foi com esse objetivo que fui estudar.


Folha- Como  será o processo para que possa atuar como médico no Brasil?

Infelizmente no Brasil não aceitam o diploma de quem se forma em medicina em um país estrangeiro, seja qual for, então eu corro o risco de depois de seis anos não poder exercer o que aprendi ..Por lei eu deveria ir até uma universidade publica brasileira, apresentar minha documentação e a universidade faria uma equiparação entre a grade curricular do curso de medicina cubano e da universidade brasileira em questão. Passado isso a universidade brasileira deveria emitir um parecer, dizendo se existe ou não compatibilidade curricular e no caso de não haver a própria universidade poderia oferecer os estudos que complementassem o currículo, mas hoje não é isso que se faz ..Ao chegar ao Brasil temos que enfrentar  a um exame de revalidação de diploma  e se o estudante aprovar pois já pode trabalhar como médico no Brasil, se não, deve seguir tentando nos anos seguintes. Nós os estudantes não estamos muito de acordo com isso, pois a medicina cubana é uma das mais reconhecidas no mundo hoje, e mesmo assim nos deparamos com essas dificuldades pra trabalhar no nosso país que tanto precisas de médicos verdadeiramente comprometidos com a saúde do povo, Hoje no Nosso país existem mais de mil municípios que não tem médicos trabalhando e que portanto se o povo quiser deve ir pra outra cidade buscar atenção, só  aqui no nosso estado,  são aproximadamente cinquenta municípios os que vivem essa realidade, mas mesmo assim  o conselho federal de medicina não nos aceita, os argumentos usados por eles são na sua grande maioria sem fundamento e enquanto isso não se resolve nós não podemos exercer a profissão e muitos municípios seguem sem médicos.”

tiara

Marcos Tiaraju e repórte José Leal

Por José Leal - Folha da Produção

CLIQUE AQUI, curta a Fan Page do site e fique informado sobre as notícias da região.

O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

  • Eficaz
  • Vimesq
  • Confecções Helenice
  • Drago Restaurante e Pizzaria
  • Estação Fitness
  • SCT Construtora e Incorporadora LTDA
  • Revista Spelho