Grossi Combustiveis
Follow - Liv - G8 Pub
Cesurg Sarandi
Cresol Sarandi
  • Grossi Combustiveis
  • Follow - Liv - G8 Pub
  • Cesurg Sarandi
  • Cresol Sarandi
  • Laboratório Sarandi
  • ZF Colchões Bio Magistral
  • Clínica Estética Vitallitá
  • Bortoluzzi Odontologia
  • Cotrisal
  • Stamp Personalizados
  • Farmácia Nossa Senhora de Fátima
  • Gostinho Della
  • Milani Corretora de Seguros
  • Rembecker Estruturas Metálicas
  • Taura Auto Peças
  • Barbearia 84
  • Spyder
  • Sicredi
  • VS Gráfica Expressa
  • Nina Comunicação Visual
  • Drággon Artigos Esportivos
  • Signomar Comércio de Bebidas
  • Teloken Engenharia LTDA
  • X & Cia
  • Restaurante 4 Ases
  • Rômulo De Cezaro
  • Casarotto Imóveis
  • Home
  • Cidades
  • Sarandi
  • Sarandi - Brigada Militar lança a Operação Papai Noel 2013

Siga nossa página

Sarandi - Brigada Militar lança a Operação Papai Noel 2013

 

A 3ª Companhia de Polícia Militar de Sarandi está desenvolvendo de 02 a 31 de Dezembro, a Operação Papai Noel em todos os municípios da sua área de ação, buscando garantir a normalidade e a tranquilidade relativa em todos os setores e eventos públicos decorrentes das festas de final de ano. As ações realizadas visam coibir, inibir e ou reagir aos atos individuais ou coletivos anormais, além de sinistros. A Operação Papai Noel é uma tradição na Brigada Militar, considerada atividade especial, orientada pela dinamicidade, mobilidade e visibilidade, baseada na intensificação da Presença Policial e no aumento de Operações específicas em locais e horários de concentração de pessoas a fim de preservar a ordem e a tranquilidade públicas.

A Brigada Militar também traz algumas dicas, para tornar suas férias mais seguras:

0000a00a0aBrigada Militar de Sarandi copia copia copiar

Para você:

1.Tenha sempre à mão documentos pessoais e telefones de emergência;

2.Mantenha sempre a atenção e evite excessos de toda ordem;

3.Procure andar acompanhado e evite horários demasiado tarde e ruas mal iluminadas;

4.Seja educado e gentil com as pessoas, evite conflitos e tenha paciência em casa, no trânsito, etc.;

5.Lembre-se do cuidado com o meio ambiente e das precauções de saúde que são necessárias em qualquer tempo;

6. Lembre-se que bebida e direção nunca combinam e que usar o celular ao dirigir é um risco para sua vida e a das outras pessoas;

7. Tenha com você somente o dinheiro necessário para suas despesas, evitando andar com muitos cartões de crédito ou débito e talões de cheques. Faça um planejamento de seus gastos e evite o consumismo;

8. Ao sair de casa, deixe seus contatos com pessoas de confiança que podem lhe informar situações de urgência;

9.Ao sair de carro, verifique suas condições de manutenção e segurança;

10.Informe qualquer situação que você observar de caráter suspeito; o Sistema de Segurança Pública está presente em todo o Estado para garantir sua segurança e conta com sua colaboração.

Para sua casa:

1.Procure dificultar possíveis ações de delinquentes, desde a simples colocação de trincos e travas de segurança nas portas e janelas, até trancas, correntes, cadeados e gradis sólidos (de preferência pela parte de dentro do imóvel) nos pontos mais vulneráveis como balancins e instalações para aparelhos de ar condicionado;

2.Tenha maior preocupação com as dependências localizadas na parte de trás da residência, trancando as portas intermediárias e isolando-as se possível. A maioria dos arrombamentos ocorre pelos acessos dos fundos da casa. Aproveite para desligar a campainha, pois é uma forma de pessoas mal intencionadas verificarem se há alguém na casa;

3.O uso de armas de fogo somente é permitido a quem tem conhecimento técnico, experiência e autorização legal. Pessoas inexperientes, vigias e guardas são presas fáceis de criminosos que, na primeira oportunidade, se apossam de suas armas;

4.Procure conhecer seus vizinhos e combinar com eles medidas de auxílio mútuo. A solidariedade é importante nos momentos de perigo; por isso, tenha os telefones deles em sua agenda pessoal e peça a um vizinho ou parente para visitar periodicamente sua casa, objetivando demonstrar a presença de pessoas (abrindo janelas, regando jardins, entrando com o carro na garagem, etc.);

5.Evite comentar com estranhos ou postar nos sites de relacionamento a intenção sobre viagens ou ausências de casa. Oriente seus filhos e empregados ao mesmo procedimento;

6.Evite deixar na área externa de sua casa lâmpadas acesas durante o dia ou apagadas durante a noite; bem como: acúmulo de jornais, revistas, panfletos, correspondências e etc. Peça para algum vizinho ou familiar recolher correspondências visíveis e suspenda a entrega de jornais e revistas enquanto estiver fora;

7. Carregue malas e bagagens para seu carro em horários de menor exposição e se detectar a presença de estranhos em atitude suspeita, chame a Polícia Militar.

Nos locais de destino:

1.Evite ostentar dinheiro, objetos, jóias quando estiver na rua. Mantenha-se sóbrio, consciente e calmo em todas as situações. Seja educado e respeite o espaço e os direitos alheios;

2.Não admita o ingresso de estranhos em sua casa. As credenciais de carteiro, leitores de hidrômetro, entregadores de gás, funcionários das companhias de telefone e de energia elétrica devem ser devidamente examinadas e, em caso de dúvida, devem ser confirmadas por telefone;

3.Lembre-se que janelas, portões e portas abertas chamam a atenção, principalmente se não há pessoas da casa próximo;

4.Mantenha sempre à mão os telefones de emergência das Polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros, Serviços de Emergência e de trânsito. Conheça a localização dos órgãos de segurança e instrua seus familiares e empregados de como proceder em caso de perigo iminente ou de observação de suspeitos nas imediações;

5.Evite caminhar ou passear em horários demasiado cedo ou tarde demais em locais que você desconheça. Zele por sua segurança.

6.Evite causar transtornos a você e aos outros. Seja educado e paciente no trânsito, na praia, nas compras e na rua;

7. Não esqueça que espaço público não pode ser privatizado, como é o caso de calçadas, áreas de entrada e saída de veículos, rampas de acesso, etc. A Polícia Militar conta com sua responsabilidade e cooperação.

Para seu carro:

1.Evite deixar objetos, sacolas, bolsas e outros materiais que possam chamar a atenção dentro do seu carro. Coloque-os no chão do carro ou na mala e verifique se você trancou as portas e janelas do veículo;

2.Evite estacionar em locais sem iluminação e de pouco movimento e quando voltar para seu carro tenha a chave à mão e saia com o veículo logo em seguida. Evite procurar chaves, celular, maquiar-se, escolher rádio ou música ou ler dentro de veículos quando estiver sozinho(a);

3. Se algum desconhecido informar que seu carro foi batido ou avariado, vá acompanhado de outras pessoas para checar a situação e, se for o caso, avise o órgão responsável;

4.Evite bloquear áreas de garagem e de passeio público. Observe se há marcação de estacionamento ou área privativa para pessoas com deficiência;

5.Não baixe todo o vidro de seu carro. Se puder, use o ar condicionado e trave portas em seu deslocamento, evitando as faixas próximas às laterais da via e dirigindo com atenção, mantendo a distância de segurança do carro à sua frente e respeitando a sinalização;

6. Evite distrair-se ao dirigir, conversar e ouvir som alto que possa comprometer sua atenção e segurança;

7. A Polícia Militar está presente, junto com o DETRAN e órgãos municipais de trânsito na fiscalização e monitoramento das vias estaduais e atuará no sentido de coibir excessos e comportamentos que comprometam a segurança das pessoas. Seja vivo.

DEVEMOS OBSERVAR QUE:

                  O uso de cinto de segurança é obrigatório, conforme o artigo 167 do CTB (Código de Trânsito Brasileiro).

Atravessar a via pública, sempre na faixa de pedestres, porém, o pedestre deve observar bem os veículos antes de atravessar, assim como os condutores de veículo tem a obrigação de parar e franquear a passagem do pedestre que estiver atravessando na faixa.

Quando não houver faixa de segurança, atravessar a via pública, perpendicularmente às calçadas e na área de seu prolongamento, parando na calçada e cientificando-se antes de atravessar, de que pode fazê-lo com segurança.

Condutor e passageiros do veículo, devem sempre utilizar-se do cinto de segurança, não importando a distância em que percorram; além de que não há nenhuma lei em nosso país, que faculte o uso do cinto de segurança ou torne o mesmo dispensável.

Crianças menores de 10 anos, somente poderão transitar em veículos, nos bancos traseiros e utilizando-se do cinto de segurança.

Dirigir qualquer tipo de veículo automotor sem possuir carteira nacional de habilitação, é infração gravíssima, podendo caracterizar crime do artigo 309 da lei 9.503/97 (Código Nacional de Trânsito); além de que a pessoa que conduz veículo sem possuir CNH ou permissão, não está devidamente habilitada, não possuindo conhecimento técnico suficiente, podendo colocar em risco a sua integridade física e a de terceiros.

Quem entrega, permite ou confia direção de veículo a pessoa sem a devida habilitação, com habilitação cassada ou suspensa, ou, quem por seu estado de saúde física ou mental, ou por embriaguez, não esteja em condições de conduzir o veículo em segurança; será autuado e responderá criminalmente pelo artigo 310 do CTB.

Portanto, você que é proprietário de veículo, sempre que entregar, permitir ou confiar seu veículo a outra pessoa, cientifique-se de que esta é devidamente habilitada e possui condições de dirigir seu veículo; pois do contrário, poderá ser responsabilizado e responder pelos atos por ela praticados na condução de seu veículo.

 Também antes de sair de viagem, todo motorista consciente realiza a verificação dos itens de segurança de seu veículo, tais como estado dos pneus, sistema de freios, sistemas de iluminação, equipamentos obrigatórios; a fim de não ter surpresas desagradáveis durante sua viagem.

Setembro é o mês do trânsito, e o Trânsito não é só a circulação de veículos em nossas vias, é muito mais do que isso. Desde o momento em que saímos de casa para ir até o trabalho, ou até a casa de um amigo, estamos fazendo parte do trânsito. Como condutores ou pedestres temos uma grande responsabilidade para com a nossa segurança e com a segurança dos outros usuários da via pública, e além disso demonstra o nosso nível de educação.

O Dever de segurança é do estado, como preceitua a Constituição Federal de 1988, mas também diz que é um Direito e uma Responsabilidade de todos. A atitude de preservar a nossa segurança tem que partir em primeiro lugar de nós mesmos, por isso devemos também lembrar:

  • Se beber não dirija;
  • Dirija sempre com atenção;
  • Não ultrapasse o limite de velocidade;
  • Use sempre o cinto de Segurança;
  • Atrevesse a rua sempre pela faixa de segurança;
  • Não estacione em locais proibidos;

Tomando alguns cuidados simples deixaremos de estar expostos a certos riscos, esses cuidados devem estar voltados ao nosso bem estar e não condicionado ao receio de que logo ali na frente, um policial, poderá aplicar uma autuação caso desrespeite as normas estabelecidas no Código Brasileiro de Trânsito.

Todos nós somos responsáveis sempre pela nossa própria segurança e pela segurança dos outros, e a atitude que tomamos faz a diferença, pensando assim a PAZ NO TRÂNSITO se tornará realidade.

RESPEITE O LIMITE DE VELOCIDADE, RESPEITE A SINALIZAÇÃO, RESPEITE A VIDA.

          SANDRO JACOBI FERREIRA

                     1º Sgt – Setor de Comunicações 3ªCia 

 

CLIQUE AQUI, curta a Fan Page do site e fique informado sobre as notícias da região.

O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

  • Drago Restaurante e Pizzaria
  • Confecções Helenice
  • SCT Construtora e Incorporadora LTDA
  • Vimesq
  • Eficaz
  • Estação Fitness
  • Revista Spelho