Follow - Liv - G8 Pub
Grossi Combustiveis
Cesurg Sarandi
Cresol Sarandi
  • Grossi Combustiveis
  • Cresol Sarandi
  • Follow - Liv - G8 Pub
  • Cesurg Sarandi
  • Spyder
  • Teloken Engenharia LTDA
  • Laboratório Sarandi
  • Signomar Comércio de Bebidas
  • Farmácia Nossa Senhora de Fátima
  • Rembecker Estruturas Metálicas
  • VS Gráfica Expressa
  • Bortoluzzi Odontologia
  • Sicredi
  • Casarotto Imóveis
  • X & Cia
  • Restaurante 4 Ases
  • Nina Comunicação Visual
  • Rômulo De Cezaro
  • Taura Auto Peças
  • ZF Colchões Bio Magistral
  • Milani Corretora de Seguros
  • Stamp Personalizados
  • Cotrisal
  • Clínica Estética Vitallitá
  • Gostinho Della
  • Drággon Artigos Esportivos
  • Barbearia 84
  • Home
  • Cidades
  • Sarandi
  • Sarandi - Garrafas PET são transformadas em PUF Famílias da Vila Esperança ajudam a natureza, dando utilidade ao lixo

Siga nossa página

Sarandi - Garrafas PET são transformadas em PUF Famílias da Vila Esperança ajudam a natureza, dando utilidade ao lixo

a012Puff prontoO Politereftalato de etileno, ou PET, é um polímero termoplástico, desenvolvido por dois químicos britânicos Whinfield e Dickson em 1941, formado pela reação entre o ácido tereftálico e o etileno glicol, originando um polímero, termoplástico. Utiliza-se principalmente na forma de fibras para tecelagem e de embalagens para bebidas.

Possui propriedades termoplásticas, isto é, pode ser reprocessado diversas vezes pelo mesmo ou por outro processo de transformação. Quando aquecidos a temperaturas adequadas, esses plásticos amolecem, fundem e podem ser novamente moldados.

As garrafas produzidas com este polímero só começaram a ser fabricadas na década de 70, após cuidadosa revisão dos aspectos de segurança e meio ambiente.

As garrafas produzidas com este polímero podem permanecer na natureza por até 800 anos, sendo hoje um dos maiores vilões do meio ambiente, poluindo matas, rios e córregos.

A reciclagem é uma maneira muito importante para ajudar o planeta nesse momento tão crítico pelo qual estamos passando, com enxurradas, alagamentos, etc. como ocorreu em Sarandi no dia 22 de outubro do corrente ano.

Com o intuito de dar um novo destino a esse vilão ambiental, foi realizado no último sábado, 10 de novembro, no Centro Comunitário da Vila Esperança, uma Oficina de Reciclagem. Famílias beneficiárias do Programa MCMV/PAC II da Prefeitura Municipal de Sarandi, que tem como executor do Projeto Social, o IAGE – Instituto de Assessoria e Gestão, de Ernestina através da assistente social Deuvanes F. Consalter participaram da atividade, coordenada por Maria Lúcia Zanatta.

As famílias receberam antecipadamente sacos de lixo, nos quais trouxeram para a atividade diversas garrafas PET e, em parceria com as Estofarias Faccenda e Lucietto, Hiper Wagner e Jornal A Região (que doaram tecidos, jornais e caixas de papelão), todo material foi transformado em lindos PUFFs que terão grande serventia na casa nova. Os produtos confeccionados ficaram em doação para o Centro Comunitário e/ou foram sorteados no próprio grupo, que aprendeu a forma correta e pode levar material para casa e confeccionar seus próprios “bancos”.

No próximo sábado, dia 17 de novembro, será realizada Oficina de Culinária com os beneficiários, tendo por base os produtos entregues na Cesta Básica do Programa Fome Zero, cuja maioria das famílias é contemplada.

a011Maria Lúcia Zanatta coordenou a Oficina

a010Confecção de puff

Deuvanes F. Consalter - Assistente Social

DiárioRS

CLIQUE AQUI, curta a Fan Page do site e fique informado sobre as notícias da região.

O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

  • Drago Restaurante e Pizzaria
  • Eficaz
  • Estação Fitness
  • SCT Construtora e Incorporadora LTDA
  • Confecções Helenice
  • Vimesq
  • Revista Spelho