Cesurg Sarandi
Grossi Combustiveis
Follow - Liv - G8 Pub
Cresol Sarandi
  • Follow - Liv - G8 Pub
  • Grossi Combustiveis
  • Cresol Sarandi
  • Cesurg Sarandi
  • Cotrisal
  • Rômulo De Cezaro
  • Farmácia Nossa Senhora de Fátima
  • Gostinho Della
  • Milani Corretora de Seguros
  • Stamp Personalizados
  • Bortoluzzi Odontologia
  • X & Cia
  • Teloken Engenharia LTDA
  • Nina Comunicação Visual
  • Restaurante 4 Ases
  • VS Gráfica Expressa
  • Barbearia 84
  • Rembecker Estruturas Metálicas
  • Sicredi
  • Signomar Comércio de Bebidas
  • Spyder
  • ZF Colchões Bio Magistral
  • Drággon Artigos Esportivos
  • Casarotto Imóveis
  • Clínica Estética Vitallitá
  • Taura Auto Peças
  • Laboratório Sarandi
  • Home
  • Cidades
  • Sarandi
  • Sarandi - Migrações em Sarandi e a pastoral dos prédios

Siga nossa página

Sarandi - Migrações em Sarandi e a pastoral dos prédios

Alguns dos nossos empresários foram em Manaus no nosso centro de migrações buscar haitianos para trabalharem nas firmas por indicação do padre. Na primeira vez trouxeram 22 e na segunda também. Não foram bem sucedidos porque não foram selecionados lá. Nós os acolhemos na igreja, embora a grande maioria fossem de outras religiões.

Os empresários ofereceram comida por um mês e casa por seis meses ou até por um ano; embora aprendizes recebiam o mesmo salário dos nativos efetivos. Não se entrosaram entre eles. Depois do primeiro mês começaram debandar cada qual procurando o próprio grupo em outras cidades.

Veio também um grupo de Senegalenses. Foram acolhidos com amor e carinho pelos leigos scalabrinianos e pelo Pe. João Granzotto. Pouco a gente pôde fazer porque eram todos muçulmanos ferrenhos. Esses permaneceram. Através do espanhol a gente pode se entender com o líder. Eles disseram que em nenhum lugar por onde passaram foram valorizados e bem pagos como aqui.

O Pe. João começou a pastoral dos prédios, visto serem quase todos migrantes de outras cidades. A pastoral dos prédios consiste num encontro com todos os moradores católicos do prédio, com uma celebração da palavra de Deus e com a coordenadora das capelinhas que também é leiga scalabriniana a colocação em cada prédio de uma capelinha com a sua coordenadora. Após a celebração o padre passava em cada apartamento benzendo e colocando cada morador ao par da caminhada da paróquia convidando os moradores a participarem da comunidade paroquial.

Foram visitados todos os prédios com mais de 6 apartamentos. Essa pastoral produziu efeito porque entrosou na comunidade alguns moradores desligados. Como aconteceu no último sábado dia 29 de novembro de 2014, no condomínio perto da Indústria Cor do céu, onde as primeiras famílias receberam duas capelinhas, estiveram lá o Pe. João Granzotto, Gema Passini e Fernando Concatto representando os leigos Scalabrinianos

Os leigos scalabrinianos estão fazendo um bom trabalho visitando os moradores dos bairros de maior migração interna e entrosando os moradores na comunidade católica local.

417

Por Fernando Luis Concatto

DiárioRS

CLIQUE AQUI, curta a Fan Page do site e  fique informado sobre às notícias da região. 


CLIQUE AQUI, curta a Fan Page do site e fique informado sobre as notícias da região.

O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

  • Confecções Helenice
  • SCT Construtora e Incorporadora LTDA
  • Revista Spelho
  • Lancheria Grenal do Tainha
  • Eficaz
  • Drago Restaurante e Pizzaria
  • Estação Fitness
  • Vimesq