Cresol Sarandi
Follow - Liv - G8 Pub
Grossi Combustiveis
Cesurg Sarandi
  • Follow - Liv - G8 Pub
  • Cresol Sarandi
  • Grossi Combustiveis
  • Cesurg Sarandi

Siga nossa página

Editorial - Estabilidade pré-aposentadoria. Por Diego Dos Santos Piazza

 

“Quem está próximo da aposentadoria não pode ser demitido.”

A garantia de emprego do trabalhador que está próximo de preencher os requisitos para concessão da aposentadoria é chamada de estabilidade préaposentadoria. Esse direito não está previsto em lei, mas sim em normas fixadas pelos sindicatos nos acordos e convenções coletivas de cada categoria.

Foi ajustada de modo geral coletivamente, a garantia de emprego ao trabalhador que estiver a menos de 12 meses de completar o tempo necessário para a obtenção da aposentadoria, entretanto, como não existe uma lei geral para tratar deste assunto, é a convenção coletiva de cada categoria profissional que estipula o prazo. Ele é variável. Existem categorias que preveem um ano, outras dois, mas tudo vai depender do que foi estipulado.

Deve-se analisar caso a caso. Para evitar algum desentendimento, ação judicial ou conflito futuro, o empregado necessita comunicar ao patrão que ele está entrando em período de préaposentadoria, e devido a isso não deve ser demitido, salvo justa causa ou por pedido do próprio empregado.

A estabilidade tem por objetivo proteger o trabalhador que está próximo da aposentadoria, entretanto, se ele não exerce este direito, o patrão não é obrigado a mantê-lo empregado. Depois que o empregado completa os requisitos para se aposentar, e decide não fazer o pedido de aposentadoria, ele perde a estabilidade.

Por isso a necessidade de você trabalhador, ter conhecimento se já tem o período aquisitivo que da direito a aposentadoria ou pré-aposentadoria. Consulte um Advogado Previdenciarista.

WhatsApp Image 2020 03 05 at 09.06.36

Diego Dos Santos Piazza

Advogado Especialista em Direito Previdenciário Fornari Advogados Associados

CLIQUE AQUI, curta a Fan Page do site e fique informado sobre as notícias da região.

O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.