Follow - Liv - G8 Pub
Cresol Sarandi
Cesurg Sarandi
Grossi Combustiveis
  • Cresol Sarandi
  • Follow - Liv - G8 Pub
  • Grossi Combustiveis
  • Cesurg Sarandi

Quem é você no fluxo da vida?

 

samantha schepanskiA maior riqueza é ter tempo para si mesmo com saúde espiritual, na perspectiva de se compreender e evoluir para poder contribuir com o crescimento do próximo no alinho de uma grande transformação, sem exigir do outro a dançar no ritmo, mas poder mostrar o caminho com sabedoria e graça no contagiar de sua potência. Sem atribulações de misturar as energias ao ponto de ser indecifrável o sentimento de cada qual, diferente do estado da compaixão.

Tanto quanto aos brindes da direção à clareza mental, onde não existe certo ou errado, existe o que gera lucro e o que não gera lucro. Trazendo aos vastos olhares as versões das intensidades quais declaram e diferenciam um estado do outro, pois o todo é formado por todos, e o todo é a sua Origem. Por isso a importância de desmitificar os preconceitos, confessar-se que o que admira no outro é o que contempla em si, por conhecer da sensação.  Assim como, que as pulsações de lágrimas dilaceradas vêm para mostrarem e pedir um olhar para sanar, na esperança de serem bem utilizadas para transformar o estado que alerta o desagradar. Quanto saber qual a atitude melhor a ser tomada, diante da sensação consciente de reconhecimento do juízo interno que revela a sensação de conforto ou desconforto que ira ser sentido.

O fluxo de acontecimento na vida em muitas pessoas gera grande bagunça mental por não conseguirem discernir o que sentem em meio ao caos, onde então buscam algo sem saber ao certo, com leonino romance aos próprios erros, vindo a ignorar a evolução.  Por estarem domadas a ausência que se dão, mesmo repletas de egos, em que se sentem sem tempo para respirar o espírito do que é viver com naturalidade, vindo a ocasionarem o despir de seus sentimentos de forma grosseira e trágica por estarem com vibração baixa sobre realmente quem é, por tanto direcionarem seus ouvidos aos ruídos de fora. 

A saúde da carne quando miserável rebate atenção no osso do transpirar, para o que a alma consente seja percebido aos olhos descrentes. Onde se deve meditar para se editar, mas mais breve ainda a lógica mudança de um pensamento instantâneo e positivo na espera de permanência para desativar as dores, no estalo do salto, até conseguir moldar os tráfegos dos pensamentos com consciência, mas sem o uso de drogas para a sensação não funcionar como o êxtase de quando se liga a televisão para assistir tais canais de mídia suja, se desliga os verdadeiros olhos que realmente enxergam, desvairados pela preguiça do pensar e o comprometimento com o Despertar.

Por Samantha Schepanski/DiárioRS

CLIQUE AQUI, curta a Fan Page do site e fique informado sobre as notícias da região.

O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.