Grossi Combustiveis
Cresol Sarandi
Cesurg Sarandi
Chini Centro Auditivo
  • Cresol Sarandi
  • Cesurg Sarandi
  • Grossi Combustiveis
  • Chini Centro Auditivo

Futebol - Iniciou o Brasileirão. Por Valeria Cenci

10may15 gremioxponte 068 lNeste dia 10 de Maio de 2015, iniciou mais um Campeonato Brasileiro, neste ano com muitas novidades e entre elas um novo horário de jogo, às 11h da manhã. Aparentemente poderá dar certo afinal além de uma boa partida também compareceram 13.164 pessoas ao estádio Arena Grêmio.

A equipe gremista começou bem, com bons ataques e muita pressão sobre o time da Ponte Preta. E até gol anulado teve este jogo, aos 05min do 1° T em cobrança de falta o jogador gremista Pedro Geromel manda para o fundo da rede, mas atenta á auxiliar de arbitragem marca impedimento e anula o que seria o primeiro gol do Grêmio, e já vou deixar claro, antes que pensem alguns por ai que a arbitragem roubou, o lance é claro de impedimento.

Com marcação avançada jogando no campo da Ponte o Tricolor Gaúcho aos 24min de jogo abre o marcador em outra cobrança de falta com Yuri Mamute desviando de cabeça e estufando a rede, fazendo Grêmio 1X0 Ponte Preta. Ainda no 1° T tivemos algumas chances para ambos os lados, mas nada que levasse grande perigo a ambos os goleiros.

Já na segunda etapa com boas oportunidades a equipe gremista de novo com Yuri Mamute, o Mamuteles, em rápido contra ataque driblando o goleiro Marcelo Lomba e faz seu segundo Gol  ampliando a vantagem Tricolor. O Grêmio estava bem no jogo, mas aos 16min Biro Biro faz Grohe realizar um milagre e logo após, aos 17min o craque da equipe da Ponte Preta Renato Cajá recebe a bola de frente pra área e como craque que é não perdoa e manda para o barbante fazendo um Golaço e descontando para a Macaca.

E como se não bastasse ter acaba de fazer o gol diminuindo com Cajá, aos 18min do 2° T o jogador Rildo também fez o seu empatando a partida e esquentando a manha gaúcha na Arena. Após lance da grande defesa do Marcelo Grohe a equipe da Ponte começa a partir pra cima, levando o Tricolor a sentir a pressão.

Com substituição de Rafael Galhardo para entrada de Mathías Rodríguez, que apesar de não estar realizando uma boa partida acaba por fazer o dele aos 33min do 2° T, deixando a equipe gremista de novo em vantagem, Grêmio 3X2 Ponte Preta.

E para piorar a situação da Macaca que além de estar perdendo, sofre também com certa pressão do Tricolor, o zagueiro Tiago Alves leva o segundo amarelo e por consequência o vermelho e vai pra rua.

Mas mesmo com um a menos no acréscimo aos 49min da segunda etapa a Ponte consegue empatar com Diogo Oliveira fazendo Gol na falha de Marcelo Grohe, e assim se encera a primeira partida do Grêmio pelo Campeonato Brasileiro. Amargando um empate, Grêmio 3X3 Ponte Preta.

Conjunto de Falhas

galeria foto d62015d22b96cfea3ccc982fe17d0f6f

O Internacional por estar disputando a Copa Libertadores e por este motivo ter jogo para o meio da semana entrou em campo na Arena da Baixada para enfrentar a equipe do Atlético-PR com time reserva, e eu nem ninguém por mais alucinados que sejamos poderíamos imaginar que o resultado poderia ser tão acachapante.

O Inter até tentou com Taiberson logo no início, que mandou pra fora e teve algumas boas chances, porém não foi efetivo e ai como diz o ditado popular “quem não faz leva”, foi bem isso que aconteceu, numa falha horrorosa da zaga Colorada foi ele, o Gordinho Walter livre leve (pera ai leve não) e solto abriu o marcador para o Furacão.

As equipes sentiram bastante dificuldade com o gramado molhado. O Atlético-PR não representava muito perigo, sem muitas chances. E do lado do Colorado apesar de algumas chances desperdiçadas também não estava bem, sofria muito por estar jogando com time reserva e por não estar conseguindo se acertar em campo apresentando um time lento e desentrosado. 

A equipe do Internacional estava completamente irreconhecível, com pouca velocidade deixando fácil para os marcadores da equipe do Furacão. Além é claro de ter obviamente subestimado o adversário e ai teve de pagar o preço pela falha.

A segunda etapa começou com pressão Atleticana, levando perigo à meta do goleiro Alisson que teve de realizar boas defesas. E como de costume o maravilhoso e incompreensível Paulão como sempre estava jogando um grande nada, além de não ajudar estava era mesmo atrapalhando, só para variar, fazendo a alegria dos atacantes do Atlético-PR.

Nesta segunda etapa os ataques se resumiam nos nomes de Walter e Marcos Guilherme, que estavam fazendo o que queriam, ouvi tanto o nome desses jogadores que estou correndo riscos de ter pesadelos com os mesmos.

Na verdade o Inter não estava levando gols porque o anjo que o protege é muito poderoso, pois se não fosse isso o pesadelo iria ser bem pior. Era Walter chutando pra gol, Marcos Guilherme finalizando e matando de ataque cardíaco os torcedores do Colorado.

Diego Aguerri se irrita com a má atuação de sua equipe e então faz duas substituições importantes, Alex no lugar de Léo e Valdívia no lugar de Vitinho, este que estava fazendo uma péssima partida. Após as substituições o Colorado até que melhorou, começou a marcar mais em cima e a ter mais velocidade, cavando escanteios e boas faltas.

Porém não durou muito, em escanteio do Furacão Cláudio Winck puxa a camisa de Walter e o arbitro marca pênalti, aos 19min e ai Felipe vai e marca Gol de pênalti para o Atlético-PR ampliando a vantagem do Furacão.

E para melhorar ainda mais como o senhor Paulão não conseguia fazer gol pelo time que paga seu salário ele resolveu marcar contra, aos 23min do 2° T graças ao Paulão, Atlético-PR 3X0 Internacional, então caros amigos me digam como não amar o Paulão? Quando não consegue a favor faz contra, maior orgulho que esse não há.

Depois de ter levado o terceiro o Inter até que tentou uma reação, chegou a pressionar, colocando três bolas na trave, a terceira delas com o nosso craque amado Paulão, que é um cara super surpreendente. E até sobrou tempo de o Inter fazer seu anjo da guarda trabalhar mais um pouco evitando levar o quarto gol.

Mas ficou nisso mesmo, Atlético-PR 3X0 Internacional. E o que posso dizer é que, perder é aceitável, mas isso já é uma baita sapatada. Não sei o senhor querido amigo, mas eu estou muito contente afinal meu Campeonato favorito voltou, e então que seja bem vindo de volta o meu querido Campeonato Brasileiro, o mais imprevisível e emocionante. 

Por Valeria Cenci

DiárioRS

CLIQUE AQUI, curta a Fan Page do site e  fique informado sobre as notícias da região.

whats rodape

CLIQUE AQUI, curta a Fan Page do site e fique informado sobre as notícias da região.

O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.