Chini Centro Auditivo
Grossi Combustiveis
Cresol Sarandi
Cesurg Sarandi
  • Cesurg Sarandi
  • Grossi Combustiveis
  • Chini Centro Auditivo
  • Cresol Sarandi

Siga nossa página

Inter - “Sejam Guerreiros”

galeria foto 3d7d459ca4afcf31174c036803558f08 copiarBem amigos, após tantas emoções e inúmeros gols na rodada passada em meu querido Campeonato Brasileiro, estou aqui para novamente lhes informar como foi a equipe do Internacional. A partida deste dia 13 de agosto de 2015 no Gigante da Beira-Rio marcou o retorno, após quatro anos, de Ronaldinho Gaúcho aos gramados Colorados para mais um duelo, agora defendendo a camisa do “Fruzão”.

 

A semana Colorada foi difícil, afinal depois da histórica goleada sofrida no clássico GreNal a torcida do Inter realizou varias manifestações em protesto exigindo uma direção que seja capaz de administrar o Sport Club Internacional, honrando sua camisa e história, além é claro de um time de guerreiros capazes de fazer acontecer. E se eram guerreiros o que a torcida queria, foi isso que a ela foi dado.

 

O começo da partida foi de dominação do Fluminense, que era quem tinha as melhores oportunidades, oportunidades essas todos salvas pelo grande e genial Xerife Ruan, com toda sua categoria e experiência, salvando o Inter em várias oportunidades.

 

A partir da metade em diante o Inter conseguiu se encaixar em campo e assim chegar com perigo à meta de Cavalieri, obrigando-o a trabalhar. A primeira etapa apesar de ter em alguns momentos destaques de uma ou outra equipe, foi muito equilibrada com um futebol apenas bom sem muito brilho. Deixando claro que pelo peso das equipes a primeira etapa poderia ter sido melhor, destacando que o futebol do Inter teve uma notável melhora para com relação às ultimas partidas.

 

O que mais me encanta no futebol é o seu poder de ser imprevisível, se geralmente as partidas costumam esfriar na segunda etapa, a partida desta noite só esquentou mais, colocando fogo na noite Gaúcha.

 

Logo aos 03min do 2° T o Inter chegou com excelente chance criada por Wellington Martins e concluída por Alex, que teve a infelicidade de concluir para fora, desperdiçando a oportunidade Colorada.

 

Mas se boas chances ainda não eram quentes o suficientes, “a chapa” esquentou quando aos 06min o senhor arbitro mostrou canário belga para o jogador Marcos Junior, canário belga que por sinal era o segundo deste jogador que por consequência levou canário vermelho e foi pra rua.

 

Se nas últimas partidas o futebol Colorado estava sumido, ele voltou a aparecer. A segunda etapa era só Colorada, chegando a o todo momento a meta adversária levando perigo e exercendo grande pressão sobre o Tricolor carioca. E muitos eram os nomes desta melhora, Alex resurgindo apresentando grande futebol, o PokoMito Valdívia, Wellington Martins criando inúmeras chances de gol, além de muitos outros e entre esses outros nomes esta o nome de Odair Hellmann que mostrou grande competência no comando do Colorado, fazendo as substituições necessárias e nos momentos oportunos.

 

Mas vocês caros leitores devem estar se perguntando, cadê o Ronaldinho Gaúcho? Pois bem, eu não tenho essa resposta, só o vi quando Enderson Moreira realizou substituição, colocando aos 18min Lucas Gomes em seu lugar. Deve-se por eu ser resaltado que o tal Lacas Gomes fez em menos de 1min mais coisa que o R10 na partida toda. E para mais uma vez demonstrar meu carinho pelo Moço das noitadas, que estava com toda a preguiça deste mundo durante o jogo, vai para ele uma bela frase, “A noite é uma criança, e eu sou seu brinquedo. Não sou eu quem chego tarde, é o sol quem chega cedo.”.

 

Bem sem mais delongas, vamos ao futebol. O Inter apresentou grande superioridade na segunda etapa, jogando um futebol de real qualidade, mostrando que o que não falta no elenco Colorado são guerreiros de qualidade, exatamente o que a torcida estava querendo.

 

Já que o Colorado estava jogando muito além de sue adversário, e a torcida queria voltar a comemorar, Odair então resolveu mandar Vitinho para o jogo. Mais uma vez a estrela do menino brilhou. Em meio a tantas chances que o Colorado perdeu, foi aos 36min do 2° T que Vitinho dominou pelo meio tocou para Rafael Moura. O centroavante dividiu com a zaga adversária dentro da área onde acabou sendo desarmado. A bola voltou para Vitinho que dessa vez não perdoou e mandou de primeira, da entrada da área. O chute não saiu dos melhores, a bola até nem entraria, mas como falei a estrela brilhou, a bola bateu em Cavalieri e então, finalmente, barbante. Internacional 1X0 Fluminense.

 

E não acabou por ai, ainda teve tempo de o arbitro distribuir mais três canários belgas além de um canário vermelho para Antônio Carlos que foi expulso de forma direta por “bater com carinho” em Rafael Moura e por falar lindas palavras ao assistente de arbitragem.

 

Bem foi isso, muitos canários voando para todos os lados, e de todas as cores.

 

O Inter melhorou muito, mas ainda tem muito que fazer. Espero que a direção tome a decisão mais acertada para não prejudicar o Colorado. Espero, aliás, que faça exatamente o que disse o diretor de futebol Pellegrini disse, “Não é questão de dificuldade de achar o treinador, é questão de fazer a coisa certa”, pois bem, que façam a coisa certa.

 

Por Valeria Cenci

Patrocinador desta coluna:

000aasaSlide1

INDÚSTRIA DE URNAS RIGON LTDA.
Rua Luiz Zanella, 200 - Distrito Industrial 
CEP 99680-000 - Constantina - RS
Fone: (54) 3363-1210

CLIQUE AQUI, curta a Fan Page do site e  fique informado sobre as notícias da região.rodape diario
CLIQUE AQUI, curta a Fan Page do site e fique informado sobre as notícias da região.

O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.