Grossi Combustiveis
Cesurg Sarandi
Follow - Liv - G8 Pub
Cresol Sarandi
  • Cresol Sarandi
  • Cesurg Sarandi
  • Follow - Liv - G8 Pub
  • Grossi Combustiveis
  • Home
  • Colunistas
  • Valeria R. Cenci
  • Falta poder de decisão para a dupla Grenal! Por Matheus Henrique Assumpção

Siga nossa página

Falta poder de decisão para a dupla Grenal! Por Matheus Henrique Assumpção

neymarsantosgremio

Na tarde/noite de domingo, pude conferir bem de perto o maior jogador brasileiro na atualidade, Neymar Jr. Embora o objetivo maior foi, e sempre será ver e apoiar o time do Grêmio, a simples presença do craque motiva, e muito, qualquer torcedor à deslocar-se ao estádio para vê-lo. O estádio lotou, não porque dezenas de simpatizantes de Odone e Brasinha entraram 'gratuitamente', e sim porque do outro lado estava o Santos, de Neymar. Era jogão. Pois bem, o craque se deu mal, ao ser expulso depois de pisar em Pará. O Santos não, esse se deu bem e arrancou um belo ponto no Olimpico, e por muito pouco não fez o crime.
O empate frustrante se deu por dois motivos: primeiro, o grêmio sustentou em campo uma armação tática voltada a segurar Neymar, que é mais que meio time santista. Com a expulsão o Grêmio perdeu-se, e muito, em função do segundo motivo: o cansaço. O desgaste do time gremista é visível, muito embora não esteja faltando superação, mas a perna falha, quem joga ou já jogou futebol sabe disso. Isso se dá em função da ideia de manter foco nas duas competições simultâneas (brasileirão e sulamericana), que passará a ser suicida(me refiro a ideia), muito em breve. Elano, por exemplo, que hoje é o cérebro/motor do time, vem diminuindo a cada jogo o seu ritmo.
Não bastasse a rodada 'horrível' para o Grêmio, a movimentação política do clube ajuda a atrapalhar o momento. O vídeo da fraude nas catracas do portão 05 não caiu bem para o presidente, e concorrente a reeleição, Paulo Odone. O mesmo afirmou que tratava-se de realocação de sócios, mas a trova não colou. Seria muita coincidência apenas os sócios votantes e simpatizantes do Brasinha, estampados com adesivos no peito, ingressarem pelo portão 05, com a desculpa de que a geral estava completamente cheia. É mais ou menos assim: ''Yo no creo en brujas, pero que las hay, las hay'.
Com o resultado, o Grêmio retira-se de mansinho da briga pelo título, que ficou muito bem encaminhada pelo Fluminense, que tem a constância a seu favor. Abel Braga tem um grupo vencedor em mãos, experiente, que já vem jogando junto no projeto de manutenção da equipe e faz apenas trocas pontuais. Além disso, o Flu tem Fred, atacante matador, frio, e decisivo. O galo segue tropeçando, assim como o Grêmio, e dificilmente terá forças de agredir o Flu. MAS, futebol é apaixonante porque o óbvio as vezes não é óbvio. O Flu tem ainda pela frente o confronto direto com Grêmio(no Rio) e Galo (em Minas) na sequência. Ficou difícil tirar do Rio esse título, mas...

img 1171 foto 1

Já o Internacional joga o campeonato sem saber se vai ou se fica. Poucos notam que o ano colorado resume-se a este fim de brasileirão, e que, sem a vaga para a Libertadores, será um ano perdido, já que desde que venceu o mundial em 2006, vence um título significativo por ano. Um clube cuja folha salarial gira na faixa de 8 à 9 milhões/mês, no mínimo dos mínimos deveria estar na competição continental em 2013, pois para gauchão/copa do brasil essa folha é demasiadamente alta. Pois bem, Fernandão faltou à essa aula de matemática lógica do curso de treinador de futebol. Se faltam 11 rodadas para o final, e o Inter necessita buscar pontos para alcançar o G4, que é viável, diga-se de passagem, não pode continuar jogando pra não perder. Ou joga para vencer, agredindo o adversário, buscando pontos dentro e fora de casa, ou antecipa a pré-temporada. O Inter é o 'Rei do Empate' no campeonato. Já soma 11 resultados iguais na competição, sendo 7 fora de casa. Com duas vitórias a mais dentro dessa relação de 11 empates, e o Inter estaria com o mesmo número de pontos do Vasco, que fecha o G4.
D'alessandro mais uma vez ficou fora (tá parecendo uma perseguição minha já, mas ou ele lesiona, ou é suspenso). Fernandão mais uma vez jogou com 3 volantes que não sabem criar, ou seja, a bola não chega em Damião, que faz gol de tudo quanto é jeito, que desencadeia um sistema defensivo, sem produtividade ofensiva, e por ai que explica-se o empate. Caso fique de fora do G4 ao término da competição, Fernandão não poderá culpar os jogadores da 'zona de conforto', e sim terá que rever seus sistemas táticos derivados de Roth. Como tem eleição no Inter também, só que ao final da temporada, quero ver quem terá 'culhão' de tirar o ídolo da casa-mata, que não vem fazendo um trabalho à altura do Internacional.
Essa semana teremos Brasil e Argentina pelo super clássico das Américas. Depois desse compromisso 'mais ou menos', o Brasil enfrenta o Iraque e o Japão, em dois jogos eletrizantes, huehuehuehuehu. Três jogos que servem apenas para desfalcar as equipes brasileiras na reta final do brasileirão.
Essa semana troco a dedicatória habitual por uma frase para o leitor refletir.


''A paz é igual a uma grande roda humana, enquanto todos estiverem de mãos dadas, as armas estarão no chão.'' Autor desconhecido

Boa semana à todos, fiquem com Deus.

Por: Matheus Henrique Assumpção

Apoio:

draggon

Draggon Artigos Esportivos, Br 386 KM 132em Sarandi.

Fone: 54 3361 2088

E-mail:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 Visite nossa página na Internet: http://www.draggon.com.br/

DiárioRS

CLIQUE AQUI, curta a Fan Page do site e fique informado sobre as notícias da região.

O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.