Cesurg Sarandi
Cresol Sarandi
Follow - Liv - G8 Pub
Grossi Combustiveis
  • Cesurg Sarandi
  • Cresol Sarandi
  • Grossi Combustiveis
  • Follow - Liv - G8 Pub
  • Home
  • Colunistas
  • Valeria R. Cenci
  • Futebol - Falar de Grenal é cutucar vespeiro, mas Tricolor levou a melhor. Por Matheus Henrique Assumpção

Siga nossa página

Futebol - Falar de Grenal é cutucar vespeiro, mas Tricolor levou a melhor. Por Matheus Henrique Assumpção

grenal 1

 A volta da coluna não poderia ser melhor. Depois de alguns dias "sumido" devido à manutenção do site, a volta foi predestinada justamente após o maior jogo dos gaúchos.
Falar de grenal é cutucar vespeiro. Perdão aos colorados, alguns pontos deverão ser destacados. Vejamos:
1° o Público do Beira Rio foi de 10.617 (total) / 8.840 pagantes. Tudo bem, teve chuva constante durante o dia em Porto Alegre, e a capacidade estava diminuida para 17 mil pessoas. Ainda assim, é decepcionante. Bom para a torcida gremista que fez a festa durante toda a partida e se fazia ouvir no terreno adversário.
2° Fernandão fechou seus treinos durante a semana. Teve a volta de grandes jogadores e quase todo seu elenco à disposição. O segredo só foi revelado minutos antes da equipe pisar no gramado. Investiu Kléber na meia cancha, e errou. Por ora, o que fica evidenciado é a falta de "culhão" para sacar Kléber e manter Fabrício na equipe. Estaria de volta a "panelinha" que se criou no time do Inter?
3° Elano não foi o responsável pela vitória gremista, mas foi o personagem. Foram 15 minutos em campo e um gol, o da vitória. O Grêmio sentiu sua falta, perdeu em controle de bola, e principalmente na criação das jogadas. Seu substituto não veste a camisa à altura e deixa claro a falta de reposições para a equipe no meio campo.
4° Grenal é um jogo folclórico. Uma expectativa se formou em torno de um possível gol do craque Forlán, e também ao goleiro Marcelo Grohe, já que o goleiro anterior da meta gremista sempre foi alvo da torcida adversária pelas suas falhas em grenais. Pois bem, Forlán ainda não mostrou a que veio, teve alguns bons jogos, entretanto está longe do jogador da copa de 2010. Já Marcelo Grohe em nada "honrou" Victor e teve uma ótima atuação. A defesa nos acréscimos, embora o impedimento assinalado, é de uma qualidade espetacular. Foi o melhor da partida.
5° O responsável pela vitória gremista é Vanderlei Luxemburgo. A maior virtude do treinador gremista é da sua gestão. O trabalho que realiza sua comissão técnica não é mais segredo pra ninguém. Apesar do cansaço de meio de semana, o time mostrou uma superação física fantástica. A união da equipe como um todo atrás do objetivo é dedo seu. A direção lhe dá carta branca para fazer e desfazer na Azenha. Só não ve quem não quer a revolução tática do Grêmio, a obediência que os jogadores têm pelo mestre, a confiança depositada no trabalho de Luxa. Não é por acaso a colocação na tabela.
Mas engana-se quem vê o resultado e não assistiu o jogo. O Inter foi mais incisivo que o Grêmio, também pudera, começou o jogo perdendo, era preciso correr atrás do prejuízo. Correu atrás desesperado, desorganizado. As jogadas coloradas eram na base da combatividade e bolas aéreas. A entrada de Kléber no meio não deu certo.
Ainda assim, houve pontos positivos do Inter neste jogo. A equipe se entregou, até mais que o próprio Grêmio. O volante Ygor desempenhou bem seu papel de cão de guarda, liberando Guinazu para sair mais para o jogo. Os laterais colorados apoiaram mais que os gremistas. O que não se tem a mínima dúvida é a dependência colorada por D'alessandro.
Essa 'organização' que falta ao Inter o Grêmio possui. Embora a criação estivesse prejudicada sem seu melhor homem de meio campo, o time sabia como atacar, com quantos homens chegar a frente sem enfraquecer o sistema defensivo. Aliás, o sistema defensivo foi o ponto forte no grenal. Gilberto Silva esteve gigante na marcação de Leandro Damião. Pará não atacou o suficiente mas soube marcar bem as subidas de Fabrício e Kléber. Faltou criatividade e sobrou fôlego para o desgastado time gremista.
A Fernandão cabe agora reconstruir o Inter depois do revés. Segue longe a briga pelo título, embora tenha meio campeonato pela frente. Para o Grêmio a palavra de ordem é novamente descansar. Na quarta feira joga em casa diante do Vasco, e com a vitória é mais um candidato que fica para trás, ainda que momentaneamente.
O Grêmio assume a 3°posição na tabela, perseguindo os líderes Atlético MG e Fluminense, donos de campanhas invejáveis. O Inter despencou na tabela, está 6 pontos atrás do rival e 11 do líder, ocupando a 6° posição.
Para essa coluna a dedicatória vai a todos os gremistas, que mantém o sonho de título, e que vão tirar muito sarro dos rivais no decorrer da semana. Conte piadas, "corneteie" de forma saudável que o futebol é isso. Um dia é da caça, outro do caçador. Boa semana à todos.

Por: Matheus Henrique Assumpção

matheus

Apoio:

draggon

Draggon Artigos Esportivos, Br 386 KM 132em Sarandi.

Fone: 54 3361 2088

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 Visite nossa página na Internet: http://www.draggon.com.br/

 DiárioRS

CLIQUE AQUI, curta a Fan Page do site e fique informado sobre as notícias da região.

O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.