Grossi Combustiveis
Cesurg Sarandi
Chini Centro Auditivo
Cresol Sarandi
  • Grossi Combustiveis
  • Cesurg Sarandi
  • Cresol Sarandi
  • Chini Centro Auditivo
  • Casarotto Imóveis
  • Dec´s
  • Milani Corretora de Seguros
  • Cotrisal
  • Teloken Engenharia LTDA
  • Drággon Artigos Esportivos
  • Fornari Advogados Associados
  • Barbearia 84
  • Signomar Comércio de Bebidas
  • Rembecker Estruturas Metálicas
  • Taura Auto Peças
  • Clínica Estética Vitallitá
  • Gostinho Della
  • X & Cia
  • VS Gráfica Expressa
  • PróVida
  • Consórcio Sarandi
  • Master Informática
  • Farmácia Nossa Senhora de Fátima
  • Laboratório Sarandi
  • Home
  • Notícias
  • Sicredi disponibiliza R$ 22,9 bilhões para Plano Safra 2020/2021

Sicredi disponibiliza R$ 22,9 bilhões para Plano Safra 2020/2021

 

Expectativa é realizar aproximadamente 227 mil operações de fomento ao agronegócio no novo ciclo agropecuário

 

Para reforçar sua forte atuação junto ao agronegócio brasileiro, consolidando a posição entre os principais financiadores do setor, o Sicredi irá disponibilizar mais de R$ 22,9 bilhões em crédito rural no Plano Safra 2020/2021, o que representa um aumento de 10% em relação ao ano-safra anterior. A projeção é que os recursos sejam disponibilizados para aproximadamente 227 mil operações. 

Desse total, a expectativa da instituição financeira cooperativa, que reúne mais de 4,5 milhões de associados em 22 estados, é disponibilizar R$ 10,4 bilhões para operações de custeio, comercialização, industrialização e investimento, R$ 5,2 bilhões via Pronamp (Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural) e R$ 4,3 bilhões via Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar), além de R$ 3 bilhões com recursos direcionados, oriundos do BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social).

“A atuação do Sicredi na agricultura familiar e em toda cadeia do agronegócio tem suas raízes na sua fundação, em 1902. Investimos incessantemente na oferta de crédito e serviços para as empresas e produtores rurais, contribuindo com a sustentabilidade e o desenvolvimento das economias locais. O associado que obtém financiamentos para o seu empreendimento no campo gera empregos e renda, alimentando o desenvolvimento de sua comunidade”, afirma Gustavo Freitas, diretor executivo de Crédito do Banco Cooperativo Sicredi.

No Plano Safra 2019/2020, os pequenos e médios produtores rurais estiveram entre os perfis de associados mais atendidos pela instituição, representando 80% das operações realizadas. A expectativa é que esse patamar seja mantido no próximo ciclo.

O Sicredi já está recebendo as propostas de financiamento para o Plano Safra 2020/2021, que vai até o final de junho do próximo ano. Antes de solicitar o crédito, o produtor rural associado deve fazer o planejamento da próxima safra (considerando o que vai plantar, qual é a área de cultivo e o orçamento necessário com base na análise de solo e sob orientação técnica quanto ao uso dos insumos e os demais serviços que serão utilizados). Depois disso, munido de todas essas informações, poderá procurar a sua agência para dar andamento à proposta e demais procedimentos para aprovação e liberação do crédito.

 

Balanço da safra 2019/2020 no Sicredi

No ano-safra 2019/2020, que ainda não teve os dados consolidados, o Sicredi estima ter liberado R$ 20,7 bilhões - crescimento de 15% se comparado ao ano-safra anterior -, em mais de 203 mil operações. Desse montante, aproximadamente R$ 2,3 bilhões foram concedidos com recursos oriundos do BNDES.

 

Plano Safra 2020/2021

Q&A

Quando começa o Plano Safra 2020/2021 no Sicredi?

O Sicredi começa a receber as propostas de financiamento para o Plano Safra a partir de 1º de julho de 2020.

Como foi a liberação de recursos no ciclo 2019/2020?

No ano-safra 2019/2020, ainda em dados preliminares, o Sicredi liberou R$ 18,4 bilhões em crédito rural em aproximadamente 184,5 mil operações de custeio, investimento, comercialização e industrialização. Além desses recursos, deve fechar o ciclo com a liberação de R$ 2,3 bilhões com recursos oriundos do BNDES, totalizando R$ 20,7 bilhões - crescimento de 15% se comparado ao ano-safra anterior -, em mais de 203 mil operações.

Quanto o Sicredi projeta liberar para a Safra 2020/2021?

O Sicredi projeta disponibilizar mais de R$ 22,9 bilhões em crédito rural no Plano Safra 2020/2021, o que representa um aumento de 10% em relação ao ano-safra anterior. A projeção é que os recursos sejam disponibilizados para aproximadamente 227 mil operações. 

Qual é a divisão destes recursos?

Deste total, a expectativa da instituição financeira cooperativa, que reúne mais de 4,5 milhões de associados em 22 estados, é disponibilizar R$ 10,4 bilhões para operações de custeio, comercialização, industrialização e investimento, R$ 5,2 bilhões via Pronamp (Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural) e R$ 4,3 bilhões via Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar), além de R$ 3 bilhões com recursos direcionados, oriundos do BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social).

Quem é o público-alvo?

No Plano Safra 2019/2020, os pequenos e médios produtores rurais estavam entre os perfis de associados mais atendidos pela instituição, representando 80% das operações realizadas. A expectativa é que esse patamar seja mantido, mas também estamos preparados para atender produtores rurais de grande porte.

Quais serão as linhas de crédito atendidas pelo Sicredi?

Os recursos são disponibilizados ao crédito rural para as operações de custeio, investimento e comercialização, bem como as linhas contratadas com recursos direcionados à investimentos pelo BNDES.

 

Quais são as diferenças entre as linhas de custeio, comercialização e investimento?

O custeio é uma das finalidades do crédito rural e destina-se a cobrir as despesas normais dos ciclos produtivos das atividades agrícola ou pecuária, tais como plantio de lavoura e formação de pastagens.  A comercialização engloba despesas posteriores ao cultivo e produção como transporte, beneficiamento e armazenamento dos produtos para venda futura. Os recursos para investimento podem ser usados na construção de silos, compra de maquinário, implementação de lavoura permanente, projeto de recuperação de pastagens e aquisição de rebanho.

Quais são as recomendações para os associados?

Antes de solicitar o crédito, o associado deve fazer o planejamento da próxima safra – o que vai plantar, qual é a área de cultivo e o orçamento necessário com base na análise de solo e sob orientação técnica sobre o uso dos insumos e os demais serviços que serão utilizados. Com todas as informações em mãos, pode procurar a sua agência para dar andamento para a proposta e demais procedimentos para aprovação e liberação do crédito.

Quais as vantagens que os produtores rurais têm em buscar o financiamento junto ao Sicredi?

Por ser associado do Sicredi, o produtor, ao optar por tomar financiamento na instituição, está contribuindo para o crescimento do seu próprio negócio, com possibilidades de retorno de resultados, com o desenvolvimento da sua cooperativa de crédito e da comunidade local.

 

De que forma o Sicredi auxilia os agricultores familiares?

As cooperativas de crédito integrantes do Sicredi atuam focadas em oferecer aos agricultores familiares associados uma linha de produtos e serviços (cheque, cartão, seguro, crédito, consórcio, conta corrente, aplicações, etc.) que agregue renda e contribua para a melhoria da qualidade de vida. Entre as soluções, podemos destacar a constante busca pelo atendimento das demandas de crédito por meio das linhas de crédito do Pronaf (custeio e investimento), com taxas e prazos compatíveis com suas necessidades e que viabilizam melhorar o processo produtivo e, por consequência, a sua produtividade/rentabilidade.

Quais as fontes dos recursos que financiam o Agro no Sicredi? 

A poupança é a principal fonte de financiamento do agro. Porém, também temos recursos oriundos da captação de LCA e oriundos das exigibilidades bancárias (Recursos Obrigatórios).

 

Sicredi Plano Safra

Fonte: Simone Luiza Fritzen - Analista de Programas Sociais - Comunicação, Marketing e Relacionamento

CLIQUE AQUI, curta a Fan Page do site e fique informado sobre as notícias da região.

O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

  • Drago Restaurante e Pizzaria
  • Eficaz
  • SCT Construtora e Incorporadora LTDA
  • Estação Fitness
  • Revista Spelho
  • Confecções Helenice