Grossi Combustiveis
Cesurg Sarandi
Chini Centro Auditivo
Cresol Sarandi
  • Cresol Sarandi
  • Cesurg Sarandi
  • Chini Centro Auditivo
  • Grossi Combustiveis
  • VS Gráfica Expressa
  • Taura Auto Peças
  • Consórcio Sarandi
  • Gostinho Della
  • Barbearia 84
  • Dec´s
  • Milani Corretora de Seguros
  • Fornari Advogados Associados
  • Clínica Estética Vitallitá
  • Rembecker Estruturas Metálicas
  • Cotrisal
  • Signomar Comércio de Bebidas
  • Drággon Artigos Esportivos
  • Master Informática
  • Casarotto Imóveis
  • X & Cia
  • Teloken Engenharia LTDA
  • PróVida
  • Laboratório Sarandi
  • Farmácia Nossa Senhora de Fátima
  • Home
  • Notícias
  • Sarandi - Após vários dias, município volta a Bandeira Laranja

Sarandi - Após vários dias, município volta a Bandeira Laranja

Com análise de recursos, número de regiões na bandeira vermelha cai de 12 para seis 

EehchRDXkAE6F Q

Agosto chegou com o menor mapa de risco das últimas quatro semanas no Estado. Ao atualizar o sistema de distanciamento controlado, nesta segunda-feira (3), o governador Eduardo Leite anunciou seis regiões em bandeira vermelha: Porto AlegreCanoasTaquaraNovo HamburgoPasso Fundo e Lajeado. As regras mais restritivas entram em vigor nesta terça-feira (4). 

Após análise do gabinete de crise, foram acatados os pedidos de reconsideração de outras seis regiões. Dessa forma, ficam sob bandeira laranja Bagé, Pelotas, Palmeira das Missões, Caxias do Sul, Santo Ângelo e Santa Rosa. 

Com o resultado do julgamento dos recursos, 165 dos 497 municípios gaúchos permanecem sob alerta crítico para contágio do coronavírus. Nessas cidades, vivem 5,6 milhões de pessoas, cerca de metade da população estadual. Todavia, 65 prefeituras poderão adotar parâmetros de bandeira laranja por não terem registrado nenhum óbito ou hospitalização nos últimos 14 dias.

Logo no início da transmissão, o governador fez questão de citar a marca das 2 mil mortes por covid-19 alcançadas no Estado. Ao se solidarizar com as famílias das vítimas, Leite lembrou que o Rio Grande do Sul tem o quarto menor índice de óbitos entre as unidades da federação.

— Como estatística, é um percentual, mas para quem perdeu a vida é 100% — comentou. 

Diante das constantes críticas ao modelo das bandeiras e das reclamações de entidades empresariais por uma urgente retomada da atividade econômica, o tucano citou que o sistema concebido pelo governo resultou em menores taxas de incidência de contaminação, de letalidade e de perda da arrecadação, em comparação com outros Estados. 

Segundo Leite, a receita encolheu 5,7% ante uma média nacional de 15%. Quase ao final da transmissão, ao verificar uma melhora nos indicadores sanitários, ele acenou com a possibilidade de flexibilização nos freios impostos pela bandeira vermelha à atividade econômica. 

— Podemos admitir discutir protocolos para bandeira vermelha com funcionamento de atividades comerciais que hoje estão restritas — afirmou.

Fonte: Gaúcha ZH

CLIQUE AQUI, curta a Fan Page do site e fique informado sobre as notícias da região.

O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

  • Confecções Helenice
  • Drago Restaurante e Pizzaria
  • Eficaz
  • Estação Fitness
  • Revista Spelho
  • SCT Construtora e Incorporadora LTDA