Cresol Sarandi
Grossi Combustiveis
Chini Centro Auditivo
Cesurg Sarandi
  • Grossi Combustiveis
  • Cresol Sarandi
  • Chini Centro Auditivo
  • Cesurg Sarandi
  • Laboratório Sarandi
  • Fornari Advogados Associados
  • Drággon Artigos Esportivos
  • Teloken Engenharia LTDA
  • Master Informática
  • Clínica Estética Vitallitá
  • Dec´s
  • Barbearia 84
  • Cotrisal
  • Signomar Comércio de Bebidas
  • Casarotto Imóveis
  • Rembecker Estruturas Metálicas
  • Farmácia Nossa Senhora de Fátima
  • Gostinho Della
  • Consórcio Sarandi
  • PróVida
  • X & Cia
  • Taura Auto Peças
  • Milani Corretora de Seguros
  • VS Gráfica Expressa
  • Home
  • Notícias
  • Proposta de reforma tributária irá tramitar em regime de urgência na Assembleia Legislativa

Proposta de reforma tributária irá tramitar em regime de urgência na Assembleia Legislativa

 

280671 S

O presidente da Assembleia Legislativa, Ernani Polo (PP), recebeu o governador Eduardo Leite (PSDB), na manhã desta segunda-feira (10), para a apresentação da proposta de reforma tributária. O protocolo dos três projetos de lei deve ocorrer de forma eletrônica à tarde. A pedido do governador, a tramitação será em regime de urgência, o que significa que o Parlamento terá 30 dias para a apreciação dos projetos. Se não houver deliberação no prazo, ou seja até 9 de setembro, os projetos serão incluídos na Ordem do Dia, passando a trancar a pauta de votações. Com isso, a provável data de votação é 16 de setembro.
 
A partir do protocolo, os projetos cumprirão dez dias de pauta no Departamento de Assessoramento Legislativo para que possam ser apresentadas emendas aos textos originais. Depois, os projetos irão para a CCJ (Comissão de Constituição e Justiça), sem passar por outras comissões de mérito. Para ser aprovado em plenário, cada PL precisará de maioria simples entre os presentes, com quórum mínimo de 28 parlamentares.
 
A entrega da proposta, realizada no Vestíbulo Nobre do Palácio Farroupilha, foi acompanhada pelo vice-governador Ranolfo Vieira Junior (PTB), pelo secretário da Fazenda, Marco Aurelio Cardoso, pelo chefe da Casa Civil, Otomar Vivian, e pelo procurador-geral do Estado, Eduardo Cunha da Costa, além dos deputados estaduais Frederico Antunes (PP), que é líder do governo, Gabriel Souza (MDB), Mateus Wesp (PSDB) e Fábio Ostermann (Novo). Foi entregue a Polo, ainda, o modelo do cartão Devolve ICMS, que integra a proposta e prevê a devolução de impostos para famílias com renda de até três salários mínimos.
 
Foco na competitividade
Polo destacou o papel do Parlamento de fazer um amplo debate sobre a reforma tributária e aprimorá-la com a meta de melhorar os indicadores de competitividade do Rio Grande do Sul, numa referência a sua bandeira de gestão à frente da Assembleia neste ano. “A competitividade é o caminho para que a gente consiga, a médio e longo prazo, que o Estado retome o crescimento e o desenvolvimento, a geração de novos negócios e mais oportunidades de emprego e isso, consequentemente, trará um efeito positivo na nossa economia. Então, manter a competitividade dos nossos setores produtivos é, sem dúvida, uma necessidade, e é o grande desafio”, afirmou. 
 
Alterações
Segundo o governo do Estado, a principal alteração em relação ao divulgado originalmente é a implementação da redução da alíquota básica do ICMS de 18% para 17% já a partir do ano que vem, e não mais numa transição até 2023. Os projetos também preveem a redução do número de alíquotas de ICMS de cinco para duas: 17% e 25%, a revisão sistemática de benefícios fiscais, a extinção de isenções de produtos da cesta básica com devolução de impostos para famílias carentes e a elevação da alíquota do IPVA de 3% para 3,5% para automóveis.
 
Leite explicou a necessidade de buscar outras formas de enfrentar o desequilíbrio fiscal das contas públicas, especialmente pela futura perda de arrecadação com o fim das alíquotas majoradas do ICMS, que se encerram em 31 de dezembro. A estimativa de perda é de R$ 2,85 bilhões em 2021, sendo R$ 850 milhões para as prefeituras. O governador elogiou a atual legislatura por estar à altura dos grandes debates atuais, referindo-se a privatizações, novo Código Ambiental e mudanças na carreira e previdência dos servidores.
 
Créditos: Maicon Bock - MTE 11.813 | Presidência - 12:52 - 10/08/2020 - Foto: Joel Vargas
CLIQUE AQUI, curta a Fan Page do site e fique informado sobre as notícias da região.

O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

  • SCT Construtora e Incorporadora LTDA
  • Drago Restaurante e Pizzaria
  • Estação Fitness
  • Revista Spelho
  • Confecções Helenice
  • Eficaz