Cesurg Sarandi
Cresol Sarandi
Follow - Liv - G8 Pub
Grossi Combustiveis
  • Follow - Liv - G8 Pub
  • Grossi Combustiveis
  • Cresol Sarandi
  • Cesurg Sarandi
  • Barbearia Da Luz
  • Laboratório Sarandi
  • Milani Corretora de Seguros
  • Taura Auto Peças
  • VS Gráfica Expressa
  • Gostinho Della
  • Signomar Comércio de Bebidas
  • Clínica Estética Vitallitá
  • Bortoluzzi Odontologia
  • Casarotto Imóveis
  • Drággon Artigos Esportivos
  • Restaurante 4 Ases
  • Fornari Advogados Associados
  • Cotrisal
  • Farmácia Nossa Senhora de Fátima
  • Barbearia 84
  • Teloken Engenharia LTDA
  • Rembecker Estruturas Metálicas
  • X & Cia
  • Rômulo De Cezaro
  • Home
  • Notícias
  • Sarandi - Programa da JCI abordou tributos e a área contábil

Siga nossa página

Sarandi - Programa da JCI abordou tributos e a área contábil

A Rádio Sarandi apresenta todos os sábados das 8 as 9 horas o programa da JCI que é apresentado pelos membros da JCI no sentido de levar a boa informação sobre saúde, educação, meio ambiente e tudo que é atualidade é destaque no programa da JCI que a trinta e oito anos cria mudanças positivas na comunidade Sarandiense.

No programa do dia 15 de setembro de 2012, da JCI – Câmara Júnior, os entrevistados foram o Sr. Vilson César Barrichello, delegado do Conselho Regional de Contabilidade do Rio Grande do Sul (CRC-RS) de Sarandi e o Sr. Artêmio Mattei, delegado honorário do CRC-RS de Sarandi e os entrevistadores foram os juniores Luiz Fernando Giovanini e Leonardo Portolan.

Os assuntos em destaque foram o Conselho Regional de Contabilidade – CRC-RS, o Congresso Brasileiro de Contabilidade, que ocorreu em Belém do Pará e temas do dia a dia dos profissionais de contabilidade, como o SPED – Sistema Público de Escrituração Digital, a elevada carga tributária e as transformações pela qual a contabilidade vem passando.O entrevistado Artêmio passou para os presentes que esteve delegado do CRC em Sarandi entre o período de 10/07/1987 até 20/01/2011, ano em que foi proclamado Delegado Honorário do CRC-RS, em virtude dos anos de serviços prestados para a classe contábil.

Ambos entrevistados falaram que o CRCRS é composto por 106 delegacias e 16 escritórios regionais e a área de jurisdição da delegacia de Sarandi compreende os municípios de Sarandi, Barra Funda, Constantina, Engenho Velho, Liberato Salzano, Nonoai, Nova Boa Vista, Ronda Alta, Rondinha, Três Palmeiras, Trindade do Sul e Novo Xingú.

Como o entrevistado Vilson esteve em uma viagem para Belém do Pará participando do 19º Congresso Brasileiro de Contabilidade, ele relatou os principais assuntos abordados naquele evento e colocou que sua presença no congresso ocorreu como uma premiação da Delegacia de Sarandi, pelo destaque como segunda melhor Delegacia do Rio Grande do Sul no que tange ao interesse dos profissionais em buscar conhecimento, assiduidade de contribuições junto à classe e pontualidade das obrigações do delegado junto ao CRC-RS.

Os temas abordados no Congresso Brasileiro de Contabilidade deste ano são os que mais preocupam os contabilistas e os empresários, e o SPED – Sistema Público de Escrituração Digital teve destaque, pois com este sistema, o fisco vem aumentando os controles sobre as empresas e consequentemente a arrecadação, porém, o custo das empresas tem aumentado significativamente para atender as exigências que este sistema exige – e este custo acaba sendo repassado para o consumidor, além de aumentar o custo Brasil, engessando o setor produtivo e dificultando a competitividade das empresas nacionais com o mercado internacional.

Outro ponto que dificulta a operacionalização do SPED e do dia a dia das empresas é a complexidade da legislação tributária brasileira onde se tem 27 legislações tributárias normatizando os tributos estaduais, como o ICMS e 5.565 legislações normatizando os tributos municipais como o ISSQN, sem contar com as leis federais que são muitas vezes contraditórias. Apesar de confusa e onerosa para o contribuinte, a tributação brasileira é eficaz em arrecadar, porém o governo é ineficiente na aplicação dos recursos arrecadados.No que tange as alterações que vem sofrendo a Contabilidade, os entrevistados declararam que após a entrada do Plano Real, tivemos um período de estabilidade, sem uma inflação altíssima que a sociedade estava sofrendo como um todo e o fim da inflação, para a contabilidade foi muito importante, pois as demonstrações contábeis conseguiam, dessa forma, ser melhores elaboradas e comparadas de um ano para outro, sem a necessidade de índices que corrigiam a inflação.

No final do programa os entrevistados concluíram que a adoção das IFRS – Normas Internacionais de Contabilidade, pelo Brasil, proporcionou uma maior credibilidade às demonstrações contábeis brasileiras, pois elas são apresentadas num formato compreendido e reconhecido mundialmente, seja no Brasil ou nos diversos países do mundo que adotam essas normas.

imagem copiar copiar copiar copiar copiar copiar copiar

Por Fernando Luis Concatto.

CLIQUE AQUI, curta a Fan Page do site e fique informado sobre as notícias da região.

O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

  • SCT Construtora e Incorporadora LTDA
  • Vimesq
  • Revista Spelho
  • Estação Fitness
  • Eficaz
  • Confecções Helenice
  • Drago Restaurante e Pizzaria