Grossi Combustiveis
Follow - Liv - G8 Pub
Cesurg Sarandi
Cresol Sarandi
  • Grossi Combustiveis
  • Cesurg Sarandi
  • Cresol Sarandi
  • Follow - Liv - G8 Pub
  • Fornari Advogados Associados
  • Clínica Estética Vitallitá
  • Casarotto Imóveis
  • Farmácia Nossa Senhora de Fátima
  • Drággon Artigos Esportivos
  • Teloken Engenharia LTDA
  • Sicredi
  • Barbearia Da Luz
  • Bortoluzzi Odontologia
  • Taura Auto Peças
  • Milani Corretora de Seguros
  • Parada Obrigatória Consultoria e Assessoria de Multas de Trânsito
  • Cotrisal
  • Laboratório Sarandi
  • Signomar Comércio de Bebidas
  • Instituto Vida NOva
  • Gostinho Della
  • Rembecker Estruturas Metálicas
  • Rômulo De Cezaro
  • Restaurante 4 Ases
  • Barbearia 84
  • VS Gráfica Expressa
  • X & Cia
  • Home
  • Notícias
  • Sarandi - Rodoviária de Sarandi não fechará diz a responsável

Siga nossa página

Sarandi - Rodoviária de Sarandi não fechará diz a responsável

0000000aestaçao rodoviária01.jpgA notícia divulgada no final de semana sobre o possível fechamento de pelo menos 28 estações rodoviárias no Estado pegou de surpresa a população da maioria dos municípios citados pelo Daer, Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem , e entre esses municípios está Sarandi.

O Daer alega a falta de interessados em administrar esses locais para um possível fechamento das estações rodoviárias e a transformação em  paradas. Alem da falta de interessados em participar das licitações para administrar as estações rodoviárias boa parte dos processos estão suspensos pelo Tribunal de Contas do Estado.

Entre as causas, está a baixa rentabilidade. Sem interesse privado, em algumas cidades o Daer terá que recorrer aos municípios para manter as estações funcionando. Os municípios, no entanto, não são obrigados a responder pelo serviço. De acordo com o Daer, se não houver interessados em assumir a gestão da rodoviária — nem mesmo a administração pública .

A  responsável pela empresa que administra a estação rodoviária de Sarandi                  diz que a reclamação de maioria dos administradores desse serviço no Estado é justa, ela diz que a baixa rentabilidade é a causa da falta de interessados em participar das licitações ou renovação dos contratos. A responsável   diz eu já manteve contato com a prefeitura de Sarandi para a busca de uma solução para manter a estação rodoviária aberta. Durante o processo de preparação das licitações, o Daer dividiu as rodoviárias em quatro grupos, de acordo com a arrecadação mensal de cada uma. Dentre as que não tiveram interessados, a maioria pertence à 4ª categoria, com renda abaixo de R$ 7 mil, situação na qual se enquadra a  rodoviária de Sarandi.

Administrando a estação rodoviária de Sarandi a mais de 15 anos, a responsável diz que nesse período nunca houve licitação e  que o funcionamento durante todos esses anos é regido por um contrato feito com o Daer que agora está exigindo melhorias na maioria das  estações, o que, segundo ela, é inviável para a maioria das cidades devido ao baixo faturamento, ela explica que  a empresa fatura apenas 10% do valor de cada passagem vendida.

A administradora da estação rodoviária de Sarandi explica ainda que “ não vai fechar a estação” e que estuda algumas melhorias no prédio mas a maior dificuldade é a construção de boxes para os ônibus que no local atual é impossível, para isso, acrescenta,  uma solução deverá ser buscada em conjunto com a prefeitura. Ela revela ainda que não vai   “oferecer proposta ao Daer “ e que a construção de um novo prédio será analisada junto com a prefeitura.

A estação rodoviária de Sarandi fica aberta das 06h30min até as 04.00h do dia seguinte e possui cinco funcionários.

O processo foi iniciado porque os contratos atualmente em vigor são considerados irregulares pela Justiça, por não terem passado por uma licitação, e além disso a avaliação é de que o serviço é deficiente. Mesmo assim, até o final dos processos os atuais administradores seguem na gestão dos postos.(Jose Leal-Folha da Produção)

DiárioRS

CLIQUE AQUI, curta a Fan Page do site e fique informado sobre as notícias da região.

O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

  • Confecções Helenice
  • Estação Fitness
  • SCT Construtora e Incorporadora LTDA
  • Revista Spelho
  • Drago Restaurante e Pizzaria
  • Vimesq
  • Eficaz