Grossi Combustiveis
Cresol Sarandi
Cesurg Sarandi
Chini Centro Auditivo
  • Grossi Combustiveis
  • Cresol Sarandi
  • Cesurg Sarandi
  • Chini Centro Auditivo
  • Clínica Estética Vitallitá
  • Fornari Advogados Associados
  • Casarotto Imóveis
  • Teloken Engenharia LTDA
  • Cotrisal
  • Laboratório Sarandi
  • Barbearia 84
  • Drággon Artigos Esportivos
  • Gostinho Della
  • Taura Auto Peças
  • Rembecker Estruturas Metálicas
  • Dec´s
  • Signomar Comércio de Bebidas
  • PróVida
  • Master Informática
  • VS Gráfica Expressa
  • Consórcio Sarandi
  • Farmácia Nossa Senhora de Fátima
  • Milani Corretora de Seguros
  • X & Cia

Ações em prol da segurança e soberania alimentar são realizadas no Norte do RS

 

Promover a segurança e soberania alimentar é um dos compromissos que a Emater/RS-Ascar tem com as milhares de famílias de agricultores que vivem no meio rural em todo o RS. Intrínseca em todas as suas ações, a assistência técnica desenvolvida pelos extensionistas rurais visa à geração de renda e a promoção do bem-estar e qualidade de vida das famílias do campo.

Para fortalecer ainda mais esses objetivos, na região Norte do Estado, que abrange 42 municípios, a Emater/RS-Ascar, vinculada à Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), há cinco anos desenvolve a Campanha Regional Produza seu alimento e colha saúde, que já beneficiou centenas de famílias rurais e urbanas, escolas e entidades da região, através do estímulo à produção de subsistência, promovendo a segurança e soberania alimentar e influenciando na melhoria dos hábitos alimentares e na qualidade de vida.

A Campanha Produza seu alimento e colha saúde vem sendo desenvolvida na intenção de disseminar o debate sobre a produção saudável e sustentável de alimentos, valorizando a produção local, a melhoria da alimentação e da saúde, a comercialização de produtos, a maior geração de renda para as famílias, potencializar programas de incentivo como o Programa Nacional da Alimentação Escolar (Pnae) e o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), e o resgate da biodiversidade, entre outros objetivos.

Essa ação tem alcançado significativos resultados na região durante os cinco anos de realização. O foco é incrementar a produção de hortas e pomares. “Junto ao resultado do cultivo vem a parte do consumo adequado, identificando a necessidade de melhoria nos hábitos alimentares, para evitar o alto índice de consumo de industrializados. É preciso haver a reconexão do urbano com o rural. Portanto, a Campanha intensifica o plantio e promove a educação alimentar”, salientou a extensionista rural da Emater/RS-Ascar, Dulcenéia Haas Wommer, responsável pela coordenação desse projeto.

Para dar continuidade a essas importantes ações, a Campanha Regional Produza seu alimento e colha saúde seguirá sendo realizada no próximo ano, com novos focos e destaques, para atender às famílias rurais da região e garantir sua segurança e soberania alimentar.

“Definimos pela continuidade da Campanha, pelos excelentes resultados. Queremos fortalecer a visão da produção de subsistência, estimulando a melhoria dos hábitos de produção, de consumo e de compra. Isso está relacionado com a saúde e com a renda das famílias”, afirmou a extensionista. Pela representatividade e pelos excelentes resultados obtidos na região, a Campanha Produza seu alimento e colha saúde foi um dos trabalhos apresentados na III AgUrb (Agriculture and Food in a Urbanizing Society),

em 2018, ganhando destaque internacional. “Estamos realizados e satisfeitos em ver que a nossa região está trabalhando um tema que faz parte da discussão mundial, que é a produção de alimentos, com consumo consciente e de qualidade. Sabemos que estamos no caminho certo”, completou Dulcenéia.

Nos 42 municípios onde é realizada, a Campanha direcionou as atividades e metodologias desenvolvidas com as famílias locais, despertando o pensamento coletivo envolvendo a segurança e soberania alimentar.

Em Liberato Salzano, esse trabalho foi além. Incentivadas pela Emater/RS-Ascar, agricultoras familiares iniciaram, em 2017, o grupo Guardiãs do Futuro, criado com o objetivo de resgatar sementes, mudas frutíferas e nativas, para garantir a saúde da população, o cuidado com o meio ambiente e a qualidade de vida das famílias. “Iniciamos o grupo com 15 participantes, hoje estamos em 45 pessoas. Além das trocas de experiências entre nós, da melhoria que já realizamos na alimentação e saúde da família, bem como na organização da propriedade, vamos investir na construção de um moinho para fabricação de farinha e canjica e na aquisição de um descascador de arroz, pensando na qualidade da saúde das famílias, agregando renda e incentivando os jovens a permanecer no meio rural”, contou a agricultora Rosane Cover, presidente do grupo Guardiãs do Futuro.

“A Campanha veio intensificar as ações de produção de alimentos limpos e saudáveis no município. Através deste projeto, organizamos uma banca de mudas e sementes crioulas na Emater, que é mantida pela troca e doação de mudas e sementes do grupo Guardiãs do Futuro. Da mesma forma, intensificamos os pedidos de mudas e sementes crioulas de alimentos que não possuem disponibilidade no município, como mudas de árvores frutíferas, batata, batata-doce, mandioca, alho, cana-de-açúcar, morango, arroz, feijão, milho, amendoim e também a aquisição de aves caipiras”, explicou a extensionista rural da Emater/RS-Ascar de Liberato Salzano, Luciene Duso.

Em Liberato Salzano, todo o ano a Emater/RS-Ascar encaminha projetos de aquisição de sementes orgânicas através do programa Banrisul Sementes, beneficiando o grupo Guardiãs do Futuro, as escolas de educação no campo e a área indígena, e fomentando a alimentação livre de agrotóxicos, saudável e diversificada. “Essas ações da Campanha reforçam a importância de uma alimentação de qualidade, limpa e segura, em que a melhor forma de garantia desse alimento é através da autoprodução ou da aquisição de produtos da agricultura familiar. A Campanha é a marca da diversidade, inovação de ações, multiplicação de benefícios e muitos resultados na busca da melhoria das condições de saúde de uma população que começa a reinventar os valores, usando o simples, o natural e o caseiro como o grande cardápio do dia”, destacou Luciene.

A discussão acerca da segurança e soberania alimentar das famílias é um tema mundial. Neste mês de outubro, no dia 16, é celebrado o Dia Mundial da Alimentação. Desde

1981, a data é comemorada em mais de 150 países. O tema do Dia Mundial da Alimentação deste ano é “nossas ações representam nosso futuro: dietas saudáveis para um mundo fome zero". Esse debate vem ao encontro das ações que a Emater/RS-Ascar realiza em todo o Estado e afirma a relação entre garantia da segurança alimentar e nutricional e sustentabilidade na produção de alimentos e qualidade no seu consumo.

1231 FW Dia Mundial Alimentao

Fonte: Assessoria de Imprensa Emater/RS-Ascar – Regional de Frederico Westphalen - Jornalista Marcela Buzatto

CLIQUE AQUI, curta a Fan Page do site e fique informado sobre as notícias da região.

O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

  • SCT Construtora e Incorporadora LTDA
  • Confecções Helenice
  • Drago Restaurante e Pizzaria
  • Eficaz
  • Estação Fitness
  • Revista Spelho