Cesurg Sarandi
Grossi Combustiveis
Cresol Sarandi
Chini Centro Auditivo
  • Chini Centro Auditivo
  • Grossi Combustiveis
  • Cresol Sarandi
  • Cesurg Sarandi
  • Consórcio Sarandi
  • Teloken Engenharia LTDA
  • Rembecker Estruturas Metálicas
  • Casarotto Imóveis
  • Farmácia Nossa Senhora de Fátima
  • VS Gráfica Expressa
  • Gostinho Della
  • Fornari Advogados Associados
  • Drággon Artigos Esportivos
  • Cotrisal
  • Milani Corretora de Seguros
  • X & Cia
  • Barbearia 84
  • Clínica Estética Vitallitá
  • Master Informática
  • Laboratório Sarandi
  • Signomar Comércio de Bebidas
  • Dec´s
  • PróVida
  • Taura Auto Peças

Gauchão: Inter vence o União Frederiquense no Vermelhão da Colina

e014943ae260da1180a8O Colorado garantiu mais três na pontos na tabela do Campeonato Gaúcho, na tarde deste domingo (29/03), ao vencer o União Frederiquense em Frederico Westphalen. Com gol de Valdívia, no segundo tempo, o time treinado por Diego Aguirre ganhou por 1 a 0 no estádio Vermelhão da Colina, em partida válida pela 14ª rodada do Campeonato Gaúcho. E poderia ter sido mais, se não fosse a grande atuação do goleiro Lúcio, com direito a defesa de pênalti. Com o resultado, o Inter alcançou os 28 pontos em 13 jogos.

Na próxima rodada, o Internacional recebe o Ypiranga de Erechim no Estádio Beira-Rio. A exemplo do jogo contra o Avenida, os ingressos seguem com preços reduzidos e já estão à venda. 

Sempre presente

O jogo foi o mais distante de casa na competição, já que Frederico Westphalen fica a cerca de 430 quilômetros de Porto Alegre. Mesmo assim, o time não ficou sem apoio. A torcida colorada se fez presente como de costume, fazendo uma verdadeira festa desde a chegada na cidade e levando um pedaço do Beira-Rio para o Vermelhão da Colina. Clique aqui e veja as fotos!

Desfalques

O Colorado não pôde contar com diversas peças do elenco para o jogo. Casos de Vitinho, servindo a seleção olímpica do Brasil, bem como Aránguiz, na seleção chilena. Taiberson, Lisandro López e Cláudio Winck, lesionados, também ficaram fora da partida. Além deles, Nilmar, em fase final de retreinamento, e os zagueiros Réver e Alan Costa foram desfalques de última hora.

Inter pressiona e goleiro segura

Mesmo jogando longe dos seus domínios, o Inter começou ditando o ritmo da partida desde o início. Jorge Henrique, mais centralizado, fazia o papel do primeiro passe e distribuia as cartas na meia-cancha. Enquanto isso, Alex recuava para combinar jogadas e aproveitar os espaços abertos pela movimentação de Valdívia, Luque e Eduardo Sasha, este último mais adiantado.

A primeira boa chance se deu logo aos 3 minutos, através de Fabrício. O lateral subiu para o apoio, recebeu passe de Alex e arriscou chute perigoso, obrigando o goleiro Lúcio a espalmar. O Inter buscava o ataque pelos lados e o garoto William também era bastante acionado pela direita. Aos 13 minutos, Valdívia cruzou fechado e Eli Oséias quase fez contra, desviando pela linha de fundo.

A melhor chance apareceu 5 minutos depois. Alex arrematou com violência da intermediária e a bola explodiu no travessão, arrancando barulho da torcida. Pouco depois, o meia arriscou de falta, a bola bateu na barreira e quase enganou o goleiro, que se esticou para salvar. Em dia inspirado, Lúcio fez grande defesa na sequência. Após escanteio cobrado pela direita, Fabrício cabeceou firme, mas lá estava o goleiro para evitar o gol. Acuado em seu campo, o União Frederiquense se defendia como podia e buscava levar perigo em jogadas de bola parada.

Aguirre mexe no time e Valdívia no placar

Logo na volta do intervalo, o técnico Diego Aguirre resolveu mexer no time e promoveu duas substituições. As alterações ocorreram fundamentalmente no meio de campo. O volante uruguaio Nicolás Freitas saiu para a entrada do garoto Rodrigo Dourado e o argentino Martín Luque deu lugar para Anderson.

http://www.internacional.com.br/imagens//galeria/galeria_foto_e2344b5555a9a6ab9e29f90b6acccc96.jpg
Lúcio (E) e Valdívia (D) protagonizaram duelo à parte na partida

As alterações deram certo e o time passou a atacar com mais consistência. O resultado foi quase que imediato. Insistente, Valdívia tentou quatro vezes em 10 minutos até vencer o goleiro adversário. Na primeira, a cobrança de falta saiu fraca e o goleiro segurou sem dificuldades. Na segunda, o camisa 29 avançou com a bola e arriscou de média distância, obrigando Lúcio a espalmar. Pouco depois, Anderson fez o passe para o garoto, mas o chute saiu sem direção. Na quarta, não teve jeito. Eduardo Sasha arrancou pela direita e fez cruzamento com perfeição procurando Valdívia, que só precisou encostar nela e correr para o abraço: 1 a 0 Inter!

A vantagem deu ainda mais confiança e o Inter ia para cima na base de tabelas e boas combinações. Apesar do gol, o arqueiro do time da casa não dava moleza e seguia evitando o pior. Aos 17 minutos, Valdívia devolveu passe para Sasha, que experimentou o arremate, mas a bola parou em Lúcio. Dois minutos depois, Fabrício foi derrubado na área e o juiz assinalou o pênalti, claríssimo. Alex cobrou forte no canto esquerdo, mas o goleiro fez nova defesa. Depois disso, a chuva começou a cair em Frederico Westphalen, dificultando a troca de passes e o jogou passou a ficar mais truncado. Com o resultado, o time da casa acabou rebaixado para a segunda divisão do campeonato.

Valdívia: "Sasha deu belo passe e pude fazer o gol. Estou satisfeito. A equipe está de parabéns. Aguirre tem dado oportunidade para todos"

CLIQUE AQUI, curta a Fan Page do site e fique informado sobre as notícias da região.

O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

  • Estação Fitness
  • Confecções Helenice
  • SCT Construtora e Incorporadora LTDA
  • Revista Spelho
  • Eficaz
  • Drago Restaurante e Pizzaria