Grossi Combustiveis
Cresol Sarandi
Cesurg Sarandi
Chini Centro Auditivo
  • Grossi Combustiveis
  • Cesurg Sarandi
  • Chini Centro Auditivo
  • Cresol Sarandi
  • Farmácia Nossa Senhora de Fátima
  • PróVida
  • Fornari Advogados Associados
  • Signomar Comércio de Bebidas
  • Rembecker Estruturas Metálicas
  • Milani Corretora de Seguros
  • Teloken Engenharia LTDA
  • VS Gráfica Expressa
  • Dec´s
  • Gostinho Della
  • Drággon Artigos Esportivos
  • Clínica Estética Vitallitá
  • Master Informática
  • Laboratório Sarandi
  • X & Cia
  • Cotrisal
  • Casarotto Imóveis
  • Taura Auto Peças
  • Consórcio Sarandi
  • Barbearia 84

Grêmio fica com 10, mas segura o Inter. Primeiro Gre-Nal decisivo dá empate

Foram 28 minutos de 11 contra 10. Mas o Internacional não conseguiu superar Marcelo Grohe. O goleiro do Grêmio e da seleção brasileira foi fundamental no placar de 0 a 0, que abriu a decisão do Campeonato Gaúcho, neste domingo (26), na Arena. O resultado leva a definição do campeão para o Beira-Rio, sem vantagem real para nenhum dos lados. 

No Inter, Valdívia mudou o jogo no segundo tempo. Entrou no lugar de Nico Freitas e passou a fazer o time vermelho criar repetiras chances. 'Forçou' a expulsão de Pedro Geromel, aos 17 minutos da etapa complementar, mas não contava com um 'paredão' do outro lado.
Foi Marcelo Grohe a principal figura do jogo. Defendeu ao menos três chutes de dentro da área. Segurou o oponente e manteve o Grêmio na disputa. 
O jogo que decide o campeão gaúcho de 2015 será no próximo domingo, no Beira-Rio. Quem vencer leva a taça. Empate com gols dá Grêmio, sem gols leva a definição para os pênaltis. 
0 26APR15 Grenal 213 l
Fases do jogo:
O Grêmio começou melhor e fechou o primeiro tempo com leve superioridade. Marcelo Oliveira, logo com um minuto de jogo, caiu na área protestando pênalti. Não levou. O time de Felipão estava melhor espalhado pelo gramado. Ganhou, ainda, os flancos pela formação adotada pelo adversário. O Inter concentrou seus jogadores no centro e acabou sem espaços, sem criatividade.
Chances, entretanto, foram poucas. Maicon, de primeira, aos 16 minutos, colocou para fora. Já aos 25, Nilmar driblou três marcadores, mas foi desequilibrado. Sasha ficou com o rebote na área e colocou para fora. O lance nem sequer contou para valer, a arbitragem marcou impedimento.
O domínio gremista, aos poucos, se tornou menos incisivo. O Inter igualou o jogo e a oportunidade perdida por Douglas, aos 38 minutos após cruzamento, foi respondida por um chute cruzado de William. O lateral finalizou por baixo e quase pegou Grohe de surpresa.
No segundo tempo o Inter mudou e espelhou a formação do Grêmio. Nico Freitas deu lugar a Valdívia. Aos 13 minutos, a primeira chance foi de D'Alessandro. Em contra-ataque, o argentino bateu forte e Marcelo Grohe defendeu. Luan respondeu aos 15. Mas colocou para fora. 
E um lance poderia mudar a história da partida ainda no começo da etapa final. Valdívia recebeu de Geferson, driblou Pedro Geromel e foi derrubado. O defensor gremista já tinha amarelo, e recebeu o cartão vermelho. Grêmio com 10 e mais 28 minutos para a bola rolar. 
O Inter passou a mandar no jogo. Aos 24 minutos, Geferson cruzou e Sasha bateu forte, de dentro da área. Marcelo Grohe defendeu milagrosamente. Só o Inter jogava. Aos 35 minutos, a tabela entre Nilmar e Aránguiz acabou em conclusão para fora. Com inferioridade numérica, o Grêmio tratou de tentar ganhar tempo. E conseguiu até o fim do embate.
O melhor: Marcelo Grohe - Fez uma série de defesas difíceis e manteve o zero do lado do Inter no placar. 
O pior: Braian Rodríguez - Pouco criou, não participou do jogo e acabou substituído. 
Toque dos técnicos:
Felipão fez o que prometeu. Não alterou o Grêmio em escalação ou nominata. Utilizou 4-2-3-1, formação habitual da equipe tricolor. 
Já Diego Aguirre mudou a postura vermelha. Utilizou meio-campo em losango com três volantes: Rodrigo Dourado, Nico Freitas e Aránguiz, e D'Alessandro como armador. No ataque, Eduardo Sasha e Nilmar. 
Para lembrar: 
Torcida mista dá certo de novo. A torcida mista foi repetida no clássico Gre-Nal deste domingo. A exemplo do primeiro jogo de 2015, colorados e gremistas dividiram espaço sem problema algum. 
Recorde não foi batido. O Grêmio não conseguiu superar o maior público da história da Arena. Foram 46.909 pessoas na Arena.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 0 X 0 INTERNACIONAL

Data: 26/04/2015 (domingo)
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Anderson Daronco
Auxiliares: José Javel e Julio César dos Santos
Renda: R$ 2.402.081,00
Público: 46.909 (43.681 pagantes)
Cartões amarelos: Maicon, Geromel, Braian Rodríguez, Marcelo Grohe (GRE); Nico Freitas, Aránguiz, Alisson, William, Valdívia, Geferson (INT)
Cartão vermelho: Geromel (GRE)

GRÊMIO
Marcelo Grohe; Matías Rodríguez, Pedro Geromel, Rhodolfo e Marcelo Oliveira; Fellipe Bastos, Maicon (Walace), Giuliano, Douglas (Cristian Rodríguez) e Luan; Braian Rodríguez (Erazo)
Técnico: Luiz Felipe Scolari

INTERNACIONAL
Alisson; William, Alan Costa, Ernando e Geferson; Nico Freitas (Valdívia), Rodrigo Dourado, Aránguiz, D'Alessandro (Anderson) e Eduardo Sasha (Rafael Moura); Nilmar
Técnico: Diego Aguirre

 

Uol Esportes

CLIQUE AQUI, curta a Fan Page do site e fique informado sobre as notícias da região.

O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

  • Confecções Helenice
  • Drago Restaurante e Pizzaria
  • Estação Fitness
  • Revista Spelho
  • SCT Construtora e Incorporadora LTDA
  • Eficaz