Cresol Sarandi
Cesurg Sarandi
Grossi Combustiveis
Follow - Liv - G8 Pub
  • Cesurg Sarandi
  • Follow - Liv - G8 Pub
  • Grossi Combustiveis
  • Cresol Sarandi
  • VS Gráfica Expressa
  • Casarotto Imóveis
  • Clínica Estética Vitallitá
  • Signomar Comércio de Bebidas
  • Milani Corretora de Seguros
  • Rômulo De Cezaro
  • Bortoluzzi Odontologia
  • Laboratório Sarandi
  • Cotrisal
  • Nina Comunicação Visual
  • Teloken Engenharia LTDA
  • Taura Auto Peças
  • X & Cia
  • Gostinho Della
  • Sicredi
  • Restaurante 4 Ases
  • Farmácia Nossa Senhora de Fátima
  • Barbearia 84
  • Rembecker Estruturas Metálicas
  • Drággon Artigos Esportivos
  • ZF Colchões Bio Magistral

CASO SANDRA: Promotor diz “não ter dúvida” que marido foi o mandante

Réu pela morte e ocultação do cadáver de Sandra Mara Lovis Trentin, 48 anos, o marido da contadora e vereador de Boa Vista das Missões, Paulo Ivan Landfeldt, ofereceu, em 26 de fevereiro, recompensa de R$ 30 mil para quem fornecer informações sobre o caso.

Perguntado sobre a atitude, Rauber demonstrou estar incomodado com o fato. O membro do MP revelou encarar a atitude como uma forma de tumultuar o processo, e forjar uma situação fictícia.

– Para nós isso não passa de uma fraude e de uma simulação para ele se colocar como uma vítima de um erro judiciário, da Polícia e do MP. É mais uma farsa desde que ele começou a ser suspeito de envolvimento desse fato. Tanto que até agora não apareceu nada. Tudo vem corroborando para o envolvimento dele. Se fosse uma recompensa verdadeira, por que desde o início não foi oferecido o dinheiro? Por que só agora, depois que encontraram os ossos e confirmaram que é ela. Pra nós, é mais um artifício que ele está esboçando para tumultuar a apuração da verdade e o fazimento da Justiça –

Questionado da convicção do MP sobre Paulo ser o mandante do crime, o promotor disse “não ter dúvida nenhuma”. De acordo com ele, as provas que existem no processo, fazem com que, tanto Polícia quanto Promotoria de Justiça, se convençam na culpabilidade do acusado.

 Vereador é denunciado por porte ilegal de arma



O Ministério Público ofereceu, na tarde de quarta-feira, 10, denúncia contra Paulo, referente a um porte ilegal de arma de fogo. De acordo com a Promotoria de Justiça, no dia da prisão do acusado – em 23 de fevereiro do ano passado – em sua caminhonete se encontrava uma pistola calibre 380, 44 cartuchos de igual calibre e três carregadores.

– Quando ele estava na Delegacia de Polícia de Palmeira das Missões, uma vistoria foi realizada no veículo. A arma era registrada no nome dele, mas ele não possuía a autorização de porte, tendo só o registro de posse – esclarece Rauber.

Ainda, de acordo com o promotor, a denúncia faz parte de um processo diferente do que envolve o Caso Sandra. “Foi um fato posterior, constatado após a prisão preventiva”, conclui.

Relembre o caso:


A contadora de Boa Vista das Missões, Sandra Mara Lovis Trentin, de 49 anos, foi vista pela última vez em 30 de janeiro de 2018, em Palmeira das Missões. Sandra saiu de casa para ir ao escritório que mantinha em sociedade com o marido, a poucos metros da residência. Após, se dirigiu a Palmeira das Missões, onde resolveria pendências do trabalho. A caminhonete Ranger que usava foi encontrada abandonada na cidade vizinha.

A investigação apontou que Paulo Ivan Baptista Landfeldt, de 48 anos, tinha planejado o rapto e a morte da mulher. Ele nega o envolvimento com o crime. Ismael Bonetto, de 22 anos, acabou preso em Santa Catarina, confessou o crime e afirmou ter sido contratado pelo marido, que é vereador. Depois, em um segundo depoimento, ele voltou atrás e negou participação no sequestro e na morte da contadora.

Paulo permaneceu quatro meses preso preventivamente, sendo em um primeiro momento no Presídio Estadual de Palmeira das Missões e depois transferido à Penitenciária Estadual de Canoas. O vereador foi liberado pela Justiça.

Em 25 de janeiro, o Departamento Médico Legal (DML), de Porto Alegre, confirmou, através do exame da arcada dentária, que o cadáver encontrado em 21 de janeiro, é da contadora Sandra Mara Lovis Trentin. O cadáver foi localizado em um matagal às margens da BR-158, junto do qual foram encontrados documentos, cartões bancários e planos de saúde no nome de Sandra.
caso sandra
Jornal O Alto Uruguai
 
CLIQUE AQUI, curta a Fan Page do site e fique informado sobre as notícias da região.

O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

  • Revista Spelho
  • Vimesq
  • Eficaz
  • Estação Fitness
  • Lancheria Grenal do Tainha
  • SCT Construtora e Incorporadora LTDA
  • Confecções Helenice
  • Drago Restaurante e Pizzaria