Cresol Sarandi
Cesurg Sarandi
Follow - Liv - G8 Pub
Grossi Combustiveis
  • Grossi Combustiveis
  • Follow - Liv - G8 Pub
  • Cesurg Sarandi
  • Cresol Sarandi
  • Rômulo De Cezaro
  • Gostinho Della
  • Taura Auto Peças
  • Laboratório Sarandi
  • Teloken Engenharia LTDA
  • Farmácia Nossa Senhora de Fátima
  • Barbearia Da Luz
  • Instituto Vida NOva
  • VS Gráfica Expressa
  • Restaurante 4 Ases
  • Barbearia 84
  • Clínica Estética Vitallitá
  • Milani Corretora de Seguros
  • Sicredi
  • Parada Obrigatória Consultoria e Assessoria de Multas de Trânsito
  • Drággon Artigos Esportivos
  • Cotrisal
  • Bortoluzzi Odontologia
  • Fornari Advogados Associados
  • X & Cia
  • Signomar Comércio de Bebidas
  • Casarotto Imóveis
  • Rembecker Estruturas Metálicas
  • Home
  • Notícias
  • Política
  • A volta da antiga ARENA após trinta anos. Radio Sarandi entrevista presidente provisória da sigla

Siga nossa página

A volta da antiga ARENA após trinta anos. Radio Sarandi entrevista presidente provisória da sigla

Estudante de Direito em Caxias do Sul recria a Arena

Na semana passada a reportagem da Rádio Sarandi e Folha da Produção ouviram a estudante de Direito da Universidade de Caxias do Sul Cibele Bumbel Baginski, de 23 anos, presidente provisória da nova Arena, sobre a volta da sigla , o que é direita e esquerda na sua opinião, extrema direita, PT e Leonel Brizola. 
Mais de três décadas depois de extinto o bipartidarismo no Brasil, um grupo com representantes em mais de 10 Estados brasileiros quer tirar dos porões do passado a Aliança Renovadora Nacional (Arena), criada em 1965 para sustentar a ditadura milita. 

Pelo estatuto, a Arena "possui como ideologia o conservadorismo, nacionalismo e tecno-progressismo, tendo para todos os efeitos a posição de direita no espectro político" e atribui a um "conselho ideológico" o poder de aprovar as correntes e tendências que venham a se formar internamente. Também proclama que vai lutar "contra a comunização da sociedade e dos meios de produção" e proíbe coligações com siglas que defendam o comunismo ou tenham vertentes marxistas. 
Entre as propostos do novo partido estão a privatização do sistema penitenciário, abolição de qualquer sistema de cotas, aprovação da maioridade penal aos 16 anos, retorno das disciplinas de moral e cívica e latim ao currículo escolar, retomada do controle de estatais fundamentais à proteção da nação e reaparelhamento das forças armadas. 
DSC 00021

Cibele Bumbel Baginski,

"Em vários aspectos herdamos a história da Arena", admite Cibele que acredita que as tendências de direita que a sigla quer agrupar podem trazer mudanças ao cenário político nacional. Ao comparar a sigla que apoiava o regime militar e a que quer fundar, a estudante diz que o partido dos anos 60 e 70 atuava dentro da legalidade da época. 
Indagada sobre a ideia de recriar a Arena, Aliança Renovadora Nacional como partido politico, Cibele diz ter como justificativa a criação de um partido politico sem os vícios dos atuais além da existência de um grupo de amigos de Caxias do Sul e de outros locais que conversavam sobre isso, como criar um partido que se diferenciasse dos demais até que chegaram a um nível de “ indignação”, diz Cibele, ao verem que “ nada no pais funciona como deveria” que resolveram criar um partido. 
Perguntada sobre a escolha do nome que é vinculado com o símbolo da ditadura militar Cibele explica que o nome foi escolhido por votação, ele acrescenta que” o nome vem de um tempo em que as pessoas participavam por convicções e não por esse jogo de interesses que há hoje”. A estudante de Direito é solicitada a explicar o que é direita e o que é esquerda e responde que “hoje não tem como definir uma direita nem como definir uma esquerda, há uma massa cinzenta de partido coligados e uma frágil existência de partidos que esquerda minguando”, não há debates nem o surgimento de ideias diferentes dize ela, “ há um monte de partidos que se juntou para poder grudar no poder mais ou menos como carrapato, não há mais interesse em melhorar o pais para as próximas gerações”. 

Cibele que até o inicio do movimento de ressurgimento da Arena não tinha filiação partidária, comenta as semelhanças entre o novo partido e o PP, Partido Progressista, dizendo que “teve um momento da minha vida que eu me aproximei do PP e considerei a possibilidade de me filiar, penso que se o PP quisesse mesmo fazer uma verdadeira oposição, ele pode vir para o lado da direita mas no momento está pendendo para o lado da centro-esquerda tanto que está aliado á Dilma, eu gostaria muito de contar com uma sigla como essa, é um partido que tem historia” e comenta a proximidade do PT com o PT dizendo que “não se admite um partido se coligar só por que precisa de cargos, tem que buscar forças pra não precisar de cargos, ser forte por si só e auto sustentável” diz e nova líder politica.A possível rejeição á Arena por ter sido partido que dava sustentação á ditadura militar Cibele afirma que “hoje tem algumas pessoas que se manifestam contra mas curiosamente, muitas pessoas que quando eram jovens, na época da ditadura de 64 que eram contra a ideia de tomada do poder pelo Exercito e ficaram observando como os fatos aconteceriam e hoje estão com a gente e admitem que estavam errados, hoje em dia está muito pior” . 

Leonel Brizola 
Perguntada se considera equivocada a iniciativa de Leonel Brizola e daqueles que o acompanharam na revolta contra o golpe militar a presidente da Arena diz que “ o Brizola acreditava naquilo que ele achava certo, tanto que o PDT é um partido de centro-esquerda, ele fez o que ele achava que estava correto mas eu acho que ele estava errado por que se não tivesse acontecido o que aconteceu naquela época nós estaríamos pior que a Coreia do Norte” diz a líder da Arena. A possibilidade da Arena ser um partido de extrema direita foi descartada por Cibele, ela afirma que extremismo ou ultra ufanismos tanto na direita quanto na esquerda são prejudiciais por que acaba virando um totalitarismo, “ nós viemos para ser uma direita democrática que vai atuar no sistema politico vigente, trazer ideias e espaços para discussão, não se pode cair no totalitarismo por que não funciona e o extremismo não permite diálogo” 

Ao explicar a ligação entre a Arena com torturas do tempo da ditadura militar Cibela disse que “ a Arena como o PMDB na época eram partidos políticos que tinham algumas autonomias e outras não, o que o Poder Executivo e outros órgão na época fizeram não é de responsabilidade do partido senão o MDB também estaria sendo processado e também o PTB pelo que aconteceu na época de Getúlio Vargas” 
Ao ser indagada sobre o que diria ás pessoas que na época da ditadura militar tiveram direitos e liberdades cassadas a presidente provisória da Arena responde que o partido está sendo recriado dando apoio ao regime democrático e uma opção que traga seriedade para a politica “é um pouco mais de responsabilidade e uma alternativa diferente”. 

Coligações 
Partidos com os quais a Arena não fará coligação foi outro tema abordado pelo dirigente da nova sigla, ela diz que pelo estatuto do novo partido , a sigla não fara coligação com quem, pelos seus estatutos, se declarem de esquerda e com vertentes comunistas ou socialistas, estas estão fora da linha de negociações .A presidente da Arena classifica como partidos de esquerda o PT, PC do B, PSTU e o PP, DEM e PR seriam opções dependendo “ da localidade e não tendo uma sigla de esquerda junto numa coligação, isso a gente não leva de brinde” e conclui afirmando que o PT por algum tempo a sigla se comportou como um partido de esquerda mas “ virou uma massa com interesse em se manter no poder”. José Leal

DiárioRS

CLIQUE AQUI, curta a Fan Page do site e fique informado sobre as notícias da região.

O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

  • Revista Spelho
  • Estação Fitness
  • SCT Construtora e Incorporadora LTDA
  • Vimesq
  • Eficaz
  • Confecções Helenice
  • Drago Restaurante e Pizzaria